#audioinclui

segunda-feira, 26 de agosto de 2019

SBOT-CE realiza campanha em prol da segurança dos ciclistas


A Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia do Ceará (SBOT-CE) está promovendo neste mês de agosto a campanha "Bicicleta segura", que visa prevenir acidentes e informar a população sobre como usar a bicicleta com segurança.

Atualmente, a bicicleta tem sido uma alternativa aos veículos de transporte nas grandes cidades, além de ser amplamente utilizada em cidades praianas e no interior. Esse aumento de ciclistas levou também ao crescimento no número de internações de brasileiros que se envolveram em acidentes com bicicleta: só em 2016, 11.741 brasileiros foram internados, o que gerou um custo de mais de R$ 14 milhões ao Sistema Único de Saúde.

A SBOT incentiva o ciclismo, que tem inúmeras vantagens, mas alerta que a prática deve ser feita com segurança, seguindo algumas recomendações como: uso de capacete, sinalização na roupa e na bicicleta. Confira abaixo todas as recomendações:

  • Acessórios exigidos por lei: buzina, espelho e adesivos refletores na frente, atrás, nas laterais e nos pedais da bicicleta
  • Acessórios altamente recomendados, mas não obrigatórios: cotoveleira, joelheira e capacete
  • Pedalar na calçada: só é permitido se houver sinalização autorizando o tráfego, caso contrário é preciso descer da bike e empurrá-la pela calçada
  • Circulação na rua: o ciclista deve transitar perto das bordas da pista, sempre na mão dos carros, e nunca guiar de modo agressivo, por exemplo, no corredor dos carros ou costurando entre eles
  • Respeitar o semáforo: o ciclista não deve passar no sinal vermelho 
  • Respeitar a sinalização: você também faz parte do trânsito
  • Sinalizar através dos gestos manuais a sua intenção antes de executar as manobras
  • Pedalar alcoolizado: pode resultar em multa e até prisão 

Essas e outras dicas podem ser acompanhadas através do Instagram da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia do Ceará: @sbotceara.

0 comentários:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.