#audioinclui

quinta-feira, 14 de março de 2019

Política - Dep. Elmano denuncia ameaça de fechamento de unidades do SINE/IDT no Ceará


- Cortes de verbas também provocam demissões de funcionários do órgão e dificultam acesso ao segundo desemprego

          O deputado Elmano de Freitas denunciou nesta quinta-feira (14.03), na tribuna da Assembleia Legislativa, a ameaça de fechamento de unidades do Sine/IDT em diversos municípios cearenses. De acordo com o parlamentar, a possibilidade é real e se deve ao corte de recursos financeiros destinados ao órgão pelos governos federal e estadual. “O governo federal já anunciou que não repassará mais verbas destinados ao custeio do Sine/IDT, cerca de 4 milhões de reais. A nível estadual, a intenção é reduzir em 10% os repasses ao órgão “, revelou o deputado.
          O corte de verbas para o Sine/IDT, segundo Elmano de Freitas, implicará na demissão de dezenas de funcionários do órgão e penalizará os trabalhadores cearenses. Para o presidente da Organização por Local de Trabalho (OLT) do IDT, Ízaias Nogueira Lima, o pronunciamento do dep. Elmano proporciona a abertura do debate em torno do assunto na Assembleia, além de fortalecer a luta em defesa da classe trabalhadora, duramente atacada pelo atual governo.

“É inadmissível que o trabalhador já em situação de desemprego, tenha que se deslocar de sua cidade para tratar do seguro desemprego ou até mesmo de sua recolocação em municípios distantes. Peço sensibilidade ao governo estadual para reavaliar sua intenção e amenizar os prejuízos para o Sine/IDT e classe trabalhadora“, finalizou o deputado. Atualmente, as 32 unidades do Sine/IDT estão presentes nas 14 regiões administrativas do Ceará. Com o corte de verbas, o órgão deverá funcionar com apenas 18 unidades.


0 comentários:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.