Pular para o conteúdo principal

JEAN DUMONT É ATRAÇÃO NO CICLO CARNAVALESCO DE FORTALEZA



Fortaleza já vive o Carnaval! A alegria e a folia se espalham pela capital cearense em mais um Ciclo Carnavalesco, realizado pela Prefeitura de Fortaleza por meio da Secultfor. O Ciclo Carnavalesco 2020 iniciado com o Pré-Carnaval  movimenta a animação nos polos oficiais  e nos bairros com  apresentações de blocos e de grandes nomes da música local. Um destes expoentes é o cantor Jean Dumont que faz apresentações tanto na programação do Pré-Carnaval quanto do Carnaval.  O encontro de Jean Dumont com os foliões acontece no Mercado da Aerolândia (09/02) e no Polo dos Queijos (16/02). No Carnaval, Jean Dumont comanda a folia no Mercado São Sebastião (22/02) e no Benfica (25/02). Ritmo e irreverência não vão faltar!
Juntamente com o seu grupo Farra DusBons, o artista vai animar a festa com muito Samba, Forró, Xote, Baião, Frevo e as tradicionais marchinhas carnavalescas. Outra faceta do artista é o lado circense que leva para o palco com pernas-de-pau. “Eu faço uma homenagem aos brincantes, aos Bonecos de Olinda, ao Recife, à Olinda, ao frevo, também a esse lado circense, o clown.  O público fica surpreso e é uma forma de homenagear os cearenses, os fortalezenses, o humor, o circo do Ceará “, pontua Jean Dumont.

Confira a agenda de apresentações:
Mercado da Aerolândia -  09/02 (Domingo) - Horário: 20h 
Polo dos Queijos - 16/02 (Domingo) - Horário: 14h  
Mercado São Sebastião - 22/02 (Sábado) - Horário: 20h
Benfica (Praça João Gentil) - 25/02  (Terça-feira) - Horário: 16h

Redes Sociais
Twitter: @jeancdumont

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça

A 8ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza deferiu a favor da PH Empreendimentos, empresa do Sr. Paulo Henrique Martins, o pedido que proíbe a transferência e a alienação dos terrenos que formam o imóvel localizado na Avenida Dom Luís (entre as ruas Coronel Jucá e Professor Dias da Rocha) onde antes funcionava o Shopping Dom Luís. 
​Através de contrato com a Construtora Manhattan, o imóvel foi transferido e o pagamento, que deveria começar em 2014, não ocorreu. A Construtora também descumpriu diversas obrigações neste período. Embora a situação tenha rendido dissabores ao Sr. Paulo desde então, tentou-se buscar o bom senso da Construtora ao longo destes anos, sem sucesso. Em janeiro deste ano, foi iniciado o processo judicial cujo número é 0102164-08.2017.8.06.0001. 
Com a decisão da juíza Dra. Ana Kayrena da Silva Freitas, por meio do ofício 147/2017, o imóvel fica intransferível e inalienável como garantia de Justiça até que o processo seja julgado, haja vista que a Construtora, coligada…