quarta-feira, 10 de maio de 2017

Ministério da Cultura estuda pedido de restauração da Estação João Felipe e do Açude do Cedro

A restauração do prédio da Estação João Felipe, no Centro de Fortaleza, e a recuperação de toda a estrutura do Açude do Cedro, em Quixadá, foram tema da audiência realizada na tarde da última segunda-feira (8), entre o deputado cearense, Danilo Forte, e o ministro da Cultura Roberto Freire. As demandas são de iniciativa do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), no Ceará.

“São obras com grande importância histórica e cultural para o povo cearense. Estamos estudando a melhor forma para introduzir a recuperação dessas estruturas nos projetos do Ministério da Cultura. No caso da estação ferroviária, por exemplo, foi levantada a possibilidade de utilização da Lei Rouanet”, explica Danilo Forte.  

Durante o encontro, o parlamentar apresentou ao ministro Roberto Freire o projeto de restauro da estação encaminhado pela superintendente regional do Iphan no Ceará, Geovana Cartaxo. Orçado em R$13 milhões, o projeto conta com um museu do trem, auditório, café, estacionamento, biblioteca, administração e sede da Superintendência do Iphan no Ceará.

Outra proposta debatida foi a utilização de recursos do Orçamento da União para a recuperação e manutenção da estrutura do Açude do Cedro. Conhecido como a primeira grande obra hídrica do Brasil, o açude teve ordem de construção dada por D. Pedro II diante do impacto provocado pela seca entre os anos de 1877 e 1879. Atualmente, o Açude do Cedro é candidato a receber o título de Patrimônio Mundial da Unesco.
Enviar

Deixe seu comentário: