Pular para o conteúdo principal

CBMCE recebe a doação de duas cadelas do Corpo de Bombeiros do Tocantins

  O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE) recebeu uma doação de duas cadelas da raça pastor-alemão do Corpo de Bombeiros Militar do Tocantins (CBMTO). Os animais são os primeiros de sua raça a integrar o CBMCE. Com quatro meses, Aisha e Agnes já iniciaram um treinamento intensivo que durará cerca de dois anos. Sob a orientação dos condutores capitão Eliomar Alves e soldado Brito, elas são treinadas para busca e resgate de pessoas, utilizando a metodologia de varredura de área, uma técnica desenvolvida para buscas de vítimas em desastres. As cadelas foram doadas pelo subtenente Mollo, do CBMTO, um cinotécnico conhecido por criar cães da linhagem sadonana, uma das melhores linhagens de cães de trabalho do Brasil. A chegada de Aisha e Agnes marca um avanço significativo para a equipe de resgate do CBMCE, ampliando suas capacidades e reforçando seu compromisso com a segurança e o bem-estar da comunidade.

Diretor da Intertox ministra palestra na Federação das Indústrias do Estado do Ceará

Classificação GHS, rotulagem e FISPQ de produtos químicos serão os temas da apresentação que será realizada em Fortaleza na próxima semana pelo especialista em segurança química, Fabriciano Pinheiro

O diretor técnico da Intertox, empresa referência nacional no segmento de segurança química, gestão ambiental e tecnologia da informação, Fabriciano Pinheiro, ministrará a palestra ‘Produtos Químicos: Classificação GHS, Rotulagem e FISPQ (MTE-NR 26 e ABNT-NBR 14725)’ na Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC). O evento, realizado pelo SindQUÍMICA Ceará com apoio da Intertox, acontece no dia 11 de novembro, das 8h às 11h, no Salão Aberto da cobertura da FIEC, em Fortaleza (CE).

apresentação visa aprofundar o conhecimento de profissionais envolvidos em gestão segura de produtos químicos para o melhor entendimento e aplicação da MTE-NR 26 e ABNT-NBR 14725, que estabelecem o GHS (Sistema Globalmente Harmonizado para a Classificação e Rotulagem de Produtos Químicos) como sistema de classificação de perigo de produtos químicos e definem um modelo para a elaboração e preenchimento da Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos (FISPQ), como também as informações de segurança a serem incluídas na rotulagem de um produto químico perigoso. O especialista também elucidará dúvidas dos participantes sobre a utilização do sistema GHS incorporado na parte 2 da ABNT-NBR 14725, além das exigências para a elaboração de uma FISPQ e de um rótulo de produto químico.

Segundo Fabriciano Pinheiro, o correto gerenciamento dos produtos químicos gera benefício para toda a sociedade, garantindo menos acidentes, doenças e impactos ao meio ambiente. “O objetivo do GHS é que todos – seja consumidor ou trabalhador – tenham informação e conduzam o contato com químicos tomando os devidos cuidados, seja na nossa casa, para evitar que algum produto perigoso esteja ao alcance de uma criança, ou nos locais de trabalho, onde um trabalhador terá a informação clara que se ele inalar o produto por muito tempo poderá desenvolver uma doença e, por isso, a importância de usar o EPI adequado. Portanto, esse assunto se estende para a sociedade como um todo, por exemplo, caso aconteça um acidente com um produto classificado como perigoso ao meio ambiente, as equipes de atendimento terão conhecimento de que tal produto não deve ter contato com corpos hídricos para evitar maiores impactos ambientais”, enfatiza.

Fabriciano Pinheiro é biomédico e mestre em Toxicologia e Análises Toxicológicas. O diretor técnico da Intertox é coordenador do curso de pós-graduação em Ciências Toxicológicas e professor de Toxicologia nas Faculdades Oswaldo Cruz e também coordena há cinco anos a Comissão de Estudos ‘Informações sobre Segurança e Meio Ambiente relacionados a Produtos Químicos’ do Comitê Brasileiro de Química da ABNT. O professor também foi no último ano representante do Brasil no Subcomitê de Experts da ONU sobre o GHS.

Serviço:

Palestra Produtos Químicos: Classificação GHS, Rotulagem e FISPQ (MTE-NR 26 e ABNT-NBR 14725)’  
Data: 11 de novembro, das 8h às 11h
Local: Salão Aberto da cobertura da FIEC
Av. Barão de Studart, 1980 – Aldeota - Fortaleza (CE)
Informações: quimica@sfiec.org.br

Sobre a Intertox

Fundada em 1999, a Intertox é uma empresa de inteligência que visa a assegurar aos clientes conhecimento para a segurança química, toxicológica e ambiental de produtos e processos. Iniciou suas atividades atendendo demandas aplicadas ao governo, indústria e associações em questões de risco químico e toxicológico e se destacou no cenário nacional, o que lhe permitiu consolidar um corpo técnico altamente especializado em segurança química e toxicológica, gestão ambiental e tecnologia da informação.

Postagens mais visitadas deste blog

Endereços dos cines pornôs gays no Centro de Fortaleza

 ENDEREÇO DOS CINES DE FORTALEZA (CE) ☆CINE ARENA RUA MAJOR FACUNDO 1181 ☆CINE AUTORAMA RUA MAJOR FACUNDO 1193 ☆CINE MAJESTICK RUA MAJOR FACUNDO 866 ☆CINE SECRET RUA METON DE ALENCAR 607 ☆CINE SEDUÇÃO  RUA FLORIANO PEIXOTO 1307 ☆CINE IRIS  RUA FLORIANO PEIXOTO 1206 CONTINUAÇÃO ☆CINE ENCONTRO RUA BARÃO DO RIO BRANCO 1697 ☆CINE HOUSE RUA MENTON DE ALENCAR 363 ☆CINE LOVE STAR RUA MAJOR FACUNDO 1322 ☆CINE VIP CLUBE RUA 24 DE MAIO 825 ☆CINE ECLIPSE RUA ASSUNÇÃO 387 ☆CINE ERÓTICO RUA ASSUNÇÃO 344 ☆CINE EROS RUA ASSUNÇÃO 340

CONVOCAÇÃO:

  A SOSERVI - Sociedade de Serviços Gerais Ltda, CNPJ 09.863.853/0010-12, Convoca o funcionário JONAS GADELHA FERNANDES , para comparecer à sede da empresa para resolver assunto de seu interesse. Prazo de 72hs. Endereço: Rua: Dr. Jose Lourenço  – 2530 – Joaquim  Távora

Nota de pesar

  A PRT-7 manifesta o mais profundo pesar pela morte dos servidores aposentados José Maciel da Silva e José Siqueira de Amorim. José Maciel da Silva faleceu em 22 de janeiro. Sua última lotação foi no Setor de Arquivo desta Procuradoria Regional do Trabalho. O servidor José Siqueira Amorim faleceu em 28 de fevereiro e encerrou a carreira na Secretaria da Coordenadoria de 2º Grau. Ao tempo em que se solidariza com os familiares e amigos, a PRT-7 reconhece a valorosa contribuição de ambos enquanto atuaram nesta instituição.