Pular para o conteúdo principal

Suspeito de ameaçar secretário da SSPDS em rede social é preso pela Polícia Civil


15 DE JANEIRO DE 2020 - 18:49 # # # #


Um homem suspeito de proferir ameaças ao secretário da Segurança Pública e Defesa Social do Estado do Ceará (SSPDS/CE), André Costa, em uma rede social, foi preso após uma investigação realizada pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE). De posse da mensagem publicada nessa terça-feira (14), os policiais civis da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) iniciaram as apurações e chegaram à identificação de Iago Bezerra do Nascimento (21), que foi preso na manhã desta quarta-feira (15).
O suspeito, sem antecedentes criminais, foi capturado no bairro Sapiranga – Área Integrada de Segurança 7 (AIS 7) de Fortaleza. De acordo com as apurações, ele é o autor de três mensagens publicadas, em uma postagem feita pelo secretário André Costa, que tratava dos balanços de duas ações ocorridas nessa terça-feira (14), na Região Metropolitana da Capital. A primeira, sobre uma ofensiva que resultou nas apreensões de sete armas de fogo e nas prisões de três suspeitos, em Guaiúba (AIS 12). Ainda durante a ocorrência, três indivíduos foram mortos em troca de tiros com a Polícia Militar. Já a segunda, abordava as apreensões de quase 140 quilos de maconha, durante um trabalho feito pelo Batalhão de Polícia de Trânsito Urbano e Rodoviário Estadual (BPRE), em Maracanaú (AIS 12).
Em resposta à publicação de André Costa, o suspeito escreveu mensagens em tom ameaçador aos profissionais de segurança, bem como expressões fazendo apologia a uma organização criminosa. Com isso, os policiais civis especializados iniciaram os levantamentos e descobriram a identificação do suspeito, bem como o local onde ele residia, em Fortaleza. Iago foi conduzido à Draco, onde foi ouvido e autuado em flagrante na Lei das Organizações Criminosas. A Polícia Civil agora manterá as investigações, com o objetivo de identificar se ele possui envolvimento com outros crimes.

Condenado após ameaças

Em 2017, um suspeito já havia sido preso também por proferir ameaças contra o secretário da SSPDS do Ceará, nas redes sociais. Lemoel da Silva Santos (21), que já respondia a quatro procedimentos criminais por roubo, dois por associação criminosa, dois por crime de trânsito, um por receptação, porte ilegal de arma de fogo e adulteração de sinal identificador de veículo, foi capturado por uma equipe da Polícia Militar do Ceará (PMCE), no bairro Álvaro Weyne (AIS 4) de Fortaleza.
Em janeiro do ano passado, o Poder Judiciário do Estado do Ceará, por meio da Vara de Delitos de Organizações Criminosas, expediu a decisão condenatória contra Lemoel, com uma pena de seis anos em regime fechado. Desde 2017, o criminoso se encontra recluso no Sistema Prisional do Ceará.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça

A 8ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza deferiu a favor da PH Empreendimentos, empresa do Sr. Paulo Henrique Martins, o pedido que proíbe a transferência e a alienação dos terrenos que formam o imóvel localizado na Avenida Dom Luís (entre as ruas Coronel Jucá e Professor Dias da Rocha) onde antes funcionava o Shopping Dom Luís. 
​Através de contrato com a Construtora Manhattan, o imóvel foi transferido e o pagamento, que deveria começar em 2014, não ocorreu. A Construtora também descumpriu diversas obrigações neste período. Embora a situação tenha rendido dissabores ao Sr. Paulo desde então, tentou-se buscar o bom senso da Construtora ao longo destes anos, sem sucesso. Em janeiro deste ano, foi iniciado o processo judicial cujo número é 0102164-08.2017.8.06.0001. 
Com a decisão da juíza Dra. Ana Kayrena da Silva Freitas, por meio do ofício 147/2017, o imóvel fica intransferível e inalienável como garantia de Justiça até que o processo seja julgado, haja vista que a Construtora, coligada…