#audioinclui

segunda-feira, 9 de setembro de 2019

Congresso Brasileiro de Reumatologia reuniu 2.500 médicos e profissionais de saúde em Fortaleza


O 36º Congresso Brasileiro de Reumatologia - SBR 2019 reuniu cerca de 2.500 pessoas no Centro de Eventos do Ceará entre os dias 4 e 7 de setembro. O encontro tratou das doenças reumáticas, da evolução da tecnologia, além dos avanças na área. 

     “Queremos agradecer aos que vieram e aos envolvidos na organização do evento. Tivemos auditórios lotados, com informações e estudos variados. Esse era um dos objetivos do evento: trazer um alto nível científico para os debates”, declarou médico reumatologista, Dr. Airton Rocha, diretor científico do Congresso. 

     Outro ponto de destaque foi a participação da iniciativa privada no encontro. “As empresas puderam mostrar seus produtos e fazer negócios, além de apresentar as novidades no mercado. O ambiente foi muito favorável”, disse o médico.  

     O espaço de interação foi composto por cerca de 25 estandes de vários grupos farmacêuticos como a brasileira Apsen, Novartis (Suíça) e a Bristol-Meyers Squibb (Estados Unidos), mais conhecida como BMS. 

Eventos
O Congresso foi marcado por diversos cursos, conferências e palestras ao longo dos quatro dias, liderados por vários profissionais renomados do Brasil e de outros países como Canadá, México, Portugal e Estados Unidos. No total aconteceram 14 simpósios, 12 cursos, 19 conferências, 10 miniconferências e 65 palestras.

     Ao todo, o Congresso reuniu 21 palestrantes internacionais, 340 nacionais e 16 diretores e presidentes que compõem a comissão executiva. No auditório Professor Geraldo Gonçalves havia o pavilhão da Ciência e Arte da Família SBR, onde foram expostos painéis contando um pouco da história da reumatologia brasileira e de algumas personalidades relevantes para a medicina cearense.    

     Entre os nomes está o de Geraldo Wilson da Silveira Gonçalves, pioneiro da reumatologia cearense e membro fundador da Sociedade Brasileira de Reumatologia. O espaço também contou com o Cine Fortaleza SBR que exibiu o filme “Onde Tudo Começou” – uma película da SBR na Santa Casa do Rio de Janeiro. Ocorreu nos quatro dias de evento uma exposição de pôsteres com dados e pesquisas sobre várias doenças como o lúpus, por exemplo.

0 comentários:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.