#audioinclui

terça-feira, 24 de setembro de 2019

AGENDA CULTURAL - ESPETÁCULO ‘NORDESTES’ RESGATA A HISTÓRIA E CRESCIMENTO DA REGIÃO EM FORMA DE CANÇÃO



Em homenagem à linda história do povo nordestino, o projeto Conexões Sonoras – parceria do  Canto da Apá com o Theatro José de Alencar - apresenta um espetáculo resistente, contemporâneo, rico e cheio de expressões culturais que compõe a sua diversidade.

“Ser nordestino é mostrar esse orgulho através de canções que melhor representam essa nossa identidade cultural", explica o produtor Michel Viana. Com essa inspiração, a estrutura desta edição é dividia em dois atos: o primeiro, construído por vozes de crianças, representará o futuro que nos dá a certeza do quão longevo e promissor ele será e o segundo, composto por vozes adultas, dará a real dimensão do nosso lugar de fala no atual momento, mostrando quem somos e o que fazemos em toda a sua pluralidade.

O repertório mostra a intensidade da força que é inerente à alma dos que compõem todos os Nordestes. Canções que falam da seca, da luta nordestina, de resistência, do forró e fortemente de suas culturas e tradições estarão no setlist do show. Teremos interpretações das músicas “Assum Preto” de Luiz Gonzaga, “Tenho Sede” de Dominguinhos, “Sabiá” de Luiz Gonzaga, dentre outras.

A apresentação conta com a direção musical de Aparecida Silvino, acompanhada dos músicos Hoto JUNIOR, Samuel Rocha e Nonato Lima, direção do espetáculo de Marcos Sampaio, produção de Michel Viana, cenário de Ana Elisa Sidrim e com as crianças e cantores do Canto da Apá para um lindo encontro no Palco Principal do Theatro José, no próximo dia 6 de outubro, às 15h,  o primeiro ato e às 17h o segundo ato. Os ingressos estão à venda na bilheteria do Theatro José de Alencar e tem o custo de R$ 30,00(inteira) e R$15,00(meia).

Sobre o Canto da Apá
Com sede inaugurada oficialmente em 12 de dezembro de 2016, em Fortaleza, o Centro Cultural Canto da Apá foi imaginado pela cantora, compositora, regente e preparadora vocal, Aparecida Silvino e sua equipe. Hoje o espaço tem, ao todo, 29 cantores recebendo orientação em técnica vocal, interpretação, gerenciamento de carreira e formação de repertório e funciona de 09h às 21h.

Aparecida Silvino desenvolve o que ela chama de missão. “A música é aqui e agora! Cantar é mover o dom, afinação é um estado de espírito. Quando canta você é um canal! Atenção total! O som vibra no corpo, é preciso desenvolver uma consciência de si, enquanto remetente, do outro enquanto destinatário e do conteúdo, a carta’’, sintetiza a cantora. Ainda segundo Apá, “a música pede passagem e para isso acumulamos horas de exercícios desenvolvidos individualmente, ensaios, planejamento, figurino, cenário e sempre a ausência do stress ou da competição. Todos somos parte e a alegria pelo som do colega é ganho para a vida inteira”.

O projeto está em sua décima sexta edição e continua em dezembro, com um lindo show de Natal com participação do Coral e crianças do Canto da Apá e Coletivo Nossa Voz.
O Conexões Sonoras acontece em parceria com o TJA e todos os momentos são captados pela SuperA Filmes, em que são veiculados na página do Canto da Apá no Facebook e em seu canal no YouTube.

Serviço:
Centro Cultural Canto da Apá apresenta Projeto Conexões Sonoras – NordesteS
Data: 6 de outubro de 2019
Horário: 1º ato às 15h e 2º ato às 17h
Local: Theatro José de Alencar
Ingresso:  30 inteira e 15 meia.
Mais informações: cantodaapa@gmail.com, https://www.facebook.com/cantodaapa
ou (85) 99603.8029

0 comentários:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.