Pular para o conteúdo principal

INFANTIL - Espetáculo "Deu a louca no País das Maravilhas" faz apresentações neste sábado em Fortaleza




Inspirado na obra infantil de Charles Lutwidge (pseudônimo Lewis Carroll) Alice in Wonderland - um dos livros mais conhecidas do Reino Unido, a Escola Talentos Fortaleza apresenta mais um espetáculo para toda a família: "Deu a louca no País das Maravilhas". O espetáculo será exibido em duas apresentações neste sábado, 22, no teatro do Colégio 7 de Setembro (sede Aldeota), na Rua Henriqueta Galeno, 1011, bairro Dionísio Torres. A primeira apresentação tem início às 18h e a segunda a partir das 19h30min e narra as peripécias de Alice, garota que adora brincar de sonhar e tem passe livre no mundo da imaginação. 

O desenrolar da história foge do que o público em geral já conhece e é  contada de uma maneira mais leve, adocicada com uma pitada de comédia. Tudo vai bem até que Alice avista um coelho correndo com um relógio. A menina segue o animal e acaba caindo em uma toca, que a transporta para o mundo das Maravilhas e Encantos, um lugar repleto de mistérios e surpresas, ficando assim perdida na floresta. 

Na busca do caminho de volta para casa, a 'garota perdida' acaba conhecendo personagens mágicos, como princesas, flores falantes, um gato misterioso e também a Chapeleira Maluca. Além de esbarrar com a impaciente Rainha de Copas, que costura a narrativa infantil ao dar conta do sumiço de sua coroa e propor um júri para julgar os suspeitas. Quem sumiu com a coroa da majestade? 

Montagem do espetáculo

A adaptação "Deu a louca no País das Maravilhas" tem como direção Júlio Guedes, formado em Artes Cênicas pela Universidade Federal do Ceará, com trabalhos como ator e diretor em vários produções no teatro, cinema e TV; e co-direção de João Melo, ator, educador físico e bailarino, com experiência no teatro há mais de dez anos. Neste espetáculo, 31 atores e atrizes se revezam no palco para levar alegria e diversão ao público do teatro. 

O espetáculo infantil é uma montagem da Talentos Escola de Artes, espaço de formação nas áreas de canto, cinema, dança, teatro, teclado e violão, com sede em Fortaleza, localizada na Rua Padre Valdevino, 2012, bairro Aldeota. Com uma história de 1 ano na cena cultural da Cidade, a Talentos Escola de Artes forma artistas que brilham nos mais importantes eixos artísticos do país. 

Serviço - Deu a louca no País das Maravilhas

Quando: Sábado, 22 de setembro, em duas sessões, às 18h e às 19h30min

Onde: Teatro do Colégio 7 de setembro - Sede Aldeota (Rua Henriqueta Galeno, 1011, bairro Dionísio Torres)

Ingressos: R$ 20 - valor único

Ponto de vendas: Talentos Escola de Artes (Rua Padre Valdevino, 2012, Aldeota) / Vendas de ingressos na hora do espetáculo - Colégio 7 de setembro - Sede Aldeota  - (Rua Henriqueta Galeno, 1011, bairro Dionísio Torres)

Classificativa indicativa livre

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça

A 8ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza deferiu a favor da PH Empreendimentos, empresa do Sr. Paulo Henrique Martins, o pedido que proíbe a transferência e a alienação dos terrenos que formam o imóvel localizado na Avenida Dom Luís (entre as ruas Coronel Jucá e Professor Dias da Rocha) onde antes funcionava o Shopping Dom Luís. 
​Através de contrato com a Construtora Manhattan, o imóvel foi transferido e o pagamento, que deveria começar em 2014, não ocorreu. A Construtora também descumpriu diversas obrigações neste período. Embora a situação tenha rendido dissabores ao Sr. Paulo desde então, tentou-se buscar o bom senso da Construtora ao longo destes anos, sem sucesso. Em janeiro deste ano, foi iniciado o processo judicial cujo número é 0102164-08.2017.8.06.0001. 
Com a decisão da juíza Dra. Ana Kayrena da Silva Freitas, por meio do ofício 147/2017, o imóvel fica intransferível e inalienável como garantia de Justiça até que o processo seja julgado, haja vista que a Construtora, coligada…