Pular para o conteúdo principal

Governo do Ceará amplia leitos exclusivos para tratamento de coronavírus em 34 municípios cearenses

Em live nas redes sociais, governador Camilo Santana também falou que sete cidades do interior permanecem em Isolamento Social Rígido: Sobral, Tianguá, Brejo Santo, Juazeiro, Barbalha, Crato e Iguatu
O governador do Ceará, Camilo Santana, anunciou nesta terça-feira (30) que o Governo do Ceará amplia novos leitos em 34 municípios cearenses. Camilo informou também em sua transmissão ao vivo nas redes sociais na preocupação com o avanço da pandemia da Covid-19 nas Regiões do Cariri e Norte, com cidades que permanecem em regime de Isolamento Social Rígido.

Novos leitos

“Com a chegada de 300 novos respiradores, vamos poder ampliar a rede de leitos exclusivos para pacientes em tratamento de Covid-19. Vamos beneficiar 34 municípios cearenses, em especial no interior do Ceará. Estamos fazendo todo o esforço possível para atender aos irmãos e irmãs cearenses da melhor forma possível. O tempo da pandemia está diferente em cada Região do Estado, por isso precisamos de ações diferentes para cada local e nossa preocupação maior hoje são com as Regiões Norte e no Cariri”, explicou o governador.

Região do Cariri

Camilo ressaltou que, somente no Hospital Regional do Cariri, já foram criados 89 leitos exclusivos para pacientes em tratamento de Covid-19, e que com o avanço da doença na região, os leitos serão ampliados. “Dr. Cabeto (secretário da Saúde) esteve no Cariri e somente na Região vamos ampliar a rede em 79 novos leitos, sendo mais 10 em Barbalha, mais 10 em Brejo Santo, mais 10 no Crato, e mais 49 em Juazeiro. Só no Hospital Regional do Cariri terá um total de 135 leitos de UTI”, listou o governador, que citou as sete cidades  que permanecem em Isolamento Social Rígido: Sobral, Tianguá, Brejo Santo, Juazeiro, Barbalha, Crato e Iguatu.

Transparência

Reconhecido como o Estado que mais testa, o Ceará já possui quase 300 mil testes realizados. Além disso, o governador lembrou que estão em curso três pesquisas sorológicas de campo em Fortaleza, Sobral e Iguatu. O objetivo é identificar não apenas o nível de pessoas que foram infectadas com o vírus, mas também para se fazer uma previsão do que pode ser feito.
“Testar é fundamental, e em breve vamos iniciar outras pesquisas por amostragem em novas cidades do interior cearense. Todos os nossos dados estão no IntegraSUS, de forma transparente e à disposição de qualquer cidadão, por isso fomos escolhidos como o segundo estado mais transparente do Brasil, fomos reconhecidos internacionalmente diante dessa pandemia. Meus parabéns a todos os profissionais que atualizam nosso dados na plataforma, esse serviço também têm sido fundamental nesse momento tão delicado, como os números de óbitos, de leitos, de investimento, já são mais de 86 mil cearenses curados no sistema público de saúde, está tudo lá no IntegraSUS”, elogiou Camilo.

Não voltamos à normalidade

Camilo Santana finalizou sua transmissão fazendo um apelo à população cearense. “Nós não voltamos à normalidade, a epidemia continua e o cenário ainda é de preocupação. Tenho visto imagens de aglomerações fortes, mas é preciso responsabilidade, vamos cumprir os protocolos. Para que possamos continuar no Processo de Retomada Econômica vamos depender dos números da saúde, podendo, até mesmo, regredir e negócios serem novamente fechados, o que não queremos que ocorra. Só saia de casa quando for necessário, e sempre usando máscara”, alertou.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça

A 8ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza deferiu a favor da PH Empreendimentos, empresa do Sr. Paulo Henrique Martins, o pedido que proíbe a transferência e a alienação dos terrenos que formam o imóvel localizado na Avenida Dom Luís (entre as ruas Coronel Jucá e Professor Dias da Rocha) onde antes funcionava o Shopping Dom Luís. 
​Através de contrato com a Construtora Manhattan, o imóvel foi transferido e o pagamento, que deveria começar em 2014, não ocorreu. A Construtora também descumpriu diversas obrigações neste período. Embora a situação tenha rendido dissabores ao Sr. Paulo desde então, tentou-se buscar o bom senso da Construtora ao longo destes anos, sem sucesso. Em janeiro deste ano, foi iniciado o processo judicial cujo número é 0102164-08.2017.8.06.0001. 
Com a decisão da juíza Dra. Ana Kayrena da Silva Freitas, por meio do ofício 147/2017, o imóvel fica intransferível e inalienável como garantia de Justiça até que o processo seja julgado, haja vista que a Construtora, coligada…