Pular para o conteúdo principal

MPCE: Gaeco cumpre ordens de busca e apreensão da Operação Redime no Ceará

Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco), cumpriu, nessa quarta-feira (01/07), quatro ordens de busca e apreensão em auxílio à “Operação Redime”, deflagrada pelo Ministério Público de Mato Grosso do Sul (MPMS). A ação contou com apoio do Núcleo de Inteligência e Apoio Técnico do MPCE (Niat) e da Polícia Militar do Estado do Ceará. A Operação trata-se de investigação instaurada pelo MPMS para combater esquema de fraude a licitações envolvendo empresas sediadas nos estados de Ceará, Mato Grosso do Sul, São Paulo, Paraná e Piauí.
No Ceará, foram alvos do cumprimento de mandados duas empresas sediadas na cidade de Eusébio e dois empresários também residentes em Eusébio. Ao todo, foram cumpridos 19 mandados de busca e apreensão em Campo Grande e no interior de Mato Grosso do Sul, bem como nos estados de Ceará, São Paulo, Paraná e Piauí. Foram apreendidos documentos, agendas, registros contábeis, anotações, comprovantes de movimentações bancárias, computadores, notebooks, dinheiro em espécie, além de aparelhos de telefonia móvel.
A “Operação Redime” é originária de Procedimento Investigatório Criminal (PIC) que tramita na 31ª Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público e Social de Campo Grande e apura a ocorrência dos crimes de fraude em licitação, lavagem de dinheiro, corrupção ativa e passiva e delitos correlatos. Os fatos relacionam-se a um suposto esquema criminoso que teria fraudado licitação para a contratação de empresa especializada em locação de equipamentos médico-hospitalares no Estado de Mato Grosso do Sul, contrato este firmado em 2015 e que vem sendo aditivado desde então, ultrapassando o montante de R$ 120 milhões em valores pagos pelo Governo do Estado de Mato Grosso do Sul.
O MPMS deflagrou a Operação por meio das Promotorias de Justiça de Defesa do Patrimônio Público e Social de Campo Grande, com apoio do Grupo Especial de Combate à Corrupção (Gecoc/MS) e dos Gaeco’s de Mato Grosso do Sul, Ceará, São Paulo, Paraná e Piauí. Os mandados de busca e apreensão foram expedidos pela 1ª Vara Criminal de Campo Grande e cumpridos por 17 promotores de Justiça, 15 servidores do MP, 70 policiais militares e quatro policiais civis, tendo como alvos pessoas físicas e jurídicas.
*Com informações da Assessoria de Comunicação do MPMS

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Pá eólica- Gravíssimo acidente na BR-020, em Parambu, deixa dois mortos ; uma das vítimas sócio do Floresta Bar

Um gravíssimo acidente foi registrado no inicio da manhã deste domingo, 30, na BR-020, KM 45, à altura da localidade de Pau Preto, Parambu. Segundo as informações preliminares, um carro de passeio de luxo, Modelo Audi, ano 2019, cor cinza, placas PBU- 1521, inscrição de Brasilia, DF, colidiu com uma carreta que transportava peças de energia eólica e acabou sendo praticamento esmagado. Segundo ainda informações preliminares, no veículo duas pessoas vieram a óbito e ficaram presas as ferragens. O Corpo de Bombeiros de Tauá foi acionado para resgatar os corpos que posteriormente foram identificados como: Omar Falcão Soares, 67 anos, e Alexandre Barbosa Soares, pai e filho, residentes em Fortaleza. A BR-020 se encontra interditada.Com informações do Repórter Abraão Barros e fotos de internautas