#audioinclui

segunda-feira, 24 de junho de 2019

Especialistas internacionais participam de visitas técnicas para conhecer iniciativas de mobilidade de Fortaleza



Durante os dois primeiros dias da cúpula mundial sobre Mobilidade Sustentável em Fortaleza, o “Mobilize Summit”, técnicos e pesquisadores de diversos países irão realizar visitas técnicas para conhecer as intervenções que têm colocado a capital cearense no mapa global dos transportes sustentáveis nos últimos anos. Entre os dias 24 e 26 deste mês, a cidade recebe um grupo de vanguarda de especialistas em mobilidade sustentável de diversas origens e continentes. Eles vão usar os recentes avanços de Fortaleza como laboratório de análise de melhores práticas para promoção de soluções sustentáveis para o deslocamento urbano, prevenção de mortes e ferimentos no trânsito, redução de emissões de CO2 na atmosfera e melhor aproveitamento do espaço público nas cidades.
Na segunda-feira (24/06) e terça-feira (25/06), no turno da tarde, entre 14h e 16h30, visitas guiadas irão conduzir os especialistas em três roteiros: intervenções cicloviárias, melhorias para pedestres e soluções no transporte público. Também na segunda-feira (24/06), pela manhã, os participantes do Mobilize realizam uma intervenção temporária na rua João Cordeiro, no trecho entre a Av. Historiador Raimundo Girão e a Av. Beira Mar.

Roteiro cicloviário
Neste roteiro, os participantes conhecerão Fortaleza de bicicleta e poderão ver onde e como a cidade implementou uma série de projetos inovadores de ciclismo e intervenções nas ruas. O percurso tem início em frente ao 15° Distrito Policial, na Cidade 2000, e também inclui ruas e avenidas de bairros como Cocó, Aldeota e Meireles, finalizando na Praia de Iracema, na área de intervenção do Cidade da Gente do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura.
Avanços em Fortaleza: a rede cicloviária de Fortaleza cresceu de 68km em 2013 para 260km até maio deste ano, uma expansão de 276% em menos de seis anos. Uma pesquisa realizada pelo ITDP calculou que 40% da população de Fortaleza mora, no máximo, a uma distância de 300 metros da rede cicloviária. A cidade também conta com quatro sistemas de bicicletas compartilhadas: Bicicletar, Bicicleta Integrada, Mini Bicicletar e Bicicletar Corporativo para a população em geral, para integração com o transporte público, para crianças e para os funcionários municipais, respectivamente. O primeiro sistema implantado, o Bicicletar, já registrou mais de 2,5 milhões de viagens. Já as três rotas da Ciclofaixa de Lazer, aos domingos, também buscam aproximar usuários da alternativa de deslocamento.

Roteiro a pé
Na rota a pé, os visitantes terão a oportunidade de caminhar por trechos de ruas e avenidas do Centro da capital e também da Praia de Iracema. O percurso inclui importantes corredores que receberam requalificação nos últimos anos, como a Av. Monsenhor Tabosa, Rua Almirante Jaceguai e Av. Alberto Nepomuceno.
Avanços em Fortaleza: nos últimos anos, algumas intervenções têm buscado melhorar a experiência de quem anda a pé na cidade, como as áreas de trânsito calmo (Rodolfo Teófilo e Vila União) e programas como o “Cidade da Gente” que reconquistaram mais de 6 mil m² de áreas degradadas para o convívio urbano. Ações em interseções viárias, como o programa Esquina Segura, com melhoria de visibilidade em 224 cruzamentos, que já resultaram em 61% de redução de acidentes, também são destaque, além da incorporação de novos elementos para o conforto de quem anda a pé, como travessias elevadas, ilhas de refúgio, semáforos para pedestres, prolongamento de calçadas e travessias em "x". A organização também menciona o tratamento viário com readequação de velocidade em vias com alto índice de atropelamentos, como na Av. Presidente Castelo Branco (Leste-Oeste) e Osório de Paiva.

Roteiro no transporte público
Durante o trajeto de transporte público por Fortaleza, os pesquisadores e técnicos vão conhecer o recém inaugurado corredor expresso de ônibus da Av. Aguanambi, além das faixas exclusivas das Avenidas Santos Dumont e Dom Luís, assim como a área de trânsito calmo do bairro Vila União e a sede da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza.
Avanços em Fortaleza: desde 2013, a Prefeitura de Fortaleza vem investindo no transporte público da capital, que registra uma média de 1,1 milhão de passageiros por dia. As faixas exclusivas para os coletivos saltaram de 3,3km em 2013 para 107,4km neste ano, um crescimento de 32 vezes em relação à extensão original. A implantação do Bilhete Único favoreceu a inclusão social com a criação de uma tarifa única integrada e melhorias como reformas nos terminais de ônibus, disponibilização de WiFi em 100% da frota e ar-condicionado em 35% dos veículos, além do aplicativo “Meu Ônibus” com funções de previsão de chegada e denúncia de assédio sexual têm buscado estimular o uso do sistema.

Intervenção temporária revitaliza trecho da Rua João Cordeiro
Além das visitas técnicas, os participantes do Mobilize, em parceria com a Prefeitura de Fortaleza, também realizam uma intervenção temporária na rua João Cordeiro, no trecho entre a Av. Historiador Raimundo Girão e a Av. Beira Mar.
Com cores vibrantes pintadas no asfalto, novo mobiliário urbano, como bancos, mesas e plantas, além de iluminação reforçada, o espaço começa a mudar de cara ainda na manhã do dia 24 (segunda-feira) e tem conclusão prevista para o último dia do Mobilize, dia 26 (quarta-feira), ainda pela manhã. A intervenção será similar ao realizado pelo projeto Cidade da Gente na área central do bairro Cidade 2000 e no entorno do Centro Cultural Dragão do Mar de Arte e Cultura.
A exemplo de intervenções similares realizadas também em cidades como Bogotá, na Colômbia, Mumbai, na Índia, e em São Paulo, a ideia é mostrar que é possível priorizar as pessoas e garantir mais segurança viária a pedestres, pessoas com mobilidade reduzida e ciclistas. Os pedestres são o segundo grupo que mais é vítima de acidentes de trânsito em Fortaleza, registrando 39,8% do total de mortes no trânsito em 2018.


Sobre o Mobilize Summit
O Mobilize já foi realizado nas cidades de Dar es Salaam, na Tanzânia; Santiago, no Chile; e Yichang, na China, e é organizado pelo Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento (ITDP, da sigla em inglês), em parceria com a Fundação de Pesquisa e Educação da Volvo (Volvo Research and Education Foundation). A realização do Mobilize em Fortaleza fez parte da premiação que a cidade recebeu no início do ano, o “Sustainable Transport Award” (STA, na sigla em inglês) conferido à cidade de Fortaleza por projetos inovadores para promoção da sustentabilidade no deslocamento urbano, por melhorar a mobilidade em geral da população, redução na emissão de gases do efeito estufa e melhoria da segurança e infraestrutura para ciclistas e pedestres.
“Cidades em todo o mundo estão buscando soluções pra o crescimento e o congestionamento, e Fortaleza demonstra o valor de priorizar o transporte público e o espaço para as pessoas”, diz Heather Thompson, CEO da ITDP, “Estamos particularmente empolgados com a replicabilidade do que foi conquistado em Fortaleza em um tempo relativamente curto e com um investimento comparativamente menor. Isto é exatamente o tipo de abordagem orientada por resultados que queremos incentivar, e estamos entusiasmados em reunir especialistas de todo o mundo para ver isso em primeira mão.”
Para outras informações sobre o MOBILIZE, incluindo agenda, atividades e palestrantes, visite: mobilizesummit.org.

Sobre o Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento
O Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento (ITDP, da sigla em inglês) foi fundado em 1985 e tem sede em Nova Iorque, nos EUA. É uma entidade sem fins lucrativos que promove o transporte sustentável e equitativo no mundo, concentrando esforços para reduzir as emissões de carbono, acidentes de trânsito e a desigualdade social. A instituição oferece apoio a cidades em todo o mundo para projetar e implementar sistemas de transporte de alta qualidade e soluções de políticas que tornem as cidades mais habitáveis, justas e sustentáveis.

0 comentários:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.