Pular para o conteúdo principal

Museu da Indústria apresenta nova exposição sobre eletricidade




Para turistas e fortalezenses que desejam explorar a Capital cearense nessas férias, uma boa dica é a visita gratuita ao Museu da Indústria, equipamento gerido pelo SESI Ceará e pela FIEC, que além de trazer muita história na sua própria arquitetura, apresenta a nova exposição "Eletricidade: história, memória e futuro do patrimônio energético no Ceará".


O Museu da Indústria, o Núcleo de Energia da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC) e o Sindicato das Indústrias de Energia e de Serviços do Setor Elétrico do Estado no Ceará (Sindienergia/CE) contam, por meio da mostra, a história da chegada e do uso da energia elétrica no Estado, justamente no local que já abrigou a sede da Companhia de Energia Elétrica do Ceará de 1935 até o final da década de 1980.


A exposição destaca em sua concepção o aprendizado sobre as matrizes energéticas, a preservação do nosso meio ambiente e como, enquanto consumidores e cidadãos, podemos ser responsáveis e proativos nesta conta do consumo de energia versus preservação ambiental. Retrata, ainda, um olhar para o amanhã, pois conta deste a chegada da energia elétrica no Estado, seu desenvolvimento local e as inovações como o hidrogênio verde.


Assinada por André Scarlazari e Marcus Braga e com apoio da Enel, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura (Mecenato), essa mostra é um verdadeiro convite para compreensão visual desse fenômeno elétrico tão presente em nosso cotidiano. 


Provocações


A exposição nos instiga a reflexões como: o que é mesmo a eletricidade? Como ela é gerada? Como utilizá-la de forma sustentável? Qual a nossa responsabilidade? A apresentação traz experiências práticas que explicam vários conceitos da eletricidade, como por exemplo, a condutividade elétrica, as cargas elétricas e o magnetismo. 


Ela ocupa o maior salão do Museu da Indústria, situado no piso térreo. Além das experiências, o visitante pode conferir uma linha do tempo contando a história da energia elétrica no Ceará, contendo imagens e textos sobre a chegada e desenvolvimento da eletricidade. 


A mostra também conta com maquetes das matrizes energéticas atuais, entre elas usinas térmicas, termelétricas, hidrelétricas, nucleares, solar e eólica. E, ainda, as inovações do setor elétrico, como a solução em mobilidade urbana com os veículos elétricos ou a geração de energia por meio do hidrogênio verde.


Sobre o Museu da Indústria


O Museu da Indústria, há sete anos em funcionamento, possui uma configuração contemporânea de espaço cultural, promovendo atividades de produção, divulgação e recepção de conteúdos ligados à história da indústria e seu futuro e economia criativa. Dialoga com seus visitantes ressaltando a importância dos processos industriais no dia a dia das pessoas e suas relações com o trabalho, a inovação tecnológica, a sustentabilidade, o design, a moda, a arquitetura e a história.


Localizado no mais importante corredor histórico do Centro de Fortaleza, onde é possível visualizar o Passeio Público, o Forte Nossa Senhora de Assunção, a Santa Casa de Misericórdia, o Centro Cultural Dragão do Mar e a Catedral, o Museu da Indústria se constitui como importante equipamento cultural, aberto ao público, oferecendo exposições que relacionam a indústria ao cotidiano das pessoas. A edificação possui mais de 2 mil metros quadrados de área disponível, distribuídos em espaços diversos, voltados para ações museológicas e culturais em geral.



Serviço:

Museu da Indústria

Exposição "Eletricidade: história, memória e futuro do patrimônio energético no Ceará"

Onde: Rua Dr. João Moreira, 143 - Centro, Fortaleza (CE)

Quando: terça-feira a sábado, das 9h às 17h, com entrada até às 16h30; 

e aos domingos das 9h às 13h, com entrada até às 12h30. 

Existe possibilidade para grupos presenciais e virtuais

Quanto: Grátis

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ajudem a jornalista Marina Alves- TV Verdes Mares

 Oi, gente! Boa noite! Os últimos dias de tratamento foram bem difíceis, por isso fiquei mais ausente por aqui. Agora, começo a recuperar um pouco as forças com a ajuda de transfusões de hemácias e plaquetas. No sentido mais literal que existe, doações que estão salvando a minha vida. Por isso, gostaria de pedir a quem quiser/puder, que me ajude e, consequentemente, ajude outras pessoas com o simples gesto de doar. Pra isso, é só chegar no Fujsan e dizer que quer doar hemácias e plaquetas pra Marina Alves Bezerra. Me disseram que precisa só do nome mesmo, mas se perguntarem mais alguma coisa, lá vai: Nasc 11/04/1989 / CPF: 037.610.203-92 / Inertada no setor de oncologia do Hospital da Unimed. Soube que plaquetas só podem ser doadas por homens, com veias calibrosas. Mas hemácias é uma doação de sangue “normal”. Outra coisa. Soube hoje pelo médico que me acompanha, que além do tratamento de quimioterapia já iniciado, vou precisar de um transplante de medula. Como não tenho irmãos, as cha

Endereços dos cines pornôs gays no Centro de Fortaleza

 ENDEREÇO DOS CINES DE FORTALEZA (CE) ☆CINE ARENA RUA MAJOR FACUNDO 1181 ☆CINE AUTORAMA RUA MAJOR FACUNDO 1193 ☆CINE MAJESTICK RUA MAJOR FACUNDO 866 ☆CINE SECRET RUA METON DE ALENCAR 607 ☆CINE SEDUÇÃO  RUA FLORIANO PEIXOTO 1307 ☆CINE IRIS  RUA FLORIANO PEIXOTO 1206 CONTINUAÇÃO ☆CINE ENCONTRO RUA BARÃO DO RIO BRANCO 1697 ☆CINE HOUSE RUA MENTON DE ALENCAR 363 ☆CINE LOVE STAR RUA MAJOR FACUNDO 1322 ☆CINE VIP CLUBE RUA 24 DE MAIO 825 ☆CINE ECLIPSE RUA ASSUNÇÃO 387 ☆CINE ERÓTICO RUA ASSUNÇÃO 344 ☆CINE EROS RUA ASSUNÇÃO 340