#audioinclui

sexta-feira, 15 de março de 2019

Bem-Estar e Meio Ambiente: AYO Fitness Club é referência em espaço de esportes e contato com a natureza


Tendo em vista que essa é uma tendência no nosso país academias se comportarem dessa forma


Com a rotina corrida que todos levam nas grandes metrópoles, é cada vez mais desafiador encontrar tempo para cuidar do corpo e, ao mesmo tempo, cuidar da mente. Em meio a tantos clubes de treinamento voltados somente para o desempenho dos alunos, surge uma nova alternativa: as academias que conseguem despertar nas pessoas não só a vontade de cuidar de si, mas também se aproximar do meio ambiente. Nessa percepção, em Fortaleza, a AYO Fitness Club se apresenta como referência.

Entre os destaques da AYO Fitness, está um melhor aproveitamento da luz solar, gerando uma experiência sustentável e de contato com o meio ambiente. “Nos preocupamos com o bem-estar dos alunos e que eles se sintam em harmonia, criando assim novos estímulos. Há pouco tempo, ampliamos nosso salão de musculação que, durante o dia, é iluminado por luz 100% natural”, explica a diretora do club, Sasha Revees

Ainda nesse sentido, uma academia que se preocupa com o contato com a natureza deve propor atividades e espaços que conectam o aluno com o ambiente natural e com si mesmo. “Esse contato com o natural é um diferencial por seu sentido de imersão, de desconexão com o ritmo alucinante do cotidiano. Precisamos valorizar o sensorial, o ambiente, porque isso também nos faz valorizar nosso tempo”, complementa Sasha.

Tendência no Brasil

Clubes de treinamentos que investem na ideia de valorizar a natureza é uma das tendências no Brasil. Muitos deles podem ser chamados de academias ecológicas, que apresentam conforto, claridade e contato com a natureza, onde o corpo e mente ficam exercitados e relaxados de verdade. Além disso, isso pode se apresentar como uma forma de aproximar o aluno e desmistificar a ideia de que a musculação é um processo doloroso. “Os clubes fitness precisam ser espaços onde as pessoas se sintam bem e queiram voltar. Por isso, precisamos investir em artefatos que proporcionem isso para os alunos. Recentemente, nós instalamos luzes neons no ambiente, que geram experiências sensoriais no cérebro que permitem queo aluno se sinta bem no ambiente e se sinta estimulado a manter uma frequência regular na prática das atividades”, finaliza Sasha.

0 comentários:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.