Pular para o conteúdo principal

Porto de Fortaleza cresce na movimentação de carga e no resultado financeiro



A Companhia Docas do Ceará fechou o balanço financeiro do primeiro quadrimestre deste ano com alta de 7,94%, em comparação ao mesmo período de 2019. A receita oriunda das cargas movimentadas, de janeiro a abril último, atingiu o montante superior a R$ 22 milhões, com forte contribuição da movimentação dos  granéis sólidos (cereais e não-cereais). Somente o trigo respondeu, no período analisado de 2020, por 410.360,850 toneladas e já alcançou 38% de tudo o que foi movimentado no ano passado (1.061.482,478 toneladas). Em relação ao primeiro quadrimestre de 2019 nos superamos. No âmbito do Nordeste, o Porto de Fortaleza movimentou 40% de todo o trigo no ano passado.

De acordo com a diretor de Administração e Finanças da Companhia Docas do Ceará, Humberto Castelo Branco, esse incremento na movimentação dos granéis sólidos, que vem contribuindo para o bom desempenho do resultado financeiro da CDC, faz parte do planejamento estratégico aprovado pela diretoria executiva da companhia. “Contando com a movimentação da carga geral e contêineres, estamos focando nossa atividade nos granéis sólidos (cereais e não-cereais) e nos granéis líquidos. Este último, apesar de uma leve queda na movimentação devido ao cenário de saúde pública que se instalou desde março de 2020, será reaquecido em breve”.

E no final de semana foi concluída a operação pela Multlog para exportação de 45 mil toneladas de escória do cliente Apodi com destino à França. Um novo carregamento deste mesmo material, só que da Votorantim, terá início até o final desta semana com a operação, também, realizada pela  Multlog. Na semana em curso, o Porto de Fortaleza registar ocupação dos seus berços 103, 104, 105, 106 e 201, com a movimentação de trigo, magnésio, alcatrão, carga de projeto e Gás Liquefeito de Petróleo - GLP.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Pá eólica- Gravíssimo acidente na BR-020, em Parambu, deixa dois mortos ; uma das vítimas sócio do Floresta Bar

Um gravíssimo acidente foi registrado no inicio da manhã deste domingo, 30, na BR-020, KM 45, à altura da localidade de Pau Preto, Parambu. Segundo as informações preliminares, um carro de passeio de luxo, Modelo Audi, ano 2019, cor cinza, placas PBU- 1521, inscrição de Brasilia, DF, colidiu com uma carreta que transportava peças de energia eólica e acabou sendo praticamento esmagado. Segundo ainda informações preliminares, no veículo duas pessoas vieram a óbito e ficaram presas as ferragens. O Corpo de Bombeiros de Tauá foi acionado para resgatar os corpos que posteriormente foram identificados como: Omar Falcão Soares, 67 anos, e Alexandre Barbosa Soares, pai e filho, residentes em Fortaleza. A BR-020 se encontra interditada.Com informações do Repórter Abraão Barros e fotos de internautas