Pular para o conteúdo principal

Porto de Fortaleza consolida movimentação de granéis sólidos



Crescimento em maio foi de 44% em relação ao mesmo mês de 2019

Na contramão do cenário econômico atual, os granéis sólidos impulsionaram mais uma vez a movimentação de cargas no Porto de Fortaleza com alta de 44% em maio em relação ao mesmo mês do ano passado. Foram 256.027 toneladas ante 177.780 toneladas. São cinco meses seguidos em que os granéis sólidos (cereais e não cereais) lideram a pauta de importações e exportações neste modal marítimo cearense, localizado no Mucuripe, que já conta com o montante acumulado em 2020 de 971.614 toneladas e alta de 27,5% (em 2019, foram 761.996 toneladas). No somatório geral, de janeiro a maio foram movimentados 2 milhões de toneladas de cargas, 13,56% a mais que os cinco primeiros meses do ano passado.

Hoje, os granéis sólidos respondem por 48% de tudo o que é movimentado no Porto de Fortaleza, seguido pelos granéis líquidos (42,6%) e cargas gerais (9,4%).  De janeiro a maio, os granéis líquidos passaram de 853.764 toneladas para 862.654 toneladas; e as cargas gerais de 166.649 toneladas para 189.326 toneladas. E a primeira semana de junho já registra a movimentação de 27.500 toneladas de trigo, 10.000 toneladas de óleo vegetal e 7.600 toneladas de combustível.

Entre as cargas programadas para junho, estão: 7.500 toneladas de tarugo e 4.000 toneladas de barras de aço pelo operador Termaco, atendendo o cliente Gerdau; 1.900 contêineres (que seguirão para a Europa com a CMA CGM) e 21.000 toneladas de manganês (com destino à China), tendo à frente a operadora BF Fortship, que também estará recebendo no porto, vindo dos Estados Unidos, 09 pás eólicas do cliente Vestas; 27.000 toneladas de clínquer e 6.500 toneladas de escória, a serem movimentadas pela operadora Multlog para a Mizu, que contratou o primeiro navio com escória para seguir do Porto de Fortaleza para Manaus por cabotagem.

“Nosso planejamento está focado nas cargas que movimentamos bem e com eficiência e o resultado que temos obtido mostra que o DNA da companhia está nos granéis sólidos e líquidos. Cabe ressaltar que também temos expertise nos contêineres refrigerados”

Mayhara Chaves
Diretora-Presidente da Companhia Docas do Ceará

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Pá eólica- Gravíssimo acidente na BR-020, em Parambu, deixa dois mortos ; uma das vítimas sócio do Floresta Bar

Um gravíssimo acidente foi registrado no inicio da manhã deste domingo, 30, na BR-020, KM 45, à altura da localidade de Pau Preto, Parambu. Segundo as informações preliminares, um carro de passeio de luxo, Modelo Audi, ano 2019, cor cinza, placas PBU- 1521, inscrição de Brasilia, DF, colidiu com uma carreta que transportava peças de energia eólica e acabou sendo praticamento esmagado. Segundo ainda informações preliminares, no veículo duas pessoas vieram a óbito e ficaram presas as ferragens. O Corpo de Bombeiros de Tauá foi acionado para resgatar os corpos que posteriormente foram identificados como: Omar Falcão Soares, 67 anos, e Alexandre Barbosa Soares, pai e filho, residentes em Fortaleza. A BR-020 se encontra interditada.Com informações do Repórter Abraão Barros e fotos de internautas