Pular para o conteúdo principal

Caso Benfica: TJCE realiza credenciamento para julgamento de acusados dos homicídios


O julgamento dos acusados dos homicídios ocorridos no bairro Benfica dia 9 de março de 2018, em Fortaleza, ocorrerá nesta quarta e quinta-feiras (06 e 07/11), no 1º Salão do Júri do Fórum Clóvis Beviláqua. O júri terá início às 9h, sem previsão de horário para o término. A sessão será presidida pela magistrada Valência Maria Alves de Sousa Aquino, titular da 5ª Vara do Júri.
O crime vitimou sete pessoas e feriu outras três. Os acusados Douglas Matias da Silva, Francisco Elisson Chaves de Souza e Stefferson Mateus Rodrigues Fernandes estão presos desde o ano passado. Os jurados vão decidir se o trio é culpado ou inocente dos crimes de homicídio, homicídio tentado e organização criminosa.
CREDENCIAMENTO PARA POPULAÇÃO
Devido à capacidade do auditório, o Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) vai fazer credenciamento, por meio de formulário eletrônico, dos interessados em assistir ao júri. Vale ressaltar que, mesmo inscrito, será observada a capacidade do auditório. Para ter acesso ao local, deverão comparecer à entrada do Fórum Clóvis Beviláqua, com documento de identificação contendo foto. Todo o procedimento ficará a cargo da Assistência Militar do TJCE.
IMPRENSA
Os profissionais da Imprensa também terão de fazer credenciamento para assistirem ao júri. As vagas são limitadas e obedecerão ao critério de ordem de chegada. No local, deverão apresentar documento oficial com foto (crachá funcional não é válido).
Na sessão de julgamento, por questões de segurança não serão permitidas filmagem nem fotografia. Os repórteres cinematográficos e os fotógrafos poderão fazer imagens do salão onde ocorrerá o julgamento antes do seu início, por volta das 8h.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça

A 8ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza deferiu a favor da PH Empreendimentos, empresa do Sr. Paulo Henrique Martins, o pedido que proíbe a transferência e a alienação dos terrenos que formam o imóvel localizado na Avenida Dom Luís (entre as ruas Coronel Jucá e Professor Dias da Rocha) onde antes funcionava o Shopping Dom Luís. 
​Através de contrato com a Construtora Manhattan, o imóvel foi transferido e o pagamento, que deveria começar em 2014, não ocorreu. A Construtora também descumpriu diversas obrigações neste período. Embora a situação tenha rendido dissabores ao Sr. Paulo desde então, tentou-se buscar o bom senso da Construtora ao longo destes anos, sem sucesso. Em janeiro deste ano, foi iniciado o processo judicial cujo número é 0102164-08.2017.8.06.0001. 
Com a decisão da juíza Dra. Ana Kayrena da Silva Freitas, por meio do ofício 147/2017, o imóvel fica intransferível e inalienável como garantia de Justiça até que o processo seja julgado, haja vista que a Construtora, coligada…