Pular para o conteúdo principal

Desafios da jovem Advocacia será tema de live entre OAB Ceará e o presidente do Tribunal de Justiça do Estado na próxima terça-feira (21)


Com o tema “Os desafios da jovem advocacia e do Poder Judiciário”, a OAB Ceará realizará um encontro virtual com o presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Ceará, Desembargador Washington Araújo, na próxima terça-feira, 21, a partir das 19h.

A live será transmitida pelo canal do Youtube TV OAB WEB e contará com as presenças do presidente da OAB Ceará, Erinaldo Dantas, o diretor para jovem advocacia, Bruno Ellery; e o presidente da Comissão de Apoio ao Advogado em Início de Carreira, Timóteo Fernando.

Os desafios e dificuldades identificadas na atuação da advocacia perante a Justiça Estadual, bem como as medidas implementadas pela atual gestão do Tribunal de Justiça do estado do Ceará, com a respectiva evolução de suas ações, contratação de estagiários de pós-graduação e juízes leigos serão alguns dos assuntos tratados no encontro. Além disso, promover um contato mais próximo com a jovem advocacia, através de uma avaliação dos novos caminhos da profissão e do judiciário estarão dentro do debate.

Erinaldo Dantas acredita que será uma oportunidade de esclarecer importantes questões. “Como todas as profissões, a advocacia passa por uma transformação sensível, ainda mais agora, em meio a pandemia do coronavírus. A celeridade no judiciário, virtualização dos processos e atualização das ferramentas estarão sendo pautadas, com toda a certeza. Esta será uma importante e inédita tratativa com o TJCE sobre a jovem advocacia”, reforçou o presidente da OAB-CE.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça

A 8ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza deferiu a favor da PH Empreendimentos, empresa do Sr. Paulo Henrique Martins, o pedido que proíbe a transferência e a alienação dos terrenos que formam o imóvel localizado na Avenida Dom Luís (entre as ruas Coronel Jucá e Professor Dias da Rocha) onde antes funcionava o Shopping Dom Luís. 
​Através de contrato com a Construtora Manhattan, o imóvel foi transferido e o pagamento, que deveria começar em 2014, não ocorreu. A Construtora também descumpriu diversas obrigações neste período. Embora a situação tenha rendido dissabores ao Sr. Paulo desde então, tentou-se buscar o bom senso da Construtora ao longo destes anos, sem sucesso. Em janeiro deste ano, foi iniciado o processo judicial cujo número é 0102164-08.2017.8.06.0001. 
Com a decisão da juíza Dra. Ana Kayrena da Silva Freitas, por meio do ofício 147/2017, o imóvel fica intransferível e inalienável como garantia de Justiça até que o processo seja julgado, haja vista que a Construtora, coligada…