Pular para o conteúdo principal

*Defesa de Prerrogativas: decisão judicial garante a atuação da advocacia em todos os atos do inquérito policial*

 


A OAB Ceará e a Subsecção de Sobral celebram uma vitória em defesa das prerrogativas previstas no Estatuto da Advocacia, no que se refere à atuação do advogado e da advogada em todos os atos do inquérito policial. Pela primeira vez houve uma decisão judicial que trata sobre isso e que anulou o depoimento das testemunhas que haviam sido ouvidas sem a presença do advogado, após negativa formal da delegada para tanto. A decisão foi proferida pelo juiz de direito Guido de Freitas Bezerra.


De acordo com o presidente da OAB Subsecção de Sobral, Rafael Ponte, a delegada de polícia civil da Comarca de Granja proibiu a atuação do advogado João Saldanha de Brito Júnior no depoimento das testemunhas no inquérito policial, restringindo a participação dele apenas ao depoimento do seu cliente. Diante dos fatos, a OAB Ceará e a OAB Subsecção de Sobral apresentaram petição requerendo habilitação na condição de assistente processual no pedido de Habeas Corpus impetrado pelo causídico nominado, para ver respeitado os direitos e garantias constitucionais de seu cliente e também as suas prerrogativas profissionais no que se refere ao livre exercício da advocacia (Art. 7º, I, da Lei Federal 8.906/94 - Estatuto da Advocacia e OAB). A decisão judicial foi favorável ao pleno exercício da advocacia, uma vez que acolheu o pleito apresentado e ainda anulou os depoimentos que haviam sido tomados sem a presença do advogado.


"Defendemos a atuação do advogado e da advogada no inquérito policial, devendo participar de todos os atos, inclusive fazendo perguntas e quesitos. É isso o que assegura o Estatuto da Advocacia, da Lei Federal n. 8.906/94 e que, infelizmente, uma minoria de delegados não vinha respeitando. Ainda não tínhamos uma decisão judicial sobre esse fato. Essa decisão é muito importante porque abre precedente para que os delegados no Ceará e de todo o Brasil mudem o entendimento e garantam à advocacia o direito de participar de todos os atos do inquérito policial, seja do interrogatório, do depoimento de testemunhas e das vítimas", esclareceu Rafael Ponte.


Para Erinaldo Dantas, presidente da OAB Ceará, a decisão judicial merece ser comemorada, uma vez que garante o cumprimento daquilo que está previsto na Lei 13.245/2016 que alterou o art. 7º, XXI da Lei 8.906/94, com o objetivo de ampliar a atuação do advogado de defesa, buscando assim, garantir uma maior eficácia aos direitos constitucionais conferidos a todos os cidadãos que, por algum motivo, sejam investigados em procedimentos inquisitivos. "Ao mesmo tempo, essa decisão torna-se jurisprudência  e exerce o importante papel de atualizar as disposições legais para que os delegados no Ceará e de todo o Brasil mudem o entendimento e garantam à advocacia o direito de participar de todos os atos do inquérito policial. A violação das  prerrogativas profissionais do advogado consagradas na Lei n. 8.906/94 impedem o bom andamento da Justiça. Sendo assim, seremos incansáveis na defesa do respeito às prerrogativas da advocacia para a garantia e preservação do Estado Democrático de Direito", salientou.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Pá eólica- Gravíssimo acidente na BR-020, em Parambu, deixa dois mortos ; uma das vítimas sócio do Floresta Bar

    Um gravíssimo acidente foi registrado no inicio da manhã deste domingo, 30, na BR-020, KM 45, à altura da localidade de Pau Preto, Parambu. Segundo as informações preliminares, um carro de passeio de luxo, Modelo Audi, ano 2019, cor cinza, placas PBU- 1521, inscrição de Brasilia, DF, colidiu com uma carreta que transportava peças de energia eólica e acabou sendo praticamento esmagado. Segundo ainda informações preliminares, no veículo duas pessoas vieram a óbito e ficaram presas as ferragens. O Corpo de Bombeiros de Tauá foi acionado para resgatar os corpos que posteriormente foram identificados como: Omar Falcão Soares, 67 anos, e Alexandre Barbosa Soares, pai e filho, residentes em Fortaleza. A BR-020 se encontra interditada. Com informações do Repórter Abraão Barros e fotos de internautas

Tiroteio e pânico no Restaurante Paladar na avenida 13 de maio em Fortaleza; um homem foi atingido a tiros

Tiroteio e pânico no Restaurante Paladar em frente ao MCDonald's da Avenida 13 de Maio em Fortaleza. Um homem foi atingido a tiros dentro do Paladar por homens que desceram de um veículo Corolla para executá-lo. Informação não oficial revela que a vítima é o dono do Restaurante. Depois do crime, os  homens  entraram  no carro e fugiram.  Em seguida, quem estava no MCDonald's correu para perto da vítima . A ambulância do SAMU já chegou e nada da polícia. O barulho dos tiros parecia de fogos de artifício. Muita violência para esse fim de noite de domingo.. Atualização.. O Paladar entrou em contato com a gente pelas redes sociais e informou que a vítima foi um cliente. O dono do Restaurante não foi atingido.