#audioinclui

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2019

Publieditorial - Tire todas as suas dúvidas sobre os dentes de leite


O procedimento de odontopediatria é uma forma de manter o cuidado e a saúde bucal dos bebês e crianças. Hoje em dia, os pais precisam ter atenção desde a primeira visita do pequeno ao dentista.
Os dentes possuem funções importantes para o corpo, assim como são variadas os tipos de dentição e funções. Para compreender este desenvolvimento e a saúde bucal infantil, acompanhe mais informações a respeito ao longo do artigo.

Dentição infantil (ou dentição decídua)

Antes de compreender a fundo sobre a saúde bucal infantil, é preciso destacar que esta meio merece atenção e cuidado. Os chamados dentes de leite podem influenciar no desenvolvimento da fala, mastigação e oclusão.
Com seis meses de vida, normalmente o bebê já possui os primeiros dentes incisivos centrais inferiores — dentes frontais afiados para cortar alimentos. á medida que a criança vai crescendo e se desenvolvendo, mais dentes de leite irão nascer. Em geral, a dentição de leite se completa por volta dos 3 anos de idade.
Neste período, a criança irá apresentar 20 dentes de leite até mais ou menos os seis anos de idade. Após este período ocorre a dentição mista, na qual os decíduos (de leite) são gradativamente substituídos pelos permanentes.
Um fato curioso é que os dentes decíduos são chamados de leite devido à cor mais branca. Já sobre as suas características, estes são menores e apresentam raízes mais longas.

Principais cuidados da saúde bucal infantil

Neste período, as crianças podem apresentar lesões de cárie com maior facilidade. Isto acontece devido ao esmalte, assim como a dentina, serem mais finos. Como consequência, faz com que os ácidos bacterianos desmineralizem os dentes com mais facilidade.
Deste modo, é extremamente importante que ocorra uma higiene bucal diária e correta, além de uma dieta equilibrada. Com o cuidado certo, é possível evitar o surgimento de problemas bucais.
Para que as crianças mantenham os dentes e a gengiva protegida, veja algumas dicas:
     Escove os dentes três vezes ao dia, ou seja, após as refeições principais;
     Use fio dental diariamente;
     Mantenha uma alimentação equilibrada;
     Utilize produtos com flúor (sob orientação do Odontopediatra),
     Vá ao dentista regularmente.
No geral, o uso do fio auxilia na remoção da placa que fica alojada entre os dentes, evitando que endureça e forme um cálculo dental. Caso isto ocorra, somente o dentista pode remover.
Ainda para uma alimentação equilibrada, consuma pouco açúcar e amido, pois estes alimentos são facilmente fermentados pelas bactérias que geram os ácidos que causam lesões de cárie. O indicado é que os pais deem o exemplo desde pequeno para que as crianças cuidem dos seus dentes.
Já as técnicas de escovação também são importantes. Os pais precisam ajudar os filhos até que a criança esteja habituada, tenha coordenação motora suficiente e consiga completar a ação.

Procedimento de Odontopediatria

Conforme a criança vai crescendo, acontece a troca da dentição e todo este processo exige cuidados diários. Através da Odontopediatria, é possível manter a saúde dentária dos pequenos, estabelecendo, desde o primeiro ano de vida, os hábitos de higiene bucal.
A orientação para os cuidados corretos devem ocorrer desde a gestação, pois a amamentação, alimentação ou uso de chupeta e dedo em excesso, podem trazer problemas dentários. Entre eles as lesões de cárie, gengivite e as maloclusões.
Após o nascimento, o profissional inicia o monitoramento dos primeiros dentes da criança. Logo, ocorre o acompanhamento e a queda dos dentes de leite, e nascimento dos dentes definitivos, também chamados dentes permanentes. Por fim, inicia o controle e prevenção dos problemas bucais infantis.
Muitos papais e mamães não sabem, mas os bebês podem ter gengivite, lesões de cárie e até problemas na mordida. Deste modo, os cuidados com a saúde dos dentes de leite vão garantir a boa formação dos permanentes, a saúde da criança e até mesmo o seu bom convívio social e desenvolvimento saudável da autoestima.
É importante incluir na vida da criança hábitos saudáveis para prevenir os males bucais. Todo acompanhamento profissional é fundamental para que a dentição se desenvolva corretamente, assim um diagnóstico precoce pode facilitar qualquer tratamento.

0 comentários:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.