Pular para o conteúdo principal

Suspeitos que se passaram por fiscais sanitários para cometerem roubo milionário no Maranhão são presos pela Polícia Civil do Ceará

Três cearenses suspeitos de cometerem um roubo a residência de um empresário, no Maranhão, foram presos pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), depois de um trabalho realizado pela Delegacia Regional de Crateús, nessa quarta-feira (1°). Durante a ação criminosa, registrada em agosto de 2019, os homens trajavam falsos uniformes de fiscais da vigilância sanitária municipal e subtraíram bens avaliados em quase R$ 1 milhão.
Jackson Douglas Cavalcante de Araújo (34), André Luis Pereira e Silva (33) e Thiago Phellipe Rocha Rodrigues (32) foram localizados em imóveis na cidade de Crateús (CE), após a troca de informações entre as Polícias Civis do Ceará e do Maranhão. Todos são naturais da cidade cearense e dois deles já possuem passagens pela Polícia no Estado. Thiago Phellipe responde por tentativa de homicídio e tráfico de drogas; e André Luis responde por roubo.
O crime ocorreu no dia 23 de agosto de 2019, na cidade de Chapadinha (MA). Na ocasião, os homens se passaram por fiscais municipais e adentraram a residência do empresário. Já no interior da casa, eles anunciaram o assalto e renderam as vítimas. Em seguida, fugiram levando em torno de R$ 1 milhão em bens.
Após tomarem conhecimento do roubo, as Polícias Civis trocaram informações e chegaram à identificação dos homens. Com isso, a Delegacia Regional de Chapadinha representou pelos mandados de prisão preventiva, que foram deferidos pela 2ª Vara da cidade maranhense. Durante as diligências realizadas em território cearense, a Polícia Civil do Ceará apreendeu aparelhos celulares. O trio foi encaminhado a uma unidade prisional, onde se encontra à disposição do Poder Judiciário. Agora, as investigações seguem em andamento no intuito de identificar se outras pessoas estão envolvidas no crime.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça

A 8ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza deferiu a favor da PH Empreendimentos, empresa do Sr. Paulo Henrique Martins, o pedido que proíbe a transferência e a alienação dos terrenos que formam o imóvel localizado na Avenida Dom Luís (entre as ruas Coronel Jucá e Professor Dias da Rocha) onde antes funcionava o Shopping Dom Luís. 
​Através de contrato com a Construtora Manhattan, o imóvel foi transferido e o pagamento, que deveria começar em 2014, não ocorreu. A Construtora também descumpriu diversas obrigações neste período. Embora a situação tenha rendido dissabores ao Sr. Paulo desde então, tentou-se buscar o bom senso da Construtora ao longo destes anos, sem sucesso. Em janeiro deste ano, foi iniciado o processo judicial cujo número é 0102164-08.2017.8.06.0001. 
Com a decisão da juíza Dra. Ana Kayrena da Silva Freitas, por meio do ofício 147/2017, o imóvel fica intransferível e inalienável como garantia de Justiça até que o processo seja julgado, haja vista que a Construtora, coligada…