Pular para o conteúdo principal

Música, poesia e responsabilidade Social: Waldonys e Jessier Quirino participam da primeira edição do Sintonia do Bem

Idealizada pelo Sesc Ceará, a iniciativa vai promover lives dos dois artistas com o objetivo de arrecadar doações para o Mesa Brasil

A pandemia do novo Coronavírus (Covid-19) vem despertando uma onda de solidariedade em todo o País. No Ceará, claro, não poderia ser diferente. O isolamento social não se tornou um impedimento para que as pessoas entrassem de vez nesta grande corrente do bem, seja na hora de ajudar aqueles que mais precisam ou até apoiando determinados segmentos da sociedade, como a classe artística. Foi a partir dessa premissa que o Sesc, braço social do Sistema Fecomércio-CE, lança o projeto Sintonia do Bem, que irá realizar uma série de lives com artistas, com o objetivo de arrecadar alimentos para o Programa Mesa Brasil.

E as apresentações online já têm dia e horário para acontecer. A primeira edição do Sintonia do Bem será na sexta-feira, 1º de maio de 2020, Dia do Trabalhador, com a participação do cantor e instrumentista cearense Waldonys, às 18h30, e do poeta e contador de história paraibano Jessier Quirino, às 20h. De suas casas, ambos prometem levar alegria e diversão para o público de todas as idades, que poderão, também, contribuir com doações para o programa de segurança alimentar e nutricional do Sesc.

A campanha Sintonia do Bem será realizada 100% online, tanto em relação às performances quanto na forma que os espectadores ajudarão a combater a fome de quem mais precisa neste momento. A transmissão das lives, assim, será feita no Youtube do Sesc Ceará. No caso de Jessier Quirino, a apresentação ocorrerá, de forma simultânea, também no seu perfil do Youtube, assim como no Instagram @jessierquirino.

Doações

O público que assistir a live dos artistas no Youtube poderá fazer doações, de forma online, nos valores de R$5, R$ 50, R$ 500 e R$ 5.000, que será destinado, integralmente, ao Mesa Brasil. Essas doações serão realizadas por meio de uma plataforma do projeto, hospedada no site www.sesc-ce.com.br, ou pelo QRcode, que, por sua vez, estará disponível no Youtube. Além disso, a partir da plataforma, pessoas e empresas poderão contribuir com valores maiores ou com doações de alimentos.

“O Sintonia do Bem pretende levar conforto, sorriso, nutrição e saúde para as pessoas em estado de vulnerabilidade social, que são as mais afetadas pela pandemia. E tudo isso através da arte, que, neste momento tão desafiador, vem encontrando seus meios para existir e aquecer nossos corações. Além de assistirem e terem acesso a um conteúdo cultural de qualidade, todos que participarem da campanha se tornarão, também, um parceiro do Mesa Brasil”, afirma Maurício Filizola, Presidente do Sistema Fecomércio-CE.

Sobre o Mesa Brasil

O Mesa Brasil é um programa do Sesc que atua na perspectiva da segurança alimentar e nutricional, sustentabilidade e inclusão social. Presente no Ceará desde 2001, o programa atende no Estado mais de 430 instituições sociais, que juntas totalizam o atendimento a cerca de 280 mil pessoas, por meio de doações de alimentos e atividades educativas. Desde sua implementação, o Mesa Brasil Ceará já distribuiu mais de 49 milhões de quilos de alimentos, por meio de parceria com centenas de empresas doadoras.

SERVIÇO:
Sintonia do Bem, com Waldonys e Jessier Quirino
Dia: 1º de maio (sexta-feira) – Dia do Trabalhador
Horário: 18h30 – Waldonys | 20h – Jessier Quirino Transmissão: https://bit.ly/3cIerm5
Valores para doação: R$5, R$ 50, R$ 500 e R$ 5.000 Mais informações: www.sesc-ce.com.br
Mesa Brasil Sesc Ceará Doações: mesabrasil@sesc-ce.com.br
Mais informações: (85) 996629143

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça

A 8ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza deferiu a favor da PH Empreendimentos, empresa do Sr. Paulo Henrique Martins, o pedido que proíbe a transferência e a alienação dos terrenos que formam o imóvel localizado na Avenida Dom Luís (entre as ruas Coronel Jucá e Professor Dias da Rocha) onde antes funcionava o Shopping Dom Luís. 
​Através de contrato com a Construtora Manhattan, o imóvel foi transferido e o pagamento, que deveria começar em 2014, não ocorreu. A Construtora também descumpriu diversas obrigações neste período. Embora a situação tenha rendido dissabores ao Sr. Paulo desde então, tentou-se buscar o bom senso da Construtora ao longo destes anos, sem sucesso. Em janeiro deste ano, foi iniciado o processo judicial cujo número é 0102164-08.2017.8.06.0001. 
Com a decisão da juíza Dra. Ana Kayrena da Silva Freitas, por meio do ofício 147/2017, o imóvel fica intransferível e inalienável como garantia de Justiça até que o processo seja julgado, haja vista que a Construtora, coligada…