Pular para o conteúdo principal

CBMCE recebe a doação de duas cadelas do Corpo de Bombeiros do Tocantins

  O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE) recebeu uma doação de duas cadelas da raça pastor-alemão do Corpo de Bombeiros Militar do Tocantins (CBMTO). Os animais são os primeiros de sua raça a integrar o CBMCE. Com quatro meses, Aisha e Agnes já iniciaram um treinamento intensivo que durará cerca de dois anos. Sob a orientação dos condutores capitão Eliomar Alves e soldado Brito, elas são treinadas para busca e resgate de pessoas, utilizando a metodologia de varredura de área, uma técnica desenvolvida para buscas de vítimas em desastres. As cadelas foram doadas pelo subtenente Mollo, do CBMTO, um cinotécnico conhecido por criar cães da linhagem sadonana, uma das melhores linhagens de cães de trabalho do Brasil. A chegada de Aisha e Agnes marca um avanço significativo para a equipe de resgate do CBMCE, ampliando suas capacidades e reforçando seu compromisso com a segurança e o bem-estar da comunidade.

Artistas e ativistas lamentam morte de artista circense venezuelana Corpo de Julieta Hernández foi encontrado em cidade do Amazonas

 Diversas entidades artísticas e movimentos sociais manifestaram pesar pela morte da artista venezuelana Julieta Hernández Martínez, de 37 anos.  No Brasil desde 2015, ela se apresentava como palhaça Jujuba em diversas partes do país e integrava o grupo de mulheres que viajam de bicicleta Pé Vermei.

O corpo da artista foi encontrado nesse sábado (6) no município de Presidente Figueiredo, no Amazonas. Julieta viajava em direção à Venezuela para encontrar a família. Ela estava desaparecida desde 23 de dezembro. Amigos e ativistas fizeram uma campanha para tentar localizar a artista. Pelas redes sociais, foi informado que o valor arrecadado será, agora, usado para cobrir os custos do translado do corpo ao país de origem.

A Fundação Nacional de Artes (Funarte) divulgou uma nota em que lamenta a morte da artista. “É com tristeza e indignação que recebemos a notícia da morte da bonequeira, palhaça, artista e cicloviajante, Julieta Hernandez. Com toda alegria e irreverência, Julieta viajava com sua arte conduzindo crianças e adultos ao mundo circense e por isso, sempre será lembrada. Inquieta em relação à desigualdade de gênero, sua busca por equidade é uma inspiração para todas nós”, declara a presidenta da Fundação, Maria Marighella, no comunicado. A Funarte informa ainda que, junto com o governo do Amazonas, está acompanhando os desdobramentos da investigação e presta apoio à família.

Nas redes sociais, o coletivo Pé Vermei divulgou nota: “Queria poder dizer que Ju se encantou nas estradas de uma forma bem poética, bem Julieta. Mas a verdade é que nossa amiga foi mais uma vítima de feminicídio. Quero agradecer a essa rede todinha que está se mobilizando, foi graças a todo esse movimento coletivo que ela foi encontrada”.

O grupo de palhaçaria feminista Circo di SóLadies também expressou pesar pela perda da artista. “Jujuba, infelizmente não encontramos você a tempo. Tudo isso nos mostra o quanto somos pequenos diante de tamanha brutalidade. Mas você, com sua gigante grandeza contida em seu nariz, nos ensinou que é preciso ter a coragem para seguir pedalando. Nos resta a memória do seu sorriso e sua vontade de viver”, diz a nota publicada na rede Instagram.

O Movimento de Pequenos Agricultores (MPA) relembrou encontro com Julieta há um ano e resgatou memórias envolvendo a artista. “Era uma sexta-feira, dia 21 de janeiro de 2022 a noite quando encontramos na rodoviária de Picos - Piauí uma mulher chamada Alegria, Riso, Solidariedade e Liberdade, seu nome Julieta Hernandez que com a magia popular da palhaçaria se transformava na Mis Jujuba palhaça, cicloativista e bonequeira”.

O MPA destaca ainda que os indícios apontam para que a artista foi vítima de feminicídio. “Que nossa Floresta Amazônica possa ecoar o riso, a alegria e a liberdade de toda mulher que se sonha livre. Por nossas mortas nenhum minuto de silêncio, mas toda uma vida de lutas”, acrescenta.

Edição: Carolina Pimentel

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Endereços dos cines pornôs gays no Centro de Fortaleza

 ENDEREÇO DOS CINES DE FORTALEZA (CE) ☆CINE ARENA RUA MAJOR FACUNDO 1181 ☆CINE AUTORAMA RUA MAJOR FACUNDO 1193 ☆CINE MAJESTICK RUA MAJOR FACUNDO 866 ☆CINE SECRET RUA METON DE ALENCAR 607 ☆CINE SEDUÇÃO  RUA FLORIANO PEIXOTO 1307 ☆CINE IRIS  RUA FLORIANO PEIXOTO 1206 CONTINUAÇÃO ☆CINE ENCONTRO RUA BARÃO DO RIO BRANCO 1697 ☆CINE HOUSE RUA MENTON DE ALENCAR 363 ☆CINE LOVE STAR RUA MAJOR FACUNDO 1322 ☆CINE VIP CLUBE RUA 24 DE MAIO 825 ☆CINE ECLIPSE RUA ASSUNÇÃO 387 ☆CINE ERÓTICO RUA ASSUNÇÃO 344 ☆CINE EROS RUA ASSUNÇÃO 340

CONVOCAÇÃO:

  A SOSERVI - Sociedade de Serviços Gerais Ltda, CNPJ 09.863.853/0010-12, Convoca o funcionário JONAS GADELHA FERNANDES , para comparecer à sede da empresa para resolver assunto de seu interesse. Prazo de 72hs. Endereço: Rua: Dr. Jose Lourenço  – 2530 – Joaquim  Távora

Nota de pesar

  A PRT-7 manifesta o mais profundo pesar pela morte dos servidores aposentados José Maciel da Silva e José Siqueira de Amorim. José Maciel da Silva faleceu em 22 de janeiro. Sua última lotação foi no Setor de Arquivo desta Procuradoria Regional do Trabalho. O servidor José Siqueira Amorim faleceu em 28 de fevereiro e encerrou a carreira na Secretaria da Coordenadoria de 2º Grau. Ao tempo em que se solidariza com os familiares e amigos, a PRT-7 reconhece a valorosa contribuição de ambos enquanto atuaram nesta instituição.