#audioinclui

quinta-feira, 7 de novembro de 2019

O Ceará deve seguir com tendência de céu variando entre parcialmente nublado e claro em todas macrorregiões até, pelo menos, a próxima sexta-feira (8). A previsão é da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). Nas próximas 72 horas, não há expectativa de chuva sobre o estado devido as atuais condições de tempo, que indicam pouca umidade relativa do ar e ainda ausência de sistemas atmosféricos indutores de precipitações. Tempo seco A baixa umidade do ar mantém-se com índices de alerta e até de emergência no interior do Ceará. Na tarde desta quarta-feira (5), Barbalha, município do Cariri, chegou aos 11%. Em Campos Sales, o valor extremo foi de 12%. A Organização Mundial da Saúde (OMS) considera como ideal a umidade do ar acima de 60%. Ainda segundo a instituição internacional, é considerado estado de observação quando a umidade apresenta entre 31% a 40%. Quando ela fica abaixo dos 30%, classifica-se como atenção. Já entre 12% e 20%, é considerado estado de alerta. Por fim, abaixo disso, é considerado estado de emergência.

O Ceará deve seguir com tendência de céu variando entre parcialmente nublado e claro em todas macrorregiões até, pelo menos, a próxima sexta-feira (8). A previsão é da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme).
Nas próximas 72 horas, não há expectativa de chuva sobre o estado devido as atuais condições de tempo, que indicam pouca umidade relativa do ar e ainda ausência de sistemas atmosféricos indutores de precipitações.
Tempo seco
A baixa umidade do ar mantém-se com índices de alerta e até de emergência no interior do Ceará. Na tarde desta quarta-feira (5), Barbalha, município do Cariri, chegou aos 11%. Em Campos Sales, o valor extremo foi de 12%.
A Organização Mundial da Saúde (OMS) considera como ideal a umidade do ar acima de 60%. Ainda segundo a instituição internacional, é considerado estado de observação quando a umidade apresenta entre 31% a 40%. Quando ela fica abaixo dos 30%, classifica-se como atenção. Já entre 12% e 20%, é considerado estado de alerta. Por fim, abaixo disso, é considerado estado de emergência.

0 comentários:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.