Pular para o conteúdo principal

Voo com mais 70 toneladas de EPIs chega ao Ceará nesta sexta-feira (3)

A informação foi repassada pelo governador Camilo Santana, que disse ainda que até sábado (4) o Governo vai anunciar novo decreto estadual com as medidas que que valerão a partir de segunda-feira (6)
O Governo do Ceará recebe nesta sexta-feira (3) mais um carregamento com 70 toneladas de equipamentos de proteção individual (EPIs) adquiridos para dar mais segurança aos profissionais de saúde que estão atuando no combate à pandemia do novo coronavírus nas unidade do Estado. A informação foi repassada pelo governador Camilo Santana em pronunciamento em suas redes sociais, na noite desta quinta-feira (2).
“Amanhã estará chegando mais uma remessa com 70 toneladas de EPIs para o Ceará. Desde o início dessa pandemia não tem faltado equipamentos de proteção individual para os nossos profissionais do Estado. Aliás, temos distribuído para todos os municípios cearenses. É fundamental para o trabalho dos nossos profissionais de saúde”, destacou Camilo.
O governador declarou ainda que amanhã terá reuniões nas quais serão definidos os próximos passos do Plano de Retomada Responsável das Atividades Econômicas e Comportamentais. “Amanhã me reúno com o Comitê Científico da Saúde e com o grupo de trabalho com representantes de várias instituições para definir o novo decreto, que será publicado ainda no sábado (4) e determinará as mudanças a partir de segunda-feira (6) no Ceará”, disse.

Pandemia no Ceará

O chefe do Executivo estadual aproveitou a oportunidade para apresentar a situação atual da pandemia do coronavírus no Ceará. “Os números continuam melhorando em Fortaleza e na macrorregião da Capital, e passam a se estabilizar em Sobral e na região Norte, que atingiu seu pico. As regiões do Jaguaribe e Litoral Leste continuam estáveis. A grande preocupação nesse momento é com as regiões Centro-Sul e Cariri, que continuam crescendo (o número de casos) e ainda não chegaram ao pico, por isso que os municípios (dessas regiões) estão nesse momento com isolamento mais rígido e com um controle maior”, comentou.
Camilo enfatizou que o Governo do Ceará continua atuando nessas áreas no reforço da estrutura hospitalar. “Estamos ampliando os leitos em todas as regiões do Ceará, principalmente nas regiões Norte, Cariri e Centro-Sul. Só no Hospital Regional do Cariri, em Juazeiro do Norte, serão mais 49 leitos de UTI”, informou. Ao todo, o Sul cearense vai ganhar mais 79 UTIs para garantir o atendimento à população.

Testes e pesquisa

O Ceará continua sendo um dos estados brasileiros que mais têm realizado testes para identificar pessoas com a Covid-19. A partir da próxima terça-feira (7), iniciará a segunda etapa da pesquisa de soroprevalência em Fortaleza. “É aquela pesquisa por amostragem, que as equipes de saúde visitam as famílias e fazem o teste rápido. Agora, vamos fazer também o teste PCR, que é o teste viral, mais positivo do ponto de vista de segurança do exame”, disse Camilo Santana. Nesta nova fase serão mais 3.300 amostras, que estão servindo como indicadores para as tomadas de decisão. Os municípios de Iguatu e Sobral também estão recebendo a pesquisa.
O governador também comunicou que um avião com os equipamentos da Central Analítica da Fiocruz, sediada no Eusébio, pousou ontem no Aeroporto de Fortaleza. De acordo com Camilo, quando a unidade estiver finalizada ela “vai possibilitar realizar 30 mil testes por dia – não só para o Ceará, mas para várias regiões do País”.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça

A 8ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza deferiu a favor da PH Empreendimentos, empresa do Sr. Paulo Henrique Martins, o pedido que proíbe a transferência e a alienação dos terrenos que formam o imóvel localizado na Avenida Dom Luís (entre as ruas Coronel Jucá e Professor Dias da Rocha) onde antes funcionava o Shopping Dom Luís. 
​Através de contrato com a Construtora Manhattan, o imóvel foi transferido e o pagamento, que deveria começar em 2014, não ocorreu. A Construtora também descumpriu diversas obrigações neste período. Embora a situação tenha rendido dissabores ao Sr. Paulo desde então, tentou-se buscar o bom senso da Construtora ao longo destes anos, sem sucesso. Em janeiro deste ano, foi iniciado o processo judicial cujo número é 0102164-08.2017.8.06.0001. 
Com a decisão da juíza Dra. Ana Kayrena da Silva Freitas, por meio do ofício 147/2017, o imóvel fica intransferível e inalienável como garantia de Justiça até que o processo seja julgado, haja vista que a Construtora, coligada…