quinta-feira, 7 de junho de 2018

Política - PCdoB lança nesta quinta, 7/6, às 19h, no Kukukaya, pré-candidatura de Chico Lopes a deputado federal



O lançamento da pré-candidatura de Chico Lopes para deputado federal acontece na próxima quinta-feira, 7 de junho, às 19h, no Kukukaya (Av. Pontes Vieira, 55, Fortaleza), com a presença de lideranças e militantes do Partido Comunista do Brasil (PCdoB), de movimentos sociais, sindicais, comunitários, operários, além de apoiadores em geral.
    
O partido apresentará a pré-candidatura de Chico Lopes, que, atualmente em seu terceiro mandato de deputado federal, vem se destacando na defesa dos direitos do povo brasileiro, na resistência ao desmonte do Estado promovido pelo governo Temer, na defesa da educação, dos direitos do consumidor, dos direitos trabalhistas e previdenciários, da geração de emprego, do desenvolvimento do Ceará e do Brasil. 

O evento é aberto a todos os interessados e reforçará também a "vaquinha" para apoio à pré-candidatura de Chico Lopes, que já está aberta, conforme a legislação, pelo site https://doacaolegal.com.br/pcdob/chicolopes

O trabalho de Chico Lopes rendeu inúmeras conquistas ao povo de Fortaleza, do Ceará e do Brasil. Entre elas, a criação do Balcão do Consumidor na Câmara Municipal de Fortaleza (levando ao parlamento esse tema, de forma pioneira), o trabalho da Comissão de Defesa do Consumidor e a criação do Procon Assembleia, as decisões judiciais contra a taxa do lixo e a taxa de iluminação pública em Fortaleza.

Também a denúncia na CPI do BEC das decisões do Governo do Estado que beneficiaram empresários amigos do então governador, a aprovação da lei da meia passagem estudantil macrorregional (beneficiando centenas de milhares de estudantes, em todo o Ceará), as decisões judiciais pela redução das contas de luz, a luta pela Integração do Rio São Francisco, hoje tornada realidade.

O trabalho de Chico Lopes também foi decisivo para a normatização e a redução das tarifas bancárias, para a ampliação do FIES para 100% do financiamento de cursos superiores, ampliando o acesso ao ensino superior, em paralelo à defesa e à ampliação dos recursos para as universidades públicas.

Chico Lopes também é autor da emenda à lei do piso salarial nacional do professor que garantiu aos mestres direito a um terço da jornada de trabalho para atividades extrassala, conquista histórica da categoria, e da lei do material escolar, que disciplina as exigências de material pelas escolas, proibindo itens de uso coletivo e dando um alívio ao bolso dos pais de estudantes.

Destaque em todo o País

O deputado cearense também chamou atenção de todo o País ao denunciar, com seu voto contra o golpe, em abril de 2016, a farsa do "impeachment" e dos parlamentares que votavam em tom moralista a favor do afastamento da presidenta Dilma. 

"Achei que vinha para uma reunião política, mas estou vendo que aqui é o encontro dos bons maridos, dos bons pais", falou, em um momento reproduzido e comentado fortemente nas redes sociais, contribuindo para a reflexão popular sobre o golpe. Essa capacidade de síntese de situações complexas, traduzidas para a língua do povo e já enunciadas em forma de mobilização, é uma das características de Chico Lopes, que no dia 25/8 se tornará o mais novo condecorado com a Medalha Boticário Ferreira.

Mais sobre Chico Lopes

Professor das redes municipal e estadual de ensino, Chico Lopes iniciou cedo sua militância em grêmios escolares, associações e sindicatos. Integra o PCdoB desde 1968, quando o partido ainda era considerado clandestino pela ditadura militar.

Com o movimento pela redemocratização, foi eleito vereador de Fortaleza por três mandatos, a partir de 1982, e concluiu em 2006 seu segundo mandato como deputado estadual.

No mesmo ano, com uma campanha que mobilizou os mais diversos setores da sociedade cearense, conquistou mais de 162 mil votos para deputado federal, elegendo-se como o segundo mais votado em Fortaleza e o quinto mais votado em todo o Estado. Comprovando a abrangência do reconhecimento demonstrado pelo povo do Ceará, Chico Lopes recebeu votos em 182 dos 184 municípios cearenses.

Em 2010 e 2014, foi reeleito deputado federal. Apoiou as conquistas sociais obtidas nos governos Lula e Dilma, denunciou o golpe de estado disfarçado de "impeachment" contra a presidenta eleita e está na linha de frente da resistência ao "desgoverno Temer", lutando contra o congelamento de investimentos sociais por 20 anos, a retirada de direitos trabalhistas e previdenciários, as tentativas de consolidar o golpe em um sistema ainda mais conservador, contra a democracia.

0 comentários:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.