IJF e Corpo de Bombeiros promovem saúde e bem estar na Praça Clóvis Beviláqua

A ação faz parte do programa “Cuidando de Quem Cuida”, adotado pela direção do hospital, que tem como objetivo dar assistência integral à saúde dos servidores.

O Instituto Doutor José Frota (IJF) e o Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará firmaram uma parceria para estimular o bem estar físico e psicológico dos funcionários do maior centro médico da rede de assistência da Prefeitura de Fortaleza, que, há mais de 80 anos, é referência em saúde na Capital e no Estado. Na manhã da próxima sexta-feira (27/04), na Praça Clóvis Beviláqua, no Centro, terá início o projeto “IJF na Praça”, com a promoção de atividades físicas de baixo impacto, caminhadas, danças e alongamentos, de forma gratuita e acessível aos horários dos diversos profissionais que, 24 horas por dia, estão empenhados em salvar vidas.


A ação faz parte do programa “Cuidando de Quem Cuida”, adotado pela direção do Hospital, que tem como objetivo dar assistência integral à saúde dos servidores, que, na dedicação pelo melhor atendimento aos usuários, muitas vezes, esquecem da importância, também, dos cuidados pessoais com o corpo e com a mente.

A participação não é restrita aos servidores da unidade e está aberta também aos lojistas, servidores públicos, estudantes, moradores e frequentadores da região, que, duas vezes por semana, poderão aproveitar o momento. Além do Corpo de Bombeiros, a iniciativa ainda conta com a colaboração da Polícia Militar do Ceará e da Guarda Municipal de Fortaleza, que, permanentemente, fazem o patrulhamento na área e possuem um posto fixo de monitoramento na Praça.

Lançamento do "Projeto IJF na Praça"
Dia: 27/04 (sexta-feira)
Horário: 9h30
Local: Praça Clóvis Beviláqua, Centro

Projeto IJF na Praça
Dias: quantas e sextas-feiras
Horário: 6 às 6h45
Local: Praça Clóvis Beviláqua
Atividades: atividades físicas de baixo impacto, ginástica funcional, caminhadas, danças e alongamentos.
Público Alvo: servidores IJF e demais órgãos públicos, lojistas, comerciários, estudantes, moradores e frequentadores da região.

Nenhum comentário:

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.

Tecnologia do Blogger.