Pular para o conteúdo principal

Julho Verde alerta para o diagnóstico do câncer de cabeça e pescoço

 


De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA), 43 mil novos casos de câncer de cabeça e pescoço são diagnosticados a cada ano em todo o país, o que resulta em cerca de 10 mil mortes.


O mês de julho volta as atenções para o diagnóstico e o tratamento do câncer de cabeça e pescoço. A campanha Julho Verde tem como objetivo promover informação e treinamento para o enfrentamento da doença. O mês é celebrado pelo Instituto Nacional do Câncer (INCA), desde 2016, e conta com o apoio da Organização Mundial da Saúde (OMS) e da União Internacional para o Controle do Câncer. 


A doença se refere a todos os tumores malignos que podem aparecer nas estruturas localizadas acima do nível das clavículas, ou seja, que pode atingir regiões como boca, fossas nasais, faringe, laringe; os ossos da face; os tumores de pele da face, do pescoço e do couro cabeludo; as neoplasias malignas das glândulas salivares e também o câncer da tireóide e das paratireóides podem ser acometidas. Essas regiões da cabeça, quando agrupadas, representam hoje a segunda maior incidência em homens brasileiros.


O que tem preocupado especialistas é que, a cada dez pessoas que investigam a doença, seis são diagnosticadas em estágio avançado, o que significa que as chances de cura caem para em torno de 40%. Se diagnosticado precocemente, as chances de cura do câncer de cabeça e pescoço podem chegar a 90%. De acordo com o INCA, 43 mil novos casos de câncer de cabeça e pescoço são diagnosticados a cada ano, o que resulta em cerca de 10 mil mortes.


“O diagnóstico precoce é a nossa principal arma quando se trata esse tipo de problema, isso porque, quando a doença avança piora muito a situação do paciente, ele se opera numa situação clínica muito mais complicada e, às vezes, podem ser necessários tratamentos como a quimioterapia e a radioterapia. Quanto antes começar o tratamento, melhor”, orienta Dr. Francisco Bomfim Jr, cirurgião de cabeça e pescoço da Oncovie


Causas


Especialistas alertam que o primeiro fator que pode ocasionar o câncer de cabeça e pescoço é o excesso de exposição à luz solar. Cerca de 60% dos casos ocorrem na região da cabeça e pescoço. De acordo com Dr. Bomfim, a situação do paciente pode ser agravada quando o hábito de fumar e de consumir grandes quantidades de álcool é uma rotina do indivíduo. Segundo o especialista, o efeito desses dois fatores se multiplica quando a mesma pessoa associa os dois hábitos. 


“O cigarro é um clássico fator envolvido nesse tipo de câncer, sendo a principal causa do câncer de boca, garganta e laringe. Quando esse hábito é associado ao álcool, o risco de aparecer um câncer aumenta em torno de quatro a oito vezes. Há também, atualmente, o risco do HPV, que é o vírus do papiloma humano em que alguns tipos desses vírus podem ser causadores de câncer de garganta ou de orofaringe”, explica o especialista. 


Prevenção


Alguns cuidados podem ser tomados para evitar esse tipo de câncer. 

  • Usar chapéu, boné, filtro solar, evitar exposição nos horários de maior insolação

  • Evitar o tabagismo.

  • Evitar o consumo de álcool

  • Na prevenção do câncer de orofaringe é fundamental a prática do sexo de forma segura e muito importante a vacinação contra o HPV para as crianças de ambos os sexos, antes do início da vida sexualmente ativa.


Tratamento


As principais opções de tratamento para pacientes com câncer de cabeça e pescoço incluem cirurgia, radioterapia, quimioterapia e terapia alvo. Em muitos casos, mais do que um desses tratamentos ou uma combinação deles podem ser utilizados. Segundo o Dr. Bomfim, os pacientes podem ser tratados de forma diferente para cada tipo de câncer que possa surgir na região da cabeça e pescoço. 


“É importante entender que a cirurgia de cabeça e pescoço é uma especialidade que tem as suas complexidades em que tendemos sempre a preservar as funções do órgãos, mas nem sempre é possível. Então, quanto menor o tumor, menos avançada a doença, mais fácil para o cirurgião tratar o problema. O câncer de cabeça e pescoço, no Brasil, continua sendo um grande desafio no século XXI”, alerta Dr. Bomfim.


Sobre a Oncovie


O Centro de Oncologia e Hematologia congrega em um mesmo endereço todos os elos para a cadeia de cuidados: prevenção, diagnóstico e tratamento, bem como um amplo leque de serviços que auxiliam no enfrentamento da doença, contribuindo para minimizar seus impactos e otimizar a qualidade de vida. É composta por uma equipe de multiprofissionais, com o objetivo de oferecer um atendimento humanizado, ético e baseado nos mais novos protocolos obedecendo ao conceito de sustentabilidade. A Oncovie busca constantemente a excelência na atenção aos seus clientes, e para isso entende que as parcerias são imprescindíveis. Tem como missão oferecer atendimento de excelência aos clientes proporcionando ao paciente oncohematológico e reumatológico um tratamento de caráter multidisciplinar, com detecção precoce, acurácia no diagnóstico e posterior tratamento individualizado ambulatorial.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ajudem a jornalista Marina Alves- TV Verdes Mares

 Oi, gente! Boa noite! Os últimos dias de tratamento foram bem difíceis, por isso fiquei mais ausente por aqui. Agora, começo a recuperar um pouco as forças com a ajuda de transfusões de hemácias e plaquetas. No sentido mais literal que existe, doações que estão salvando a minha vida. Por isso, gostaria de pedir a quem quiser/puder, que me ajude e, consequentemente, ajude outras pessoas com o simples gesto de doar. Pra isso, é só chegar no Fujsan e dizer que quer doar hemácias e plaquetas pra Marina Alves Bezerra. Me disseram que precisa só do nome mesmo, mas se perguntarem mais alguma coisa, lá vai: Nasc 11/04/1989 / CPF: 037.610.203-92 / Inertada no setor de oncologia do Hospital da Unimed. Soube que plaquetas só podem ser doadas por homens, com veias calibrosas. Mas hemácias é uma doação de sangue “normal”. Outra coisa. Soube hoje pelo médico que me acompanha, que além do tratamento de quimioterapia já iniciado, vou precisar de um transplante de medula. Como não tenho irmãos, as cha

Irmão do prefeito de Caucaia e candidato a reeleição, Naumi Amorim, teria sido preso suspeito de crime eleitoral com grande quantidade de dinheiro. Polícia Federal não confirma prisão

 A abordagem foi realizada pela Polícia Civil e por se tratar de possível ilícito eleitoral. Ele teria sido encaminhado para a Polícia Federal juntamente com três secretários da Prefeitura. Além do dinheiro, cerca de 1 milhão de reais, foram apreendidos “Livros-caixas” da contabilidade. Por enquanto não foi confirmada a prisão pela Polícia Federal. Segundo a assessoria de imprensa do órgão, se foi para a PF, tem todo um procedimento de formalidades, desde ouvir o conduzido, testemunhas, analise do que foi apreendido etc. A PF não informa nome de pessoas. O site Ceará é Notícia entrou em contato com a Assessoria de Imprensa do candidato a fim de saber se o mesmo vai se manifestar. 

Boletim de saúde sobre Normando Sóracles

 Boletim manhã 05/12 Normando Soracles segue internado na UTI do hospital São Camilo em Fortaleza onde deu entrada na noite do dia 01/12. Encontra-se sedado, se mantendo clinicamente estável após intubação orotraqueal realizada na manhã do dia 03/12. Apresentou melhora significativa do quadro respiratório e dos exames laboratoriais em comparação ao dia anterior. Mantendo-se sem febre e sem leucocitose. Vem respondendo satisfatoriamente a pronação (técnica que consiste em alternar a posição de deitada) mais conhecida como "posição do nadador". Novos exame serão realizados ao fim desta tarde.   Seguimos cada vez mais confiantes na sua plena recuperação. Tendo a convicção plena que Deus é conosco!