Pular para o conteúdo principal

Atleta cearense é nova embaixadora da TIM e do COB nas Olimpíadas de Tóquio

 




TIM é a nova patrocinadora do Comitê Olímpico do Brasil


Com histórico de apoio ao esporte no país, operadora estará junto com o Time Brasil no Japão e terá sete atletas como embaixadores da marca;

Empresa apoiará também a próxima edição dos Jogos da Juventude e iniciativas do programa Transforma, de promoção dos valores olímpicos no ambiente escolar.

 


A TIM fechou um acordo de patrocínio com o Comitê Olímpico do Brasil (COB) até o fim do ano. A operadora apoiará toda a preparação e participação do Time Brasil no Japão, uma delegação que deve contar com cerca de 300 atletas. A empresa suportará também a realização dos Jogos da Juventude – principal competição de jovens do Brasil, cuja próxima edição está prevista para novembro de 2021 em Aracaju (SE) – e de ações diversas do programa Transforma, que leva os valores olímpicos para alunos e educadores de escolas e projetos sociais em todo o país.


A iniciativa de patrocinar um time nacional de atletas de diversas modalidades e diferentes perfis em uma competição mundial reafirma a estratégia da operadora de estar cada vez mais próxima do consumidor brasileiro e valorizar o esporte no país, destaca o CRO da TIM, Alberto Griselli: “Temos um legado de apoio ao esporte no Brasil. Inclusive, mantivemos e renovamos nossos patrocínios na pandemia, entendendo o momento delicado para clubes e federações e buscando suportar uma retomada com segurança”. O executivo explica que, para 2021, queriam investir em uma parceria de alcance nacional, o que veio ao encontro da proposta do COB. “Estamos muito orgulhosos de nos juntar ao Time Brasil que reflete, em diferentes aspectos, os valores da nossa marca: coragem, respeito e liberdade”, ressalta.


A nova parceria prevê um time de atletas-embaixadores da marca em Tóquio. Integram o grupo a dupla de velejadoras Kahena Kunze e Martine Grael, campeãs olímpicas no Rio; os canoístas de prata Isaquías Queiroz e Erlon de Souza; a dupla Ana Patrícia e Rebecca, do vôlei de praia; e o lutador de taekwondo Ícaro Miguel. Eles estarão em campanhas e nas redes sociais da operadora, dentre outras ações. O objetivo é aproximar ainda mais a torcida brasileira dos atletas, contando suas jornadas e reforçando os valores da marca, convidando todos a “imaginar as possibilidades” de conquistar e crescer por meio do esporte. A TIM valoriza e apoia a diversidade para construção de uma sociedade cada vez mais inclusiva e buscou refletir essa preocupação no seu grupo de embaixadores, com representantes de grupos socialmente minorizados como negros, pessoas com deficiência e LGBTI+.


Atletas de alto rendimento e com grande histórico de vitórias. Mas que relatam histórias de bullying e superação dentro e fora do esporte. Ana Patrícia, mineira de Espinosa, sofreu com sua altura “fora dos padrões” para uma adolescente até se encontrar nas quadras de vôlei. Negra e homossexual, luta contra o preconceito e apoia diferentes movimentos antirracistas e anti-homofóbicos. Nascida em Fortaleza, Rebecca teve uma gravidez inesperada aos 20 anos que quase a fez desistir do esporte. A dupla começou a jogar junta em 2017, vencendo diversas etapas do Circuito Mundial e garantindo uma vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio.


A parceria entre TIM e COB é válida até 31 de dezembro de 2021 e a empresa não divulga os valores do contrato. Dentre as contrapartidas negociadas estão a exposição da marca em eventos e ações do Comitê e nos locais de treinamento do Time Brasil. A operadora poderá levar clientes e parceiros para conhecer essas bases de preparação, inclusive no Japão, e ver de perto como funciona o backstage da delegação na grande competição. Está prevista ainda a entrega do Troféu TIM Transforma no Prêmio Brasil Olímpico, homenageando iniciativas e personagens com histórias de transformação por meio do esporte. Vale ressaltar que qualquer ação só acontecerá se for seguro para todos os envolvidos, levando em consideração a evolução da pandemia de Covid-19 em todo o mundo.


Nos Jogos da Juventude, que devem reunir mais de 4,5 mil atletas de 15 a 17 anos e outros 2 mil profissionais, a marca da TIM estará presente nas arenas e nos uniformes dos Embaixadores Transforma. Já para o Transforma, haverá exposição do logo na plataforma de ensino, vídeos e demais materiais. O Instituto TIM avalia ainda como integrar seus projetos ao programa, que usa os valores olímpicos – como respeito, amizade e excelência – para estimular novas atitudes e comportamentos no ambiente escolar.


“A chegada da TIM ao Movimento Olímpico do Brasil é um motivo de grande orgulho e ressalta a importância dos valores do esporte para a sociedade e para as marcas. Queremos fazer da conexão entre TIM e COB um marco em nossa história olímpica”, afirma o presidente do COB, Paulo Wanderley Teixeira.


 


A TIM e o esporte


Desde o início das suas operações no Brasil, há mais de 20 anos, a TIM buscou estar próxima do esporte nacional – vide o primeiro garoto-propaganda da marca, Ronaldo Fenômeno. Ao longo das últimas décadas, a operadora patrocinou diferentes clubes de futebol, equipes de vôlei e basquete, competições, eventos e projetos sociais ligados ao esporte.


Atualmente, a TIM patrocina os quatro maiores clubes de futebol do Rio de Janeiro: Flamengo, Vasco, Botafogo e Fluminense. Os contratos existem há, pelo menos, três anos e foram renovados em junho de 2020, com vigência até 2022. A parceria com o Flamengo é a mais antiga, desde 2011, e inclui também o time de basquete masculino.


Além disso, a operadora acaba de renovar sua parceria com a Confederação Brasileira de Rugby (CBRu) e estenderá o patrocínio às seleções feminina e masculina até o fim de 2022. Com isso, estará com as Yaras – como são conhecidas as jogadoras da equipe nacional – nos jogos de Tóquio. As atletas estrelam, inclusive, uma websérie sobre diversidade e inclusão já disponível nas redes sociais da empresa.


 


Sobre a TIM


“Evoluir juntos com coragem, transformando tecnologia em liberdade” é o propósito da TIM, que atua em todo o Brasil com serviços de telecomunicações, focada nos pilares de inovação, experiência do cliente e agilidade. A empresa é reconhecida por liderar movimentos importantes do mercado desde o início de suas operações no país e está à frente da transformação digital da sociedade, em linha com a assinatura da marca: "Imagine as possibilidades". É, desde 2015, líder em cobertura 4G no Brasil, conectando, inclusive, o campo para viabilizar a inovação no agronegócio. Foi pioneira na ativação de redes 5G no país, com a criação dos Living Labs em 2019, e está pronta para a próxima geração de redes móveis.


A TIM valoriza a diversidade e promove uma cultura sempre mais inclusiva, com um ambiente de trabalho pautado no respeito. A companhia atua comprometida com as melhores práticas ambientais, sociais e de governança e, por isso, integra importantes carteiras da bolsa brasileira, como a do S&P/B3 Brasil ESG, do Índice de Carbono Eficiente (ICO2) e do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), sendo operadora por mais períodos consecutivos – 13 anos – nesta lista. Faz parte ainda do Novo Mercado da B3, reconhecido como nível máximo de governança corporativa, e foi a primeira empresa de telefonia reconhecida pela Controladoria-Geral da União (CGU) com o selo "Pró-ética".


Para mais informações, acesse www.tim.com.br.


 


Sobre o COB


O Comitê Olímpico do Brasil (COB) é uma organização não governamental, filiada ao Comitê Olímpico Internacional (COI), que trabalha na gestão técnica, administrativa e política do esporte nacional. A missão do COB é desenvolver e representar com excelência o esporte de alto rendimento do Brasil, trabalhando na melhoria de resultados esportivos do Time Brasil, elevando a maturidade de gestão do COB e Confederações filiadas e fortalecendo a imagem do esporte olímpico brasileiro. É dever do COB ainda proteger e promover os valores olímpicos em território nacional.


Ao longo de seus 106 anos de existência (fundado em 8 de junho de 1914), o COB já levou o Brasil à conquista de 129 medalhas (30 de ouro, 36 de prata, 63 de bronze) em Jogos Olímpicos e 37 medalhas em Jogos Olímpicos da Juventude (11 de ouro, 15 de prata e 11 de bronze.


Coca-Cola, Airbnb, Alibaba Group, Atos, Bridgestone, Dow, GE, Intel, Omega, Panasonic, P&G, Samsung, Toyota e Visa são Patrocinadores Olímpicos Mundiais (programa TOP do Comitê Olímpico Internacional). O COB tem o patrocínio das empresas: TIM, Estácio e Peak - Patrocinadores Oficiais; Aliansce e Travel Ace - Apoiadores Oficiais; Ajinomoto, BRW e Havaianas - Parceiros Oficiais; e Max Recovery e Wöllner - Fornecedores Oficiais.


O COB possui também parceria com as Loterias Caixa, que, conforme previsto por lei, repassam 1,7% do valor apostado em todas as loterias federais do país para investimento no esporte olímpico brasileiro, e com a Match Hospitality AG - Revendedora de Ingresso e Pacote Oficial para os Jogos Olímpicos Tóquio 2020.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Pá eólica- Gravíssimo acidente na BR-020, em Parambu, deixa dois mortos ; uma das vítimas sócio do Floresta Bar

    Um gravíssimo acidente foi registrado no inicio da manhã deste domingo, 30, na BR-020, KM 45, à altura da localidade de Pau Preto, Parambu. Segundo as informações preliminares, um carro de passeio de luxo, Modelo Audi, ano 2019, cor cinza, placas PBU- 1521, inscrição de Brasilia, DF, colidiu com uma carreta que transportava peças de energia eólica e acabou sendo praticamento esmagado. Segundo ainda informações preliminares, no veículo duas pessoas vieram a óbito e ficaram presas as ferragens. O Corpo de Bombeiros de Tauá foi acionado para resgatar os corpos que posteriormente foram identificados como: Omar Falcão Soares, 67 anos, e Alexandre Barbosa Soares, pai e filho, residentes em Fortaleza. A BR-020 se encontra interditada. Com informações do Repórter Abraão Barros e fotos de internautas

Tiroteio e pânico no Restaurante Paladar na avenida 13 de maio em Fortaleza; um homem foi atingido a tiros

Tiroteio e pânico no Restaurante Paladar em frente ao MCDonald's da Avenida 13 de Maio em Fortaleza. Um homem foi atingido a tiros dentro do Paladar por homens que desceram de um veículo Corolla para executá-lo. Informação não oficial revela que a vítima é o dono do Restaurante. Depois do crime, os  homens  entraram  no carro e fugiram.  Em seguida, quem estava no MCDonald's correu para perto da vítima . A ambulância do SAMU já chegou e nada da polícia. O barulho dos tiros parecia de fogos de artifício. Muita violência para esse fim de noite de domingo.. Atualização.. O Paladar entrou em contato com a gente pelas redes sociais e informou que a vítima foi um cliente. O dono do Restaurante não foi atingido.