quinta-feira, 6 de dezembro de 2018

Cobertura especial - Oi leva “Oi Fibra” para a CCXP 2018, em São Paulo
















                        Fotos: divulgação/
                         Marcellus Rocha

·         Patrocinadora pelo segundo ano, Oi leva ao seu estande influenciadores do projeto Final Level, que jogarão com o público

·         Companhia terá sua comunicação de marca com foco no Oi Fibra, seu serviço de internet de altíssima velocidade

·         Companhia é fornecedora de soluções de Telecom e TI em áreas estratégicas do evento

  Pelo segundo ano consecutivo, a Oi patrocina a Comic Con Experience 2018 em São Paulo levando ao público o Oi Fibra, seu serviço de internet de altíssima velocidade. Dos dias 6 a 9 de dezembro, o evento vai unir os amantes da cultura geek em torno da temática de séries, filmes e games. Personagens, super-heróis e artistas nacionais e internacionais, como Sandra Bullock, Michael B. Jordan e Maisie Williams já confirmaram presença. A Oi terá estande com 2 andares no evento e vai oferecer Oi WiFi em algumas áreas da CCXP, além de uma infraestrutura de 8 Km de fibra nos pavilhões e antenas para reforço da cobertura móvel 3G e 4G. A companhia quer prover a melhor experiência em conexão ao público visitante do evento.

O estande da Oi será aberto ao público que poderá recarregar seus celulares e aproveitar as ofertas de Black Friday numa loja criada especialmente para a ocasião. Num espaço dedicado aos jogos eletrônicos, o público vai poder jogar Fortnite com os influenciadores do canal Final Level, Bruno Playhard, Sheviii2k, Robin Hood Gamer e Caio Pericinoto. Os quatro youtubers ainda prometem falar com os fãs sobre cultura gamer numa de área de convivência no estande da Oi, ao longo dos 4 dias de evento. A jornalista e produtora audiovisual Manu Queiroz, curadora de conteúdo do estande, vai mediar bate-papos entre formadores de opinião e especialistas em games, além de tirar dúvidas dos aficionados sobre séries e filmes.

Na loja da Oi montada no estande, os clientes que contratarem o plano de telefonia móvel pós-pago Oi Mais até domingo terão 50GB de internet para usar como quiser, minutos de voz ilimitados (usando prefixo 14 ou 31) e poderão ter, sem descontar da franquia de internet, acesso aos aplicativos de redes sociais Facebook e Instagram, de mensagens Messenger e WhatsApp e de streaming de vídeo YouTube e Netflix, desde que já tenham uma assinatura prévia do serviço. O cliente ainda pode contratar o plano Oi Mais por R$ 99,90 mensais, durante doze meses e ainda pode escolher até 4 dependentes para compartilhar minutos e internet por apenas R$ 29,90 por mês cada.

Já os clientes que contratarem o serviço de internet por fibra óptica (FTTH), Oi Fibra, a partir de 100 Mega receberão 3 meses de assinatura do Netflix. Essas ofertas podem ser contratadas a partir de R$ 124,90 mensais. As ofertas estão disponíveis para contratação atualmente em 26 cidades espalhadas pelo país, com exceção do estado de São Paulo, mediante viabilidade técnica da instalação da fibra óptica. Mais informações sobre os produtos e ofertas da Oi www.oi.com.br/blackfriday www.oi.com.br/fibra.


Infraestrutura Telecom e TI

Com expertise em fornecer soluções de Telecom e TI em grandes eventos, a Oi também disponibilizará Oi Wifi em toda área do Omelete Stage (estúdio e zona de autógrafos), na Game Arena (área de competições para 1000 pessoas sentadas) e na Creators (ponto de encontro de influenciadores), além de fornecer rede para a Sala de Imprensa, que contará  com links de dados de altíssima capacidade (10Gbps).
A Oi irá monitorar ininterruptamente a rede e os serviços que vão atender a CCXP. A companhia terá uma sala de controle no segundo andar de seu estande, aberta para visitas de clientes B2B, e vai apresentar  no local um portfólio completo de Soluções de Segurança e de Gestão Integrada de Serviços. Além disso, vai demonstrar, em parceria com a Huawei, solução de Smart Cities voltada para vigilância. Trata-se de uma plataforma de vídeo-monitoramento inteligente, com o objetivo melhorar a segurança de locais públicos e privados. O sistema oferece flexibilidade e dinamismo, através de uma plataforma de armazenamento e análise de imagens, com recursos como detecção de acesso indevido à área restrita e comportamentos suspeitos, reconhecimento facial automático e leitura de placas (para identificação de carros roubados ou irregulares, por exemplo). A solução já está em uso em várias cidades da Europa, Ásia e América Latina.

O CGS (Centro de Gerenciamento de Serviços) irá monitorar essa infraestrutura de Telecom, TI e Segurança da informação, integrado a dispositivos de Internet das Coisas (IoT), para controle de abertura de portas, energia e temperatura de equipamentos em pontos estratégicos dos Pavilhões.

*Blog viajou à convite da OI para Come Com.

0 comentários:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.