Pular para o conteúdo principal

Cinema sueco, chorinho e temporadas teatrais na programação do Sesc



 O mês de férias no Sesc* está repleto de cultura e diversão, com atividades das mais diversas linguagens artísticas. Em comemoração ao centenário de Ingmar Bergman, o Sesc realiza a mostra O Lobo à Espreita  Uma Homenagem ao Centenário de Ingmar”, que exibe nove obras do cineasta sueco. A programação conta também com os ritmos eletrônica, chorinho e jazz nas apresentações musicais. No teatro, livros são adaptados para ganhar os palcos em forma de espetáculo.
PROGRAMAÇÃO 18 a 22/7
CINEMA
            Em continuidade à mostra “O Lobo à Espreita  Uma Homenagem ao Centenário de Ingmar”, o Sesc* realiza exibições de obras do cineasta sueco Ingmar Bergman, considerado por alguns críticos o maior cineasta da história.
Local: Sala de Vídeo da Unidade Fortaleza (R. Clarindo de Queiroz, 1740)
Entrada gratuita
18/7 – 18h30
A Hora do Lobo (1968)
            Em uma ilha afastada, um pintor e sua esposa conhecem um misterioso grupo de pessoas. Atormentado por conflitos psicológicos, o casal vive angústia maior com a convivência com o grupo. Durante a hora do lobo, entre a meia-noite e a aurora, o pintor compartilha com a esposa suas memórias mais dolorosas e questiona a própria lucidez.
Classificação indicativa: 18 anos
19/7 – 18h30
Face a Face (1975)
            A psiquiatra Jenny Isaksson é assombrada por visões de uma velha. Em profunda depressão, ela busca desesperadamente fugir do pesadelo e acaba se envolvendo romanticamente com Tomas Jacobi, um médico também casado.
Classificação indicativa: 16 anos
MÚSICA
As apresentações musicais desta semana estão carregadas de sentimento. Artistas de eletrônica, chorinho e jazz garantem o entretenimento na quarta-feira (18) e quinta-feira (19). Através de programas culturais nacionais e regionais, o Sesc busca difundir produções musicais e formar ouvintes, possibilitando o contato do público com artistas de diversos estilos e gêneros.

18/7 (17h30)
Banda Vacilant – Sesc Instrumental
            A banda apresenta o show “Só me faça esquecer das coisas”. Timbres eletrônicos se misturam a organicidade dos sons no álbum que explora ritmos e reflete sobre o medo do desaparecimento e o desejo de esquecer.
Local: Mercado Central de Fortaleza (Av. Alberto Nepomuceno, 199 – Centro)
Acesso gratuito

19/7 (12h30)
Projeto Nosso Samba – DegustaSom
            O grupo Canto da Razão, que faz parte do Projeto Nosso Samba, entrega apresentação sentimental de Chorinho. Em performance harmoniosa e voltada para o instrumental, o grupo interpreta grandes nomes como Chiquinha Gonzaga, Zequinha de Abreu, Valdir Azevedo e Ademilde Fonseca.
Local: Mercado Central de Fortaleza (Av. Alberto Nepomuceno, 199 – Centro)
Acesso gratuito

19/7 (20h)
Marília Lima – Quinta Acústica
            Enquanto vocalista da Banda InBlues, Marília passeia pelo universo sonoro do jazz, blues, rock e soul. A cantora se inspira  em Dalva de Oliveira, Maysa, Aretha Franklin, Janis Joplin, Amy Winehouse e Nina Simone. Seu show "Rosa Negra" valoriza a música negra.
Local: Teatro Sesc Emiliano Queiroz (Av. Duque de Caxias, 1701)
Ingressos: R$ 10,00 (inteira) / R$ 5,00 (meia)


TEATRO
            Dança, aventura e drama movimentam os fins de semana no Teatro Sesc Emiliano Queiroz. Na temporada de julho, adaptações literárias ganham nova vida nos palcos.
Serviço
Local: Teatro Sesc Emiliano Queiroz (Av. Duque de Caxias, 1701 – Centro)
Ingressos: R$ 10,00 (inteira) / R$ 5,00 (meia)

20/7 – 20h
Alices
            Dança, teatro e formas animadas dão vida à peça inspirada no livro “O Povo Brasileiro” de Darcy Ribeiro. Performado pelo Grupo N∞ às sextas-feiras, às 20h, o espetáculo oferece ao publico, de forma lúdica e provocativa, um espaço de tempo e de diversão para pensar sobre como percebemos o outro e o mundo no cotidiano. A intenção é comover, encantar e provocar sentidos estéticos, éticos e críticos.
Classificação Indicativa: 12 anos

21 e 22/7 – 16h
Pinóquio
            Aos fins de semana, a criançada curte o clássico "Pinóquio", encenado pela Cia Camarim de Teatro. Gepeto, um carpinteiro solitário, decide criar um boneco de madeira para ter companhia. A Fada Azul dá vida ao menino de madeira. Ansioso para se tornar um menino de verdade, Pinóquio enfrenta várias confusões, resultando em muita aventura. 
Classificação Indicativa: Livre
Vídeo convite: https://bit.ly/2L1l61j

21 e 22/7 – 19h
Morte Anunciada
            Na temporada adulto, o livro de Gabriel Marcia Marquez "A Crônica da Morte Anunciada" é adaptado para o público do Teatro Sesc Emiliano Queiroz. O ator interpreta o personagem Santiago Nasar, dono de uma trajetória trágica. A história da personagem serve de base para o processo de criação, que questiona a profissão de artista: dificuldades, escolhas e desafios.
Classificação Indicativa: 14 anos

*Instituição mantida pelos empresários do comércio de bens, serviços e turismo.


Facebook: /sescceara
Twitter: @sesc_ce
Instagram: sescce

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça

A 8ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza deferiu a favor da PH Empreendimentos, empresa do Sr. Paulo Henrique Martins, o pedido que proíbe a transferência e a alienação dos terrenos que formam o imóvel localizado na Avenida Dom Luís (entre as ruas Coronel Jucá e Professor Dias da Rocha) onde antes funcionava o Shopping Dom Luís. 
​Através de contrato com a Construtora Manhattan, o imóvel foi transferido e o pagamento, que deveria começar em 2014, não ocorreu. A Construtora também descumpriu diversas obrigações neste período. Embora a situação tenha rendido dissabores ao Sr. Paulo desde então, tentou-se buscar o bom senso da Construtora ao longo destes anos, sem sucesso. Em janeiro deste ano, foi iniciado o processo judicial cujo número é 0102164-08.2017.8.06.0001. 
Com a decisão da juíza Dra. Ana Kayrena da Silva Freitas, por meio do ofício 147/2017, o imóvel fica intransferível e inalienável como garantia de Justiça até que o processo seja julgado, haja vista que a Construtora, coligada…