Pular para o conteúdo principal

Ação do MPCE requer aumento de efetivo policial no município de Ocara

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), por meio da Promotoria de Justiça de Ocara, ajuizou, nesta quinta-feira (21/05), uma Ação Civil Pública (ACP) em desfavor do Estado do Ceará requerendo aumento do efetivo policial na cidade de Ocara. A Promotoria também requisitou melhoria das condições de segurança e salubridade do prédio onde funciona a Polícia Militar (PM) no município.

A ação foi ajuizada após descumprimento de recomendação expedida pelo MPCE. Além do baixo contingente das forças de segurança pública, a ACP foi motivada pelas condições do imóvel da PM em Ocara, que não tem forro, ventilação adequada, computador, impressora ou telefone fixo; estando, ainda, com infiltração, ratos e escorpiões.

Segundo o promotor de Justiça Antônio Forte, o contingente policial não acompanha o desenvolvimento da cidade, tampouco o avanço da criminalidade. “O direito fundamental social à segurança pública é irrenunciável e inadiável, não sendo justificável a inércia estatal que, mesmo diante da gravidade da violação do direito humano à segurança, e de tantas promessas já endereçadas à população local, e dos projetos já formulados, insista o Estado do Ceará em se omitir”, ressalta o membro do MPCE.

Por isso, a Promotoria solicitou à Justiça que, no prazo de 15 dias a contar do deferimento do pedido liminar, o Estado mantenha definitivamente mais nove policiais no município bem como adote as medidas necessárias para melhor aparelhar o imóvel do destacamento da Polícia Militar situado em Ocara, sob pena de multa diária de R$ 10 mil, em caso de descumprimento.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Pá eólica- Gravíssimo acidente na BR-020, em Parambu, deixa dois mortos ; uma das vítimas sócio do Floresta Bar

Um gravíssimo acidente foi registrado no inicio da manhã deste domingo, 30, na BR-020, KM 45, à altura da localidade de Pau Preto, Parambu. Segundo as informações preliminares, um carro de passeio de luxo, Modelo Audi, ano 2019, cor cinza, placas PBU- 1521, inscrição de Brasilia, DF, colidiu com uma carreta que transportava peças de energia eólica e acabou sendo praticamento esmagado. Segundo ainda informações preliminares, no veículo duas pessoas vieram a óbito e ficaram presas as ferragens. O Corpo de Bombeiros de Tauá foi acionado para resgatar os corpos que posteriormente foram identificados como: Omar Falcão Soares, 67 anos, e Alexandre Barbosa Soares, pai e filho, residentes em Fortaleza. A BR-020 se encontra interditada.Com informações do Repórter Abraão Barros e fotos de internautas