sábado, 25 de fevereiro de 2017

Iguatemi terá Bloco de Carnaval infantil gratuito nos dias 25 e 26 de fevereiro

A criançada terá mais uma opção gratuita de diversão neste Carnaval. O Iguatemi Fortaleza vai realizar, nos dias 25 e 26 de fevereiro, o Bloquinho Folia Iguatemi, onde as famílias vão acompanhar o Quinteto Mix pelas praças do shopping, ao som de marchinhas carnavalescas. A concentração do Bloquinho acontece às 17h, na praça de convivência da Expansão.

As crianças e os pais vão se deslocando e contagiando os corredores do Iguatemi com animação até as outras praças do shopping, sempre com muito confete, serpentina, máscaras e fantasias. No retorno à praça de convivência, a diversão fica por conta do Bailinho Infantil ao som da banda Dó-Ré-Mix. A programação também inclui concurso de fantasias para crianças e adultos e brincadeiras com brindes e personagens do universo carnavalesco como Pierrot e Colombina.


Bloquinho Folia Iguatemi
Data: 25 e 26 de fevereiro de 2017
Concentração: Praça de Convivência da Expansão do Iguatemi – partindo para outras praças do shopping
Horários: 16h
Preço: Evento Gratuito

Bloco Iracema Bode Beat sai no Domingo de Carnaval


Bode  Ioiô (Bruno Gomes) e Iracema (travestida Yasmin Shirran). Fotos: Raquel Araújo

Vai ter Iracema Bode Beat também no Carnaval! O bloco, comandado pela índia Iracema e o lendário Bode Ioiô, sairá também no domingo, dia 26, na Praia de Iracema. A concentração será a partir das 15h, em frente ao Café Couture, na Rua dos Tabajaras, 554. O cortejo sai às 16h20, puxado pela Iracema Big Band.

No percurso, o bloco passa pelo calçadão em direção à Ponte dos Ingleses, entra novamente na Rua dos Tabajaras e segue até o Poço da Draga. Na avenida Almirante Tamandaré acontece uma encenação do casamento de Iracema com o Bode Ioiô. Na sequência, o bloco passa pelo Dragão do Mar e segue até a Praça Verde, onde acontece o show da banda Iracema Bode Beat.

O bloco Iracema Bode Beat é um inimaginável encontro da índia Iracema com o Bode Ioiô. Encarnando a musa alencarina está a travestida Yasmin Shirran, que remete à diversidade sexual, enquanto uma escultura dá vida ao Bode Ioiô, representando essa folclórica figura, que no inicio do século XX circulava pelas ruas  de Fortaleza na companhia de boêmios. O ator e bailarino Bruno Gomes também se caracteriza de Bode e interage com os demais personagens na rua. 

O Iracema Bode Beat nasceu de um convite tentador: “segurar a alegria pelo chifre e fazer da transgressão um ato de amor”. No cortejo com a índia Iracema e o Bode Ioiô, rolam as inúmeras atrações que compõem, junto com o bloco, as mais diversas linguagens artísticas, como: a "Gata do Brilho" Natália da Escóssia, a "Lábios de Mel" Bianca Ellen, a Companhia Itinerante de Malabaris - CIM e Samara Garcia, entre outros artistas. Eles saem na rua pra escancarar! Todos com a proposta de fazer da arte, da cultura popular, da brincadeira e da bufonaria um trampolim que, para além do rir, remeta à questão de gênero e à liberdade de ser o que se é sem medo de expressar-se. 

Iracema Big Band e Iracema Bode Beat


Iracema Big Band

O bloco é puxado pela Iracema Big Band, formada por instrumentistas da Assaré Big Band e mestres da cena da percussão cearense, sob o comando do regente Ferreirinha, até chegar na Praça Verde. No palco do Dragão do Mar, assume o comando a Banda Bode Beat, que tem nos vocais o irreverente e talentoso Daniel Groove e uma das novas divas da música cearense, Nayra Costa. Na banda, Netinho Sá (baixo), Pedro Madeira (guitarra e guitarra baiana), Cláudio Mendes (teclado e guitarra), Fernando Lélis (sax), Renan Ramos (trompete), Edinilson Bandeira (bateria), Tchelmy Sousa e Diones Mendes (percussão).

SERVIÇO:
Bloco Iracema Bode Beat em Fortaleza - Dia 26 de fevereiro: 15h – Concentração no Café Couture (Rua dos Tabajaras, 554 - Praia de Iracema);  16h20 – Rolê de Iracema e seu bode; 18h - Chegada na Praça Verde e show da Banda Bode Beat. Informações: (85)99913-3819

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Carnaval no Dragão do Mar terá retrospectiva do Festival Ceará Jazz Series, com três dias de shows com entrada franca

O público da capital ganha uma alternativa de programação musical no sábado, domingo e terça de carnaval, com shows em homenagem a John Coltrane, Chet Baker e Thelonious Monk, sempre às 19h, no Teatro do Dragão, reunindo grandes músicos da cena cearense

Um projeto musical reunindo virtuosos instrumentistas e intérpretes cearenses para recriar no palco grandes obras-primas da história do jazz. Assim é o Ceará Jazz Series - Temporada Permanente de Jazz, festival que entra em seu terceiro ano de atividades, após duas temporadas com shows lotados e de muita repercussão, no Teatro do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura. Abrindo as apresentações de 2017, uma nova e especial atração para os fortalezenses e turistas: uma Mostra Retrospectiva com um "bis" dos shows mais aplaudidos pelo público nas temporadas anteriores do projeto. Serão três apresentações, sábado, domingo e terça de carnaval (dias, 25, 26 e 28/2), em homenagem, respectivamente, a três  dos maiores nomes da história do jazz: John Coltrane, Chet Baker e Thelonious Monk.

Cada show parte do repertório de um disco clássico de cada autor, recriando o álbum com uma abordagem contemporânea e pessoal, destacando o talento e a criatividade dos músicos da cena cearense. As apresentações contam com uma escalação de craques do primeiríssimo time da nossa cena instrumental, referência nacional pela excelência em vários naipes, das cordas aos metais, do piano à bateria, dos compositores aos arranjadores. O resultado é um convite a uma experiência diferenciada, unindo um mergulho no universo musical de cada artista homenageado à oportunidade de apreciar todo o talento, a criatividade, o virtuosismo e a capacidade de improvisação e recriação dos maiores nomes da música do Ceará.

O Ceará Jazz Series, que vem lotando seus shows no Teatro Dragão do Mar, desde sua estreia em 2015, tem entre seus objetivos contribuir para a formação do público (revivendo grandes álbuns da história do jazz, de forma contextualizada) e apresentar a novos ouvintes obras-primas da história da música, revalorizando tanto o formato disco quanto a magia da música jazz feita ao vivo, de forma única. Outro propósito fundamental é ressaltar o talento e a expertise dos instrumentistas cearenses, de grande produção autoral, mas também capazes de se lançar o desafio de recriar, a seu próprio modo, obras históricas de grandes nomes do jazz, em toda a sua beleza e complexidade.

Mostra Retrospectiva: jazz no Carnaval em Fortaleza

Os shows da Mostra Retrospectiva Ceará Jazz Series - Especial de Carnaval no Teatro do Centro Dragão do Mar começam no sábado, 25/2, às 19h, com o espetáculo "Giant Steps - Tributo a John Coltrane", reunindo um quarteto de grandes mestres da música de Fortaleza: Marcio Resende (saxofone tenor), Thiago Almeida (piano), Iury Batista (contrabaixo acústico) e David Krebs (bateria).

“Giant Steps”, disco lançado em 1960, foi o primeiro álbum de John Coltrane a ter todas as composições de autoria do saxofonista e ficou marcado pelas famosas “Coltrane changes”, substituições de progressões de acordes que fizeram o disco chamar atenção também pelas harmonias e passariam a ser conhecidas como uma característica do álbum e do saxofonista. O álbum também mostra Coltrane se despedindo do bebop em grande estilo, para alçar voo rumo ao jazz modal que se fortaleceria a partir do início dos anos 60. Em março de 2016 o público lotou o Teatro do Dragão para aplaudir a primeira apresentação deste espetáculo, com a recriação na íntegra do álbum "Giant Steps", incluindo clássicos como "Naima", "Spyral", "Countdown" e "Cousin Mary", além da faixa-título.

No domingo de carnaval, 26/2, às 19h, o púbico vai conferir no Teatro Dragão do Mar o show "Tributo a Chet Baker", com o grande trompetista cearense Hugo D´Leon, músico de experiência e reconhecimento internacional, aplaudido em temporada de estudos e apresentações na Europa, com sede na Itália, de onde atuou em vários países, ao longo de mais de 10 anos. De volta ao Ceará, unindo virtuose, criatividade e sensibilidade musical, com um timbre especial e pessoalíssimo, a um tempo elegante e intenso, Hugo D´Leon vem enriquecendo a cena musical local e nacional, com participações destacadas em atrações como o Programa do Jô, ao lado de diversos instrumentistas e intérpretes.

Ao lado de outros grandes nomes da cena cearense, como o guitarrista e pianista Stênio Gonçalves, o contrabaixista Miqueias dos Santos e o baterista André Benedecti, Hugo apresentará um "bis" do show que lotou o Teatro do Centro Dragão do Mar em dezembro de 2015, pelo Ceará Jazz Series, revisitando músicas do disco "Chet Baker Sings", de 1956, e outros grandes clássicos da carreira do trompetista e cantor norte-americano que conquistou o músico com a criatividade de sua improvisação e com o apuro e o charme de sua voz. O público vai aplaudir grandes temas da carreira de Chet, como "Tenderly", "I get along without you very well", "My funny Valentine", "That old feeling", "It could happen to you", "Lines for Lyons", "Over the rainbow", "When I fall in love" e "As time goes by", além de uma versão de "Estate", com a voz do próprio Hugo D´Leon. Tudo com arranjos preparados especialmente para este espetáculo.

Na terça-feira de carnaval, 28/2, também às 19h, no Teatro do Dragão do Mar, hora de conferir o show "Monk´s Songs - Tributo a Thelonious Monk", com alguns dos mais brilhantes jovens músicos da cena jazzística cearense, com o grupo Por um Trio, capitaneado pelo guitarrista Hermano Faltz, contando com Iury Batista no contrabaixo acústico e André Benedecti na bateria. Como convidados especialíssimos, o pianista Thiago Almeida e o cantor Yálen Carvalho. Trata-se de uma reapresentação do show que, em junho de 2016, lotou o teatro, com muitos aplausos e pedidos de uma reedição do espetáculo, então sob interpretação da cantora norte-americana Priscilla Odinmah, que residia em Fortaleza.

No repertório estão os temas do disco "Carmem Sings Monk", lançado em 1988, destacando uma seleção inspiradíssima de músicas de Thelonious, um dos maiores nomes da história do jazz. Os músicos receberão convidados e passearão por temas tão belos e diversificados como "Pannonica", "I mean you", "Well you needn´t", "Ruby my dear" e o eterno clássico "Round midnight", uma das músicas mais conhecidas do jazz, trilha de vários filmes e um dos temas mais revisitados por músicos de todo o mundo.

A temporada 2017 do Ceará Jazz Series começa em grande estilo, com shows em Fortaleza, em pleno carnaval. Oportunidade para ver - ou rever - alguns dos grandes espetáculos que marcaram os dois primeiros anos do festival. Que venha a folia jazzística no Dragão do Mar.

SERVIÇO:

Mostra Retrospectiva - Festival Ceará Jazz Series - Jazz no Carnaval em Fortaleza. Shows com entrada franca, sempre às 19h, no Teatro Dragão do Mar (térreo, ao lado dos cinemas). Ingressos distribuídos na bilheteria do Dragão.

 - Sábado, 25/2 - Show "Giant Steps" - Tributo a John Coltrane. Com Márcio Resende (sax), Thiago Almeida (piano), Iury Batista (baixo acústico) e David Krebs (bateria).

- Domingo, 26/2 - Show "Tributo a Chet Baker". Com o trompetista Hugo D´Leon e Stênio Gonçalves (guitarra e piano), Miqueias dos Santos (baixo) e André Benedecti (bateria).

- Terça, 28/2 - Show "Monk´s Songs - Tributo a Thelonious Monk". Com Yálen Carvalho (voz), Hermano Faltz (guitarra), Thiago Almeida (piano), Iury Batista (baixo acústico), André Benedecti (bateria) e convidados.