Pular para o conteúdo principal

CPRaio apreende oito armas de fogo após acionamento de aglomeração de pessoas em Tianguá

Denúncias anônimas acerca de uma aglomeração de pessoas em um bar, em Tianguá, na Serra da Ibiapada, levaram uma composição do Comando de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio) da Polícia Militar do Ceará (PMCE) a apreender oito armas de fogo, sendo sete espingardas municiadas e um revólver. A ofensiva policial aconteceu no fim da tarde desse domingo (19), na localidade de Sítio Santa Rita, na Área Integrada de Segurança 14 (AIS 14). As armas estavam com um homem dentro da casa dele, que fica ao lado do estabelecimento comercial.
Os raianos receberam informações de que na localidade Sítio Santa Rita um bar estaria com diversas pessoas aglomeradas e que haveria som alto no local. De pronto, a composição se dirigiu até o endereço para averiguar as mensagens que chegaram ao número de WhatsApp que os raianos utilizam para receber denúncias. Com a chegada do policiamento, algumas pessoas que estavam no bar saíram correndo. Os demais clientes que ficaram foram abordados, mas nada de ilícito foi encontrado com eles.
Enquanto realizavam busca pessoal nas pessoas, um homem de 33 anos, que mora ao lado do bar apareceu. Perguntado se mantinha arma de fogo em casa, ele respondeu que sim. A partir deste momento, com a permissão do proprietário do imóvel, os PMs realizaram revista na casa e encontraram, inicialmente, um revólver calibre 38 desmuniciado. Ainda na casa, os militares encontraram, embaixo de uma cama de um quarto, sete espingardas municiadas, todas do tipo socadeira.
Diante do material ilícito apreendido no local, os PMs recolheram as armas e conduziram o suspeito até o plantão da Delegacia Regional Tianguá. O homem, que não tinha antecedentes criminais, foi autuado em flagrante por posse irregular de arma de fogo. O suspeito pagou fiança e foi liberado após prestar depoimento na unidade da Policia Civil do Estado do Ceará (PCCE). Um inquérito policial foi instaurado para apurar a procedência das armas.

Isolamento social

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado do Ceará (SSPDS/CE) alerta que o Estado ainda se encontra em isolamento social em razão da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Por esse motivo, os estabelecimentos comerciais devem seguir todas as medidas de enfrentamento da doença, como o uso obrigatório de máscara e implementação de regras para evitar aglomerações de funcionários e clientes em estabelecimentos comerciais de qualquer natureza.
A população pode ajudar nas ações de combate ao novo coronavírus, cumprindo todas as medidas de prevenção e comunicando às autoridades acerca de estabelecimentos que violem os decretos governamentais e municipais de isolamento social. As informações podem ser repassadas ao número 190. O sigilo é garantido.

Denúncias

A população pode colaborar com o trabalho ostensivo dos raianos na região de Tianguá repassando informações que tenha conhecimento sobre a prática de crimes. As denúncias podem ser feitas para o número (88) 99273-5610, que é o WhatsApp da base do Raio em Tianguá, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem de texto, áudio, imagem e vídeo. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça

A 8ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza deferiu a favor da PH Empreendimentos, empresa do Sr. Paulo Henrique Martins, o pedido que proíbe a transferência e a alienação dos terrenos que formam o imóvel localizado na Avenida Dom Luís (entre as ruas Coronel Jucá e Professor Dias da Rocha) onde antes funcionava o Shopping Dom Luís. 
​Através de contrato com a Construtora Manhattan, o imóvel foi transferido e o pagamento, que deveria começar em 2014, não ocorreu. A Construtora também descumpriu diversas obrigações neste período. Embora a situação tenha rendido dissabores ao Sr. Paulo desde então, tentou-se buscar o bom senso da Construtora ao longo destes anos, sem sucesso. Em janeiro deste ano, foi iniciado o processo judicial cujo número é 0102164-08.2017.8.06.0001. 
Com a decisão da juíza Dra. Ana Kayrena da Silva Freitas, por meio do ofício 147/2017, o imóvel fica intransferível e inalienável como garantia de Justiça até que o processo seja julgado, haja vista que a Construtora, coligada…