Pular para o conteúdo principal

Prefeito Naumi Amorim recebe presidente da Metrofor; Projetos preveem melhorias




O prefeito Naumi Amorim recebeu na manhã desta quarta-feira (15), o diretor presidente da Metrofor, Eduardo Hotz, para debater apoio para execução do projeto de melhorias e ampliação do sistema ferroviário de Caucaia. 
O presidente solicitou ao prefeito Naumi apoio no andamento das obras de um projeto que será desenvolvido pela Metrofor em 2020, com previsão de ser executado em 2021. “Precisaremos fechar e abrir ruas do centro do município. O apoio logístico da prefeitura de Caucaia neste trabalho é essencial”, disse.
“Esta é a primeira de muitas reuniões. Vamos unir forças com nossos engenheiros e arquitetos, com os da prefeitura de Caucaia, para alinhar cada vez mais os nossos trabalhos”, ressaltou. Ele antecipou, que há previsão de abertura da rua Juaci Pontes com a rua Manuel Pereira, no centro de Caucaia, para requalificação da linha férrea de Caucaia, que pretende operar com mais trens em menos tempo.
Um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) será elaborado entre a Metrofor e a Prefeitura de Caucaia, com o apoio da Autarquia Municipal de Transito e o Programa Avança Caucaia, para determinar as atividades de cada um na elaboração e execução do projeto. 
As obras serão realizadas pelo Governo do Estado do Ceará, por meio da Secretaria de Infraestrutura (Seinfra). “Vamos organizar todo o centro de Caucaia. É pequeno, mas ainda engarrafa e aproveitamos esta parceria para desenvolver projetos que reorganizem todo o transito local”, completou o prefeito Naumi Amorim. “Esta parceria reforça o desenvolvimento urbano de Caucaia”, ressaltou.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça

A 8ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza deferiu a favor da PH Empreendimentos, empresa do Sr. Paulo Henrique Martins, o pedido que proíbe a transferência e a alienação dos terrenos que formam o imóvel localizado na Avenida Dom Luís (entre as ruas Coronel Jucá e Professor Dias da Rocha) onde antes funcionava o Shopping Dom Luís. 
​Através de contrato com a Construtora Manhattan, o imóvel foi transferido e o pagamento, que deveria começar em 2014, não ocorreu. A Construtora também descumpriu diversas obrigações neste período. Embora a situação tenha rendido dissabores ao Sr. Paulo desde então, tentou-se buscar o bom senso da Construtora ao longo destes anos, sem sucesso. Em janeiro deste ano, foi iniciado o processo judicial cujo número é 0102164-08.2017.8.06.0001. 
Com a decisão da juíza Dra. Ana Kayrena da Silva Freitas, por meio do ofício 147/2017, o imóvel fica intransferível e inalienável como garantia de Justiça até que o processo seja julgado, haja vista que a Construtora, coligada…