quinta-feira, 26 de abril de 2018

Dia 26 de Abril: Dia Nacional de Combate à Hipertensão

 
Dia 26 de Abril é o Dia Nacional de Combate à Hipertensão. O clínico geral do Hapvida Saúde, Ítalo Norões, responde algumas dúvida sobre este problema que atinge mais de 30 milhões de brasileiros, segundo dados do Ministério da Saúde.   
O que caracteriza a Hipertensão Arterial?
- Para que o sangue chegue às extremidades do nosso corpo, todas as células e órgãos precisam de uma pressão. O grande problema se dá quandoessa pressão ocorre exageradamente, por isso o nome hipertensão, uma pressão que o sangue exerce sobre as paredes dos vasos sanguíneos, quando ocorre o estreitamento desses vasos, ou um enrijecimento na parede do vaso. 
Por que a Hipertensão Arterial é tão perigosa?
Porque ela pode provocar inúmeras doenças em nosso corpo. Isoladamente, é um fator de risco para doenças cardiovasculares, mas ela também está envolvida nos genes das doenças cerebrovasculares, das doenças cardiovasculares nas extremidades, da insuficiência renal crônica e da insuficiência cardíaca.
Qual é o valor de referência da pressão arterial de uma pessoa saudável?
Abaixo de 14x9, abaixo de 140/90 milímetros de mercúrio.
E quais são os fatores de risco para quem sofre de hipertensão?
Hereditariedade, obesidade, dieta com alta ingestão de sódio, hipercolesterolemia, diabetes e transtorno de sono. Tudo isso está envolvido no desenvolvimento da hipertensão arterial.
Essa elevação na pressão arterial é comum?
Sim. Segundo a Sociedade Brasileira de Hipertensão, 25% da população em geral é hipertensa, e esse índice sobe 50% para as pessoas maiores de 60 anos, ou seja, metade da população com mais de 60 anos é hipertensa.
Quais tipos de alimentos são prejudiciais para pessoas hipertensas?
Alimentos ricos em sódio, gorduras e açúcares são prejudiciais. É aconselhável evitar o consumo em excesso de refrigerantes e frituras.
Que tipo de exercícios podem ajudar as pessoas hipertensas?
Todos nós devemos fazer exercícios anaeróbicos e aeróbicos. No aeróbico podemos começar com uma caminhada ou natação de 30 minutos, três vezes por semana, e, associado a isso, se possível, uma musculação que seria um anaeróbico. Esses exercícios aumentam nossa função cardiopulmonar. Ajudam também a reduzir a frequência cardíaca e a pressão arterial. Vale lembrar, no entanto, que, antes de praticar qualquer exercício, é necessário se consultar com um médico para saber como está sua condição física e cardiológica.
Eliminar os produtos industrializados da alimentação ajuda no combate à hipertensão arterial?
Sim, porque esse tipo de produto tem grade quantidade de sódio nos conservantes. 
Existe uma idade mínima para o surgimento da hipertensão arterial?
Não existe uma idade certa, mas na infância o pediatra tem que monitorar a pressão arterial da criança, pois elas também podem ter essa elevação na pressão arterial, claro que, quanto maior a idade, maiores são as chances. 

Hipertensão arterial tem cura?
A hipertensão arterial pode ser primária ou secundária. A primária, que é a maioria dos casos e acomete em média 90% dos hipertensos, não tem cura, pois não sabemos a causa, mas existe um acompanhamento e avaliação a cada seis meses. Já quanto à secundária, que recebe esse nome por ser secundária a uma causa, seja ela endocrinológica, renal, por medicação, ou apneia do sono, trata-se a causa e o problema se resolve.
 Quais os perigos da automedicação nesse caso? 
Alguns medicamentos são mais potentes que outros, então, apenas o médico pode estabelecer o tipo de medicação para cada caso. Se uma pessoa ingerir um medicamento que baixe a pressão mais do que o devido, ela pode ter o risco de ter uma hipotensão.

0 comentários:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.