#audioinclui

sexta-feira, 21 de junho de 2019

Semana do Migrante tem encerramento com Dia de Ação Social, neste domingo (23)



A Semana do Migrante, que contou com programação em Fortaleza e no Crato, teve início no sábado (15), com o Arraiá do Migrante, no Centro Magis Inaciano da Juventude, onde foram realizadas apresentações artísticas, venda de comidas típicas e arrecadação de alimentos não perecíveis. No domingo (16), a Paróquia do Cristo Rei celebrou missa ecumênica. Terça (18) e quarta (19) foram os dias do Seminário de Migração e Refúgio, realizado no Crato (CE). Com o intuito de acolher e orientar migrantes de diferentes países, a exemplo da Venezuela, de Angola e de Guiné Bissau, o evento tem encerramento com Dia de Ação Social, neste domingo (23).

O Dia de Ação Social contará com atendimento jurídico voltado para retirada de documentos, orientações sobre migração e direitos trabalhistas. No espaço médico, profissionais realizarão consultas, aferição de pressão arterial, medição de glicose e atendimentos voltados para a saúde bucal. Os migrantes serão atendidos também com corte de cabelo e manicure, no espaço estético, e contarão com massoterapia e reiki, no espaço holístico. Outro espaço é o de empreendedorismo, onde serão dadas dicas de entrevistas e uma oficina de oratória. Um espaço cultural também será montado com informações sobre Fortaleza, os principais pontos da cidade e telefones importantes.  Além disso, um espaço lúdico será voltado para crianças.

Ajudar para acolher
Como destacam os responsáveis pelo evento, o acolhimento e as atividades humanitárias evidenciam duas questões: a valorização das semelhanças entre povos acima das diferenças e o compartilhamento da riqueza cultural entre as nações. Vindas de outros países, alguns em conflito, em busca de uma vida melhor, as famílias de migrantes encontram-se em situação de vulnerabilidade social e, por isso, buscam refúgio no Brasil. Conforme dados da Pastoral do Migrante, o grupo já soma mais de mil pessoas, somente no Ceará.
Pastoral do Migrante
Com mais de duas décadas atuando frente aos serviços de assistência, a Pastoral do Migrante organizou uma agenda com trabalhos continuados de atendimentos por livre demanda, sendo registrados pedidos de auxílio de amparo, moradia e alimentação. Também existem denúncias de exploração no mercado de trabalho.

As doações de alimentos não perecíveis tiveram início em maio e seguem até o domingo (23), durante os horários das missas, na Paróquia do Cristo Rei. Depois dessa data, podem ser realizadas no Centro Pastoral Maria Mãe da Igreja.

SERVIÇO:
Ação Social e Missa de Encerramento
Data: 23 de junho de 2019
Horário: a partir das 14h
Local: Paróquia Nossa Senhora das Dores (Praça Farias Brito, 1. Farias Brito)


Doações
(a partir do dia 24 de junho)
Horário de funcionamento: 8h às 17h
Local: Centro Pastoral Maria Mãe da Igreja (Av. Dom Manuel, 339. Centro)
Fone: (85) 3388 8726

Realização:
Pastoral do Migrante, Centro Magis Inaciano da Juventude, Paróquia Nossa Senhora das Dores, Paróquia do Cristo Rei, Magis Brasil, Irmãs Scalabrinianas, Província Franciscana de S. Antônio do Brasil e Jesuítas Brasil.

0 comentários:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.