Pular para o conteúdo principal

Polícia Civil apreende mais de R$ 1 milhão em operação de combate a fake news

No intuito de combater grupos responsáveis pela produção e divulgação de fake news na cidade de Acaraú, a Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) realizou uma operação, nessa terça-feira (30), que culminou nas apreensões de mais de R$ 1 milhão em cheques e notas promissórias no interior do Estado. A ação foi coordenada pela Delegacia Regional de Acaraú, com o apoio da Delegacia Regional de Sobral e da Delegacia de Combate aos Crimes de Lavagem de Dinheiro (DCCLD).
As investigações iniciaram após a Polícia Civil receber uma denúncia acerca de um perfil em rede social, que era responsável por publicações e disseminação de fake news de natureza política, em Acaraú, na Área Integrada de Segurança 14 (AIS 14) do Ceará. Após os primeiros levantamentos, a Delegacia Regional da cidade direcionou suas ações a fim de rastrear os endereços de IP (Internet Protocol address) das pessoas que acessavam a conta.
Com base nessas informações, a Polícia Civil representou pelo mandado de busca e apreensão, que foi deferido pelo Poder Judiciário e cumprido nessa terça-feira. Inicialmente, os policiais civis chegaram a dois alvos específicos na cidade de Acaraú. Na casa de um deles, as equipes encontraram um vasto material, como cheques e notas promissórias que totalizavam mais de R$ 1 milhão, além de R$ 5 mil em espécie. A Polícia Civil segue trabalhando na manhã desta quarta-feira (1) na contabilidade da apreensão.
Em depoimento, esse mesmo envolvido, um homem de 18 anos, confessou que realizava as publicações que tinham como foco o ataque a um grupo político da região. Todo o material foi recolhido e os policiais civis investigam a origem do material e se há ligação com algum esquema por trás das publicações em rede social. Inicialmente, os envolvidos responderão por calúnia. Com o avanço das diligências, a autoridade policial analisará se eles serão autuados por outros crimes.
O delegado titular da Delegacia Regional de Acaraú, Alailton Andrade, reforça que a Polícia Civil acompanha a divulgação desse tipo de material no mundo virtual. “A Polícia Civil continuará trabalhando e investigando a divulgação de fake news na cidade. Nós rastrearemos toda a rede de informações e as pessoas que compartilham e ajudam nesse tipo de crime. Então tenham cautela com o que vocês compartilham, porque nós estamos atentos a isso”, ressalta o delegado.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça

A 8ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza deferiu a favor da PH Empreendimentos, empresa do Sr. Paulo Henrique Martins, o pedido que proíbe a transferência e a alienação dos terrenos que formam o imóvel localizado na Avenida Dom Luís (entre as ruas Coronel Jucá e Professor Dias da Rocha) onde antes funcionava o Shopping Dom Luís. 
​Através de contrato com a Construtora Manhattan, o imóvel foi transferido e o pagamento, que deveria começar em 2014, não ocorreu. A Construtora também descumpriu diversas obrigações neste período. Embora a situação tenha rendido dissabores ao Sr. Paulo desde então, tentou-se buscar o bom senso da Construtora ao longo destes anos, sem sucesso. Em janeiro deste ano, foi iniciado o processo judicial cujo número é 0102164-08.2017.8.06.0001. 
Com a decisão da juíza Dra. Ana Kayrena da Silva Freitas, por meio do ofício 147/2017, o imóvel fica intransferível e inalienável como garantia de Justiça até que o processo seja julgado, haja vista que a Construtora, coligada…