Pular para o conteúdo principal

Colabora Inova *Natura lidera ranking que classifica as empresas mais engajadas com startups do país*

 

_Este é o primeiro ano em que a empresa lidera o ranking TOP 100 Open Corps que avalia o engajamento de grandes empresas no ecossistema de inovação brasileiro_


 Nesta quarta-feira (26), a 100 Open Startups, plataforma que conecta startups a grandes empresas, anuncia quais são as 100 empresas líderes em inovação aberta no Brasil. A Natura lidera o ranking desta edição. Nos anos anteriores, a marca tinha ficado entre as três primeiras colocações.


A publicação TOP 100 Open Corps é parte do Ranking 100 Open Startups e avalia o engajamento de grandes empresas no ecossistema de inovação brasileiro. Referência para o mercado, o ranking utiliza critérios objetivos vinculados estritamente com as relações de negócios estabelecidas entre startups e médias e grandes empresas - aquelas com mais de 100 funcionários ou faturamento superior a R$ 100 milhões no ano. Em 2016, quando foi publicada a primeira lista, o mercado brasileiro possuía 82 empresas, 108 startups e 859 relacionamentos de inovação aberta. Atualmente, o mercado conta com 1.635 empresas e acumula 2.018 startups que fizeram open innovation no país e que realizaram 12.436 negócios neste último ano. 


“O ranking mede o relacionamento das grandes empresas com as startups e constata a consolidação deste mercado. Open Innovation já é uma realidade no país e vem crescendo exponencialmente porque existe um mercado real, que é comprovado pelos números apresentados”, comenta Bruno Rondani, fundador e CEO da 100 Open Startups.


A Natura já atua no modelo de inovação aberta e colaborativa há mais de 20 anos por acreditar no poder das redes de inovação como estratégia de viabilização de inovações disruptivas e geração de resultados para o negócio. Desde 2016, a empresa ainda mantém o Natura Startups como porta de entrada oficial para empreendedores se conectarem com a empresa.


Mais de cinco mil startups já foram analisadas, mais de mil tiveram interação com a empresa, cerca de cem foram testadas e quarenta firmaram parcerias. “Trabalhar com startups nos permite acelerar efetivamente a inovação, assim como a transformação organizacional e cultural pela adoção de um modelo digital em todas as áreas", explica Agenor Leão, vice-presidente da Plataforma de Negócios da Natura. 


O executivo ainda lembra que em 2020, durante a pandemia, as parcerias com startups têm apoiado a Natura a garantir aceleração de projetos para mitigar os efeitos da crise com ações com oferecimento de soluções de telemedicina e apoio psicológico, especialmente pelo cuidado com as pessoas que fazem parte da rede de relações da empresa. Ao mesmo tempo, a Natura criou um plano dedicado que colabora com o ecossistema para que as startups possam passar pela pandemia da melhor forma possível. “Durante esse período, preservamos todos os pilotos, criamos um plano para ajudar no balanço financeiro com antecipação de pagamentos, lançamos um programa de mentoria aberto a todo o ecossistema, acessos a serviços de bem-estar, entre outras iniciativas. Para nós só é inovação se gera impacto positivo e se dedicar à colaboração é essencial especialmente agora", conclui Agenor.


 *Natura Startups* 

Lançado em 2016, o Natura Startups é a porta de entrada oficial para empreendedores se conectarem com a empresa. A missão do programa é acelerar a inovação por meio de parcerias com startups ao se tornar uma alavanca importante no processo de transformação organizacional e de cultura, por impulsionar a adoção de um modelo digital para empresa, e contribuir ativamente com o desenvolvimento do ecossistema. Ao longo dos anos, mais de cinco mil startups foram analisadas, mais de 100 realizaram testes e mais de 40 firmaram parcerias com a empresa. Em 2019, o programa foi reconhecido como a 2ª empresa mais engajada no relacionamento com startups do Brasil em um ranking que analisou mais de 800 empresas. Durante a pandemia, ao acelerar novas parcerias, a Natura também lançou um plano de ação focado em mitigar os efeitos do Covid-19 na rede de empreendedores, com ações que vão desde apoio para blindagem do caixa até cuidado das pessoas (empreendedores e suas equipes), abrindo por exemplo nossas sessões de meditação e apoio psicológico.


 *Sobre a Natura* 

Fundada em 1969, a Natura é uma multinacional brasileira de higiene e cosmética. Conta com mais de 1.8 milhão de consultoras na América Latina, sendo líder no setor de venda direta no Brasil. Faz parte de Natura &Co, resultado da combinação entre as marcas Avon, Natura, The Body Shop e Aesop. A Natura foi a primeira companhia de capital aberto a receber a certificação de empresa B no mundo, em dezembro de 2014, o que reforça sua atuação transparente e sustentável nos aspectos social, ambiental e econômico. É também a primeira empresa brasileira a conquistar o selo "The Leaping Bunny", concedido pela organização de proteção animal Cruelty Free International, em 2018, que atesta o compromisso da empresa com a não realização de testes em animais de seus produtos ou ingredientes. Com operações na Argentina, Chile, Colômbia, Estados Unidos, França, México, Peru e Malásia, os produtos da marca Natura podem ser adquiridos com as Consultoras, por meio do e-commerce, app Natura, nas lojas próprias ou nas franquias "Aqui tem Natura". Para mais informações, visite www.natura.com.br  ou acesse os perfis da empresa nas redes sociais: LinkedIn, Facebook e Instagram.


 *Sobre a 100 Open Startups* 

A 100 Open Startups é plataforma líder em open innovation. Possui foco na conexão de oportunidades de inovação entre empresas, startups, comunidade científica e investidores. São responsáveis pela Open Innovation Week - Oiweek, plataforma de eventos referência no setor, criada em 2008, e pelo Ranking 100 Open Startups, criado em 2016. O modelo de negócios é baseado no atendimento a grandes empresas e investidores que buscam curadoria de startups, e no apoio a startups que buscam clientes e investidores. O time é liderado por Bruno Rondani, Rafael Levy e Carla Colonna, que, juntos, contribuem na formação da comunidade de open innovation no Brasil desde 2008, com a criação da primeira edição da Oiweek. A plataforma conta com cerca de 13 mil startups, 130 universidades, 3 mil empresas e 3 mil investidores-anjo, com mais de  17 mil negócios registrados entre os participantes, totalizando R$ 1 bilhão em transações de open innovation desde a sua criação.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Pá eólica- Gravíssimo acidente na BR-020, em Parambu, deixa dois mortos ; uma das vítimas sócio do Floresta Bar

Um gravíssimo acidente foi registrado no inicio da manhã deste domingo, 30, na BR-020, KM 45, à altura da localidade de Pau Preto, Parambu. Segundo as informações preliminares, um carro de passeio de luxo, Modelo Audi, ano 2019, cor cinza, placas PBU- 1521, inscrição de Brasilia, DF, colidiu com uma carreta que transportava peças de energia eólica e acabou sendo praticamento esmagado. Segundo ainda informações preliminares, no veículo duas pessoas vieram a óbito e ficaram presas as ferragens. O Corpo de Bombeiros de Tauá foi acionado para resgatar os corpos que posteriormente foram identificados como: Omar Falcão Soares, 67 anos, e Alexandre Barbosa Soares, pai e filho, residentes em Fortaleza. A BR-020 se encontra interditada.Com informações do Repórter Abraão Barros e fotos de internautas