Jogos de Educação Financeira avançam para nova etapa e serão distribuídos para todas as escolas de Beberibe, Pindoretama e Cascavel com formação para os educadores

“Após fase de monitoramento e avaliação, onde foram divididos grupos em cada município, o projeto avança para nova etapa com o nivelamento de informações e entrega dos jogos em todas as escolas participantes”

Unindo diversão e aprendizado, alunos do Fundamental I e II, das escolas públicas dos municípios de Beberibe, Pindoretama e Cascavel, estão participando de um projeto piloto que visa despertar importantes habilidades em educação financeira, de maneira leve, divertida e interativa.  Na próxima terça-feira, dia 06, começa um novo ciclo do projeto, que está sendo promovido pelo Bank of America Merrill Lynch, com apoio do Instituto Brasil Solidário. Será realizada a primeira Formação de nivelamento das informações e sequência didática dos jogos “Piquenique” e “Bons Negócios”, para os educadores do município de Cascavel.

O evento, que acontece no ginásio da Escola Abraço Fraterno, segue a mesma programação prevista na primeira etapa de formações, com apresentação da proposta pedagógica dos jogos, a entrega de material de auxílio com sugestões para serem desenvolvidas em sala de aula, esclarecimento sobre o manual de aplicação dos jogos e muita diversão e aprendizado na prática, com rodada de jogos entre os educadores que levarão a proposta para as escolas!

Em Pindoretama, a mesma formação já está agendada para o dia 10 de março, na Escola Francisca Holanda da Costa, com presença confirmada de diretores, coordenadores escolares, gestores municipais e professores da rede de ensino do município. Segundo Mário Lopes, técnico da Secretaria de Educação de Pindoretama, nas reuniões entre os educadores, sempre era mencionado o trabalho desenvolvido através dos jogos e as escolas que ainda não receberam estão ansiosas para participarem da formação e já começarem as atividades em sala.

“Todos os meses nossos educadores de todas as escolas se reúnem para trocar informações didáticas, e nas escolas que já receberam os jogos, os professores de diferentes áreas tem mencionado o trabalho com os alunos, o de matemática por exemplo, fez atividades na comunidade, levando a turma para conversarem com os comerciantes, teve escola que promoveu momentos de interação e participação com os pais dos alunos, então os outros professores estão muito ansiosos para receberem o material”, ressalta Mário.

A divisão dos grupos de monitoramento do projeto, foi um passo importante para entender os potenciais e aprimoramentos que seriam necessários para o resultado dos jogos como uma ferramenta didática de ensino. Na primeira etapa, que teve início em junho de 2016, foram separados 3 grupos controle para avaliação do projeto, um primeiro com educadores que participaram da formação e receberam os jogos, um outro que só recebeu os jogos, sem capacitação do IBS, e, um último grupo com escolas que não receberam os jogos.
Foram oito meses de coleta de dados, conversa e acompanhamento com os professores, para garantir que o material e o uso dos jogos possibilite alcançar todo o seu potencial como proposta pedagógica. Dentro das avaliações entregues pelas escolas participantes, a expectativa é de um balanço muito positivo dos resultados pedagógicos, que serão apresentados ainda nesse primeiro semestre. 

“Já estamos com os resultados de monitoramento realizado em todas as escolas que participaram do projeto piloto, e, já podemos adiantar que tem sido muito gratificante ver o envolvimento dos professores para utilizar o material, a ideia é ainda esse semestre poder realizar um evento não só aqui no Ceará, mas até em São Paulo, para mostrar o avanço de aprendizado e conhecimento dos alunos através da proposta dos jogos”, pontua Luis Salvatore, Presidente do Instituto Brasil Solidário.

Ao final do processo, serão alcançadas mais de 90 escolas dos municípios de Beberibe, Pindoretama e Cascavel. Com distribuição de mais de 2 mil jogos, o projeto chega a cerca de 20 mil alunos, que dentro dessa proposta lúdica, interativa e cheia de possibilidades de aprendizado, possam ter a oportunidade de potencializar habilidades importantes para a vida financeira, como planejar, julgar, decidir, poupar, escolher, sentir segurança na tomada de decisões e identificar as oportunidades de empreendedorismo.


Sobre os Jogos “Piquenique” e “Bons Negócios”
Com formatos direcionados para cada idade e etapa escolar, os Jogos “Piquenique” e “Bons Negócios”, trazem uma proposta dinâmica e didática de apresentar os desafios recorrentes do dia a dia, desde a estratégia de compra e venda até a tomada de decisões na aplicação dos recursos disponíveis, que podem se multiplicar ou se esgotar de acordo com a ação do jogador. A intenção é unir o entretenimento à uma ferramenta que serve de complemento nas disciplinas já vistas em sala de aula, estimulando o interesse dos alunos em aplicar as práticas adquiridas nos jogos em seu planejamento financeiro pessoal, seja em sua rotina pessoal diária, em família ou visando uma possibilidade futura de empreender.

Os jogos se complementam, na medida em que “Piquenique” visa familiarizar os alunos com o conceito e a prática de poupar, e o “Bons Negócios” o conceito e a prática de investir, ou seja, multiplicar o que foi poupado. Entendemos serem estes conceitos fundamentais capazes de por si mesmos aumentar a qualidade do comportamento financeiro e instigar os alunos a buscarem conhecimento mais aprofundado sobre planejamento financeiro em momento propício a cada um deles. 

Para os alunos entre 6 a 10 anos de idade, o jogo de tabuleiro “Piquenique”, traz um formato leve e divertido, através do qual os pequeninos poderão imaginar um passeio ao ar livre com um grupo de crianças. Ao longo do percurso vão surgindo desafios que exigem tomadas de decisões e cumprimento de responsabilidades do dia a dia, como pagamento de contas. O objetivo é transmitir o conceito de poupar de maneira natural e próxima a realidade desses alunos.

Já para os estudantes entre 10 e 14 anos, o jogo de cartas “Bons Negócios”, visa primordialmente aproximá-los a experiência prática de investir e abrange ótimas oportunidades de instigar a negociação e uma visão ampla da rotina de um empreendedor já atuante.

SERVIÇO
FORMAÇÃO DOS JOGOS DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA
  • CASCAVEL
Data: 06/03, às 08h
Local: Ginásio da Escola Abraço Fraterno, anexo da Escola Benigna Pacheco.

  • PINDORETAMA
Data: 10/03, às 08h
Local: Escola Francisca Holanda Costa.

  • BEBERIBE
Data ainda em definição.

Nenhum comentário:

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.

Tecnologia do Blogger.