Pular para o conteúdo principal

Ceneged lança projeto de incentivo a educação financeira para filhos dos colaboradores

  A companhia patrocinou a Cartilha de Educação Financeira para Crianças do Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças do Ceará (Ibef) e deve levar o material para todas as sedes da empresa cearense, atuante em 12 estados Pensando na responsabilidade financeira das futuras gerações e alinhada aos valores ESG, a cearense Ceneged, iniciou o ano de 2024 com o projeto Gênio das Finanças. A iniciativa promove momentos com os filhos dos colaboradores para que desenvolvam uma relação mais natural e responsável com o dinheiro de forma lúdica. No primeiro encontro, na sede da empresa em Fortaleza, cerca de dez crianças com idade entre sete e 12 anos estiveram presentes. A dinâmica foi conduzida pela diretora do Ibef e CEO da Edfica - Consultoria de Impacto, Darla Lopes, que foi designada como tutora do projeto e formará multiplicadores em cada estado, assim como acompanhará mensalmente os avanços das turmas. Além das atividades, os participantes receberão uma cartilha para que possam consul

Salão Dourado da Reitoria passa por restauro e Memorial da UFC agendará visitas guiadas às obras da reforma a partir desta segunda-feira (16)

 Espaço significativo para a história, cultura e patrimônio cearenses, por onde passaram visitantes ilustres, o Salão Dourado da Reitoria da Universidade Federal do Ceará está em processo de conservação e restauro. Itens do mobiliário, como cadeiras, mesas, além de lustre, espelho e piso recebem intervenções para recuperação e preservação das características originais desde dezembro passado. Os trabalhos de supervisão e coordenação estão a cargo de equipe do Memorial da UFC e a execução é de uma empresa contratada por meio de licitação pública.

A previsão de reabertura oficial do Salão Dourado é para o fim deste semestre, dentro das comemorações de 68 anos de instalação da UFC. Mas, como parte das ações educativas do Memorial da UFC e com a proposta de a obra ser um canteiro aberto, a partir desta segunda-feira (16), grupos de estudantes, professores e interessados da comunidade interna e externa, especialmente de áreas como história, arquitetura, patrimônio e restauração, podem agendar visita ao local pelo telefone 3366 7414. É uma maneira de fazer o público conhecer como são feitos trabalhos de restauração. “As visitas serão mediadas por profissionais do Memorial”, informa Érika Pinho, produtora cultural do setor.

 

Imagem: na foto, cinco pessoas estão em um salão observando as pernas de uma cadeira dourada que está sobre uma mesa. Todos usam máscaras e um jovem sentado limpa o objeto com um pincel
Itens do mobiliário do Salão Dourado da UFC, como cadeiras, mesas, além de lustre, espelho e piso recebem intervenções para recuperação e preservação das características originais (Foto: Viktor Braga/UFC)

A diretora do Memorial da UFC, Gerda Holanda, considera o trabalho de restauro do Salão Dourado a concretização de um sonho que envolve desafios como identificação das peças e diagnóstico das condições de cada uma delas; além da busca por recursos, que estão sendo obtidos do orçamento próprio da UFC.

Para Gerda, a restauração e preservação do Salão Dourado têm importância tanto pelo resgate da história já vivida como para a história atual. O local faz parte da memória da UFC e, por extensão, da própria sociedade cearense.

FOLHAS DE OURO – Com mais de 60 anos de história, o espaço é denominado Salão Dourado em referência a uma característica de seu mobiliário, em parte revestido por folhas de ouro, resultando em um douramento das peças. Os arquivos fotográficos do Memorial da UFC revelam o uso do espaço pelos primeiros reitores da Instituição, para recepcionar visitantes como intelectuais, escritores, artistas, embaixadores e presidentes.

A autoria do projeto de restauro é de Roberto Moreira Chaves, técnico de laboratório de conservação e restauro de bens culturais móveis do Memorial da UFC. A partir da observação de fotografias e documentações da metade do século passado foi possível constatar, informa ele, que os móveis pertencentes ao salão foram sofrendo intervenções sem seguir procedimentos de conservação e restauro.

Imagem: foto em preto e branco de três homens sentados em sofás e poltronas em um salão. Pelas características da foto, é possível notar que ela é antiga
Visita do Embaixador dos Estados Unidos, John Moors Cabot, em 1959. Na imagem, é possível observar o piso original do Salão Dourado (Foto: arquivo/Memorial UFC)

Roberto Chaves detalha que estão sendo restaurados um espelho de cristal com moldura recoberta de folhas de ouro; quatro conjuntos de estofados (o maior com elementos dourados, que levam também folhas de ouro); conjuntos de três mesas e dois aparadores fixos; e um lustre de cristal. Além disso, será feita intervenção no piso, originalmente em madeira, mas que foi recoberto por um carpete azul. As portas também passarão por restauro, especialmente nos elementos metálicos.

Do projeto também consta a ideia de fazer “janelas de prospecção” (áreas da parede que ficam expostas de modo a permitir a observação das diversas camadas de pintura executadas na obra restaurada). O objetivo é identificar possíveis pinturas parietais, pinturas decorativas que poderiam existir nas paredes originais, explica Roberto.

Ele considera importante o trabalho atual de restauro e conservação de bens móveis da Universidade porque antes peças de mobiliário, por exemplo, se perdiam com o desgaste do tempo ou eram levadas à divisão de patrimônio para serem leiloadas.

Embora a execução dos trabalhos seja de uma empresa contratada – a CAL Restauro –, o Memorial faz todo o acompanhamento para que os procedimentos ocorram conforme os padrões estabelecidos pela UFC na área de conservação.

FASES – O desafiante e criterioso trabalho do Memorial para restaurar e preservar o Salão Dourado passou por diversas fases. Antes do serviço que está sendo feito, em 2015 o Memorial começou o diagnóstico da situação do espaço e das peças localizadas ali. As atividades tiveram uma pausa e, em 2018, após diagnóstico e elaboração do projeto de restauro, as primeiras intervenções foram iniciadas, com a separação de peças que originalmente pertenciam ao gabinete do reitor e não ao espaço do Salão Dourado. Somente em dezembro do ano passado foi possível a retomada efetiva dos trabalhos naquele espaço.

“Parte do mobiliário [do Salão Dourado e o que foi devolvido ao Gabinete do Reitor] é remanescente do imóvel pertencente à família Gentil, adquirido pela Universidade no fim da década de 1950. São móveis que contam não apenas a história da UFC, mas também do bairro do Benfica e da ocupação urbana de Fortaleza”, explica Roberto Chaves. Entre as peças que retornaram para o Gabinete do Reitor, estão uma mesa de jantar que passou a ser usada como mesa de reunião, aparador móvel com tampo de mármore de lioz, além de cadeiras.

Fonte: Memorial da UFC – fone: (85) 3366 7414

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Endereços dos cines pornôs gays no Centro de Fortaleza

 ENDEREÇO DOS CINES DE FORTALEZA (CE) ☆CINE ARENA RUA MAJOR FACUNDO 1181 ☆CINE AUTORAMA RUA MAJOR FACUNDO 1193 ☆CINE MAJESTICK RUA MAJOR FACUNDO 866 ☆CINE SECRET RUA METON DE ALENCAR 607 ☆CINE SEDUÇÃO  RUA FLORIANO PEIXOTO 1307 ☆CINE IRIS  RUA FLORIANO PEIXOTO 1206 CONTINUAÇÃO ☆CINE ENCONTRO RUA BARÃO DO RIO BRANCO 1697 ☆CINE HOUSE RUA MENTON DE ALENCAR 363 ☆CINE LOVE STAR RUA MAJOR FACUNDO 1322 ☆CINE VIP CLUBE RUA 24 DE MAIO 825 ☆CINE ECLIPSE RUA ASSUNÇÃO 387 ☆CINE ERÓTICO RUA ASSUNÇÃO 344 ☆CINE EROS RUA ASSUNÇÃO 340

CONVOCAÇÃO:

  A SOSERVI - Sociedade de Serviços Gerais Ltda, CNPJ 09.863.853/0010-12, Convoca o funcionário JONAS GADELHA FERNANDES , para comparecer à sede da empresa para resolver assunto de seu interesse. Prazo de 72hs. Endereço: Rua: Dr. Jose Lourenço  – 2530 – Joaquim  Távora

Nota de pesar

  A PRT-7 manifesta o mais profundo pesar pela morte dos servidores aposentados José Maciel da Silva e José Siqueira de Amorim. José Maciel da Silva faleceu em 22 de janeiro. Sua última lotação foi no Setor de Arquivo desta Procuradoria Regional do Trabalho. O servidor José Siqueira Amorim faleceu em 28 de fevereiro e encerrou a carreira na Secretaria da Coordenadoria de 2º Grau. Ao tempo em que se solidariza com os familiares e amigos, a PRT-7 reconhece a valorosa contribuição de ambos enquanto atuaram nesta instituição.