Pular para o conteúdo principal

Cena Cineclube exibe adaptação de Vidas Secas (1963) dirigida por Nelson Pereira dos Santos




Após exibição, a adaptação da obra de Graciliano Ramos será debatida pela professora Suene Honorato

Desde março, o Cena Cineclube, do Porto Iracema das Artes, vem realizando semanalmente o ciclo "Cine-Adaptações", com obras da literatura nacional adaptadas por diretores brasileiros. Na próxima terça-feira, dia 30, será a vez da exibição do filme "Vidas Secas" (1963), com direção de Nelson Pereira dos Santos. Adaptação da obra de Graciliano Ramos, o filme será debatido pela professora Suene Honorato. A sessão inicia às 19h, no estúdio de Audiovisual da Escola. 

O ciclo continua no mês de maio com mais duas sessões. A primeira, no dia 07, exibirá o filme O Pagador de Promessas (1962), de Anselmo Duarte, adaptado da obra homônima de Dias Gomes. O debate fica a cargo do professor Carlos Velázquez. A segunda sessão encerra o ciclo no dia 14 de maio, com debate facilitado por Lis Paim sobre o filme A Hora da Estrela (1985), de Suzana Amaral, adaptado da obra de Clarice Lispector.

Sinopse
VIDAS SECAS, DIR. NELSON PEREIRA DOS SANTOS, 100 MIN, BRASIL, 1963

Sinopse: Na primeira imagem de Vidas Secas, a cachorra Baleia, Sinhá Vitória, Fabiano e os dois meninos, os infelizes que tinham o dia inteiro, surgem como pontos pequeninos e imprecisos no fundo de uma imagem quase toda branca. O filme segue fiel na letra e no espírito o livro de Graciliano sobre a família entre a mudança e a fuga da seca, do fazendeiro, das contas, do soldado amarelo, da cadeia, do inferno, e movida pela esperança de uma cama de couro como a de seu Tomás da bolandeira. Com Átila Iório, Maria Ribeiro, Gilvan Lima, Genivaldo Lima e Baleia. Adaptado da obra homônima do escritor Graciliano Ramos.

Sobre a debatedora
Suene Honorato é Doutora em Teoria e História Literária pela Universidade Estadual de Campinas. Professora de Literatura Brasileira na Universidade Federal do Ceará, onde coordena o projeto de extensão “Cine Descoberta”, que exibe e debate filmes sobre a questão indígena na América Latina.

Sobre o Cena Cineclube
Espaço de exibição pública e gratuita de filmes promovido às terças-feiras pelo Centro de Narrativas Audiovisuais da Escola Porto Iracema das Artes – o CENA 15, na Praia de Iracema. Tem como proposta estimular a formação de público e de repertório através do encontro da cena de fazedores e pensadores do cinema, convidados a programar as sessões, com o público da cidade interessado em debater os diversos cinemas do mundo.

Serviço
O quê: CENA Cineclube exibe Vidas Secas (1963), de Nelson Pereira dos Santos
Quando: Terça-feira, 30 de abril, às 19h
Onde: Estúdio de Audiovisual do Porto (Rua Dragão do Mar, 160)
GRATUITO

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça

A 8ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza deferiu a favor da PH Empreendimentos, empresa do Sr. Paulo Henrique Martins, o pedido que proíbe a transferência e a alienação dos terrenos que formam o imóvel localizado na Avenida Dom Luís (entre as ruas Coronel Jucá e Professor Dias da Rocha) onde antes funcionava o Shopping Dom Luís. 
​Através de contrato com a Construtora Manhattan, o imóvel foi transferido e o pagamento, que deveria começar em 2014, não ocorreu. A Construtora também descumpriu diversas obrigações neste período. Embora a situação tenha rendido dissabores ao Sr. Paulo desde então, tentou-se buscar o bom senso da Construtora ao longo destes anos, sem sucesso. Em janeiro deste ano, foi iniciado o processo judicial cujo número é 0102164-08.2017.8.06.0001. 
Com a decisão da juíza Dra. Ana Kayrena da Silva Freitas, por meio do ofício 147/2017, o imóvel fica intransferível e inalienável como garantia de Justiça até que o processo seja julgado, haja vista que a Construtora, coligada…