Pular para o conteúdo principal

Dica cultural que cabe no bolso para esta terça. Orquestra Sinfônica da UECE se apresenta no Teatro José de Alencar




Orquestra Contemporânea do Ceará (agora batizada como Orquestra Sinfônica da Universidade Estadual do Ceará-OSUECE) faz concerto em programa para todas as idades e famílias no Theatro José de Alencar, às 19h dessa terça, dia 31 de janeiro de 2012, a R$ 1 (meia) e R$ 2,00.
Após supermaratona de atividades para o show com a Marina de la Riva, a Orquestra Contemporânea do Ceará (que agora atende por Orquestra Sinfônica da Universidade Estadual do Ceará, novo nome institucionalizado em ato oficial do Reitor Francisco de Assis Moura Araripe, em 22 de dezembro de 2011) se apresenta no palco principal do TJA (750 lugares) nessa terça, dia 31 de janeiro, às 19h, sob regência do maestro Alfredo Barros. Acessível a todos e livre para todas as idades. Ingressos R$ 1 (meia) e R$ 2.


No Programa:
François Borne (1840-1920)
Fantaisie Brillante sur Carmen, pour Flûte et Piano
Flauta, Rodrigo Soares
Piano, Michelle Lucena

L. Van Beethoven (1770-1824)
Quarteto de Cordas Op. 18 Nº 1 em Fa Maior, Mov. I
Violinos: Gustavo Lima, Diego Cavalcante
Viola: Rélmerson Lima
Violoncelo: Rondinelly Bezerra

G. Fauré (1845-1924)
Élégie pour Violoncello et Piano
Violoncelo: Bruno Ponte
Piano: Michelle Lucena

A. Piazzolla (1921-1992)
Libertango, arr. para Quarteto de Cordas de Paulo Leniuson
Violinos: Gustavo Lima, Diego Cavalcante
Viola: Rélmerson Lima
Violoncelo: Rondinelly Bezerra

K. M. von Weber (1786-1826)
Quinteto Op. 34 para Quarteto de Cordas e Clarineta
Clarineta: Jônatas Gaudêncio
Violinos: Gustavo Lima, Diego Cavalcante
Viola: Rélmerson Lima
A OSUECE a partir de março também cuidará dos recitais e concertos (novos e mestres) todo último domingo do mês no foyer do TJA, a confirmar.


SOBRE A Orquestra Contemporânea do Ceará–UECE:


teve seu início em agosto de 2009. Devido à natureza experimental de repertório da orquestra, seu conjunto de obras é bem variado: há obras autorais de compositores brasileiros, notadamente aqueles que cursam do Bacharelado em Composição da UECE, arranjos e adaptações de grandes obras populares, além de obras do repertório tradicional sinfônico.

A Orquestra Sinfônica da Universidade Estadual do Ceará –UECE (OSUECE), assim renomeada a partir de ato oficial institucionalizado pelo reitor Francisco de Assis Moura Araripe, em 22 de dezembro de 2011, é formada por aproximadamente cinquenta músicos distribuídos dentre as seguintes sessões orquestrais: madeiras, metais, percussão e cordas.

Dirigida e regida pelo prof. Alfredo Barros, maestro e compositor, doutor em Artes Musicais pela The University of Texas at Austin, Texas, EUA, que desenvolve projetos artísticos dessa natureza desde 1988. Os músicos se reúnem três vezes por semana e participam de dinâmicos ensaios (no Auditório Central da UECE, Campus do Itaperí, à Av. Paranjana, 1700, quartas quintas, e sextas 13h30 às17h). O projeto, que acaba de completar dois anos, tem chamado a atenção de músicos importantes, professores de festivais e regentes, como o violista Carlos Boltes (chileno radicado nos EUA), que, em julho de 2011, solou com a OCC–UECE (atual OSUECE) no Concerto para Viola e Orquestra de G. P. Telemann.

Além disso, a OSUECE age como um forte agente aglutinador de músicos de diferentes camadas sociais e alunos matriculados em cursos superiores da UECE. Deste modo também abre perspectiva para a orientação e apoio àqueles estudantes de música que procuram oportunidade de ingressar na universidade.

A Reitoria e Vice-Reitoria da UECE, as Pró-Reitorias: de Assuntos Estudantis–PRAE, de Extensão–PROEX, de Pesquisa e Pós-Graduação–PROPGPq, a Coordenação do Curso de Música da UECE, Núcleo Gráfico da UECE, e a Fundação Eleazar de Carvalho têm dado importantíssimo apoio à orquestra.

Informações compartilhadas pelo jornalista Kiko Bloc-Boris.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Pá eólica- Gravíssimo acidente na BR-020, em Parambu, deixa dois mortos ; uma das vítimas sócio do Floresta Bar

    Um gravíssimo acidente foi registrado no inicio da manhã deste domingo, 30, na BR-020, KM 45, à altura da localidade de Pau Preto, Parambu. Segundo as informações preliminares, um carro de passeio de luxo, Modelo Audi, ano 2019, cor cinza, placas PBU- 1521, inscrição de Brasilia, DF, colidiu com uma carreta que transportava peças de energia eólica e acabou sendo praticamento esmagado. Segundo ainda informações preliminares, no veículo duas pessoas vieram a óbito e ficaram presas as ferragens. O Corpo de Bombeiros de Tauá foi acionado para resgatar os corpos que posteriormente foram identificados como: Omar Falcão Soares, 67 anos, e Alexandre Barbosa Soares, pai e filho, residentes em Fortaleza. A BR-020 se encontra interditada. Com informações do Repórter Abraão Barros e fotos de internautas

Tiroteio e pânico no Restaurante Paladar na avenida 13 de maio em Fortaleza; um homem foi atingido a tiros

Tiroteio e pânico no Restaurante Paladar em frente ao MCDonald's da Avenida 13 de Maio em Fortaleza. Um homem foi atingido a tiros dentro do Paladar por homens que desceram de um veículo Corolla para executá-lo. Informação não oficial revela que a vítima é o dono do Restaurante. Depois do crime, os  homens  entraram  no carro e fugiram.  Em seguida, quem estava no MCDonald's correu para perto da vítima . A ambulância do SAMU já chegou e nada da polícia. O barulho dos tiros parecia de fogos de artifício. Muita violência para esse fim de noite de domingo.. Atualização.. O Paladar entrou em contato com a gente pelas redes sociais e informou que a vítima foi um cliente. O dono do Restaurante não foi atingido.