#audioinclui

sexta-feira, 27 de setembro de 2019

*DIA MUNDIAL DO CORAÇÃO* - *Próximo ao Dia Mundial do Coração, Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular alerta para os cuidados com a saúde*


Neste domingo, 29 de setembro, é celebrado o Dia Mundial do Coração, data que tem por objetivo alertar e conscientizar a população sobre a importância de manter hábitos saudáveis e preservar a saúde do coração.
De acordo com dados do Ministério da Saúde de 2018, ocorreram cerca de 300 mil casos registrados de infartos agudos do miocárdio. Para a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS/OMS), as doenças cardiovasculares são a principal causa de morte no mundo, motivo pelo qual foi criada a data.
Segundo o cirurgião vascular e Presidente da Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular do Ceará (SBACV - CE), Dr. Frederico Linhares, para combater as doenças que afetam o coração, “é necessário a prática de atividades físicas aliada a uma alimentação balanceada, com baixa concentração de sódio e açúcar, além de acompanhamento de médico especializado e nutricional”, explica.
Dr. Linhares ainda alerta para alguns fatores de risco que podem ser determinantes para o surgimento das doenças cardiovasculares. “Aquelas pessoas que possuem diabetes, hipertensão, obesidade, doenças da tireoide, colesterol alto, são adeptas ao tabagismo e constantemente expostas a situações estressantes, além do histórico familiar; possuem maiores chances de sofrer com problemas no coração”.
Além das recomendações no estilo de vida, o especialista fala sobre o diagnóstico precoce dos problemas cardiovasculares, “ que, se descoberto ainda nos mais jovens, possibilita melhores tratamentos e um controle mais rígido das doenças, que podem se agravar ao longo dos anos”.

*Sintomas*
Para reconhecer os sintomas de possíveis doenças do coração é necessária bastante atenção. Falta de ar, cansaço que antes não eram percebidos, principalmente após a realização de algum esforço físico, dor como um aperto, queimação ou pontadas na região do tórax associada a formigamento ou dor no braço esquerdo, dor na região da mandíbula ou nas costas, devem alertar a pessoa a procurar auxílio médico para uma avaliação mais detalhada.

*Exames*
Os exames são, inicialmente, uma coleta de sangue para auxiliar na detecção dos fatores de risco que devem ser controlados, como níveis de colesterol, glicemia, função renal e tireoidiana. Contudo, o teste mais importante para iniciar a investigação cardíaca é o eletrocardiograma, revelando qualquer anormalidade. “Além destes, existem diversos outros exames para auxiliar na detecção de uma possível doença, como o raio x de tórax e o teste ergométrico, por conta disso, é imprescindível que a pessoa vá até um médico especialista para ter certeza do que fazer”, finaliza Dr. Frederico Linhares.

0 comentários:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.