sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019

Política - João Amoêdo e Geraldo Luciano apresentam novas formas de desenvolver o Brasil em evento do Partido NOVO



Um auditório lotado, com um público de mais de 1.000 pessoas, prestigiou na noite desta quinta-feira (21), no Hotel Praia Centro, em Fortaleza (CE), o evento “Fazer Crescer – Você se desenvolve. Surge o NOVO Brasil”, que recebeu o presidente nacional do Partido NOVO, João Amoêdo, e apresentou o presidente da legenda no Ceará, o executivo Geraldo Luciano, bem como os demais membros da executiva estadual. Segundo Amoêdo, o evento faz parte do plano de estruturação do partido no Ceará. “Fortaleza é uma cidade estratégica para nós por ser o quinto maior orçamento do país e estar localizada no Nordeste, região onde temos que atuar mais fortemente”, disse Amoêdo.  

No encontro, foram discutidas novas formas de desenvolver o País, apresentados os cenários futuros e os próximos passos do Partido NOVO no Ceará. “Ao longo desse ano estaremos estruturando melhor o NOVO no Ceará para que o partido possa concorrer de forma competitiva nas próximas eleições”, conta Geraldo Luciano. 

Iniciado pontualmente no horário marcado, o público foi recebido pela apresentação das crianças do projeto social Tapera das Artes, do município de Aquiraz (CE). Em seguida, o presidente estadual do NOVO, Geraldo Luciano, e o seu vice, o economista Célio Fernando, deram as boas-vindas ao público. “Estamos muito felizes em ver esse auditório lotado com muita gente jovem que, assim como a gente, acredita que dá para fazer um Brasil diferente de um jeito novo”, afirmou Célio.

João Amoêdo iniciou sua fala na sequência destacando os bons resultados conquistados nas últimas eleições, mesmo como pouco tempo de propaganda eleitoral nas grandes mídias e sem a utilização de recursos públicos. Ao longo na palestra, ele fez algumas análises sobre os erros e acertos nesse início do governo Bolsonaro e reforçou que o NOVO vai apoiar os projetos que estiverem alinhados com suas ideias e rejeitar aqueles que o partido julgar não serem o melhor para o país. Amoêdo defendeu ainda os principais pilares que nortearam sua campanha em 2018. “É preciso que o Brasil tenha uma gestão pública eficiente, priorize o empreendedorismo e foque mais em investimentos públicos. Acreditamos ainda que o tamanho do Estado favorece a corrupção, por isso é preciso privatizar algumas estatais”, reforçou.

Ao final da palestra, João, Geraldo e Célio abriram para um bate-papo respondendo perguntas da plateia, enviadas por WhatsApp que abordaram questões sobre os direcionamentos nacionais do partido, bem como os planos do NOVO para o Ceará. Geraldo contou que o partido vai expandir sua atuação no interior do estado com a criação de dez núcleos nos principais municípios visando as eleições municipais, bem como fazer nomes para a Câmara Municipal de Fortaleza. “Só dá para disputar um campeonato de forma competitiva se antes montarmos uma estrutura e é isso que queremos fazer no Ceará esse ano”, finalizou.

Durante o evento, o NOVO mostrou, na prática, como é possível fazer um Brasil diferente, com menos burocracia, e mostrou que a melhoria do país passa por cada pessoa como agente de mudança. A entrada dos participantes foi feita com tranquilidade, sem filas, uma vez que ao chegar a pessoa já podia entrar direto no evento, sem precisar provar que estava inscrita; as perguntas foram enviadas via WhatsApp, sem a necessidade de uso de papel; e o partido não disponibilizou ônibus ou vans para os participantes, quem foi, o fez por seus próprios meios e motivações. Além disso, a iniciativa do NOVO em promover um evento político logo após as eleições é mostrar que a política deve ser feita de forma contínua e não só no período eleitoral.

0 comentários:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.