Pular para o conteúdo principal

MPCE e MPF recomendam ampliação de leitos Covid no Hospital Universitário Walter Cantídio

 O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) e o Ministério Público Federal (MPF) recomendaram, nessa quarta-feira (03/03), a adoção das medidas necessárias para ampliar o número de leitos para atendimento de pacientes com Covid-19 no Hospital Universitário Walter Cantídio. A recomendação foi direcionada à Reitoria da Universidade Federal do Ceará (UFC), à direção do Hospital Universitário, à Superintendência da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH) e às Secretarias de Saúde do Município de Fortaleza (SMS) e do Estado (Sesa).

Além da imediata ampliação dos leitos de enfermaria e de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), o Ministério Público requer a suspensão das cirurgias eletivas nos termos da recomendação da Sesa e a priorização do atendimento de pacientes Covid, em face da grave crise e do iminente colapso da rede de saúde pública e privada. O MP recomenda, ainda, a elaboração urgente de plano de contingência de ampliação para a capacidade máxima de leitos, considerando instalações e profissionais de saúde disponíveis. Também é requisitada a apresentação de plano com a construção de anexo ao Hospital Walter Cantídio (Hospital de Campanha).

Entre as informações solicitadas pelo MPCE e pelo MPF na recomendação, destacam-se: quantidade atual de leitos de enfermaria e de UTI Covid e não Covid na rede EBSERH em Fortaleza e número dos que estão ocupados em cada um dos setores; aumento total do número de leitos de enfermaria e de UTI em 2021 e quantos ainda serão criados nos próximos dias; número atual de profissionais de saúde, inclusive professores universitários, que trabalham na rede EBSERH em Fortaleza; e quantidade de profissionais de saúde contratados para ampliar a capacidade assistencial da EBSERH em 2021.

À EBSERH, o Ministério Público requer, no prazo de cinco dias, dados sobre a aquisição dos insumos necessários para o atendimento de pacientes Covid e as providências adotadas. Por sua vez, a Central de Regulação do Município deverá informar quantos pacientes foram regulados para o Hospital Universitário para leitos de enfermaria e UTI Covid e não Covid no ano de 2021. Já o Município de Fortaleza deverá apresentar cópia da contratualização com a EBSERH e proceder à auditagem da contratualização e do cumprimento dos termos pela contratada.

Por fim, a Secretaria de Saúde deve informar qual é o papel do Hospital Universitário na ampliação da rede estadual; quantas vagas existem atualmente de leitos Covid e não Covid, comparando com antes da pandemia e com o auge no ano passado; quantas vagas foram ofertadas pelo Hospital antes e no auge da pandemia; como o Hospital pode participar da ampliação da capacidade de assistência no atual momento; bem como qual é a capacidade máxima, inclusive com Hospital de Campanha, que a EBSERH poderia ofertar tendo em vista as instalações do Hospital e os profissionais ali existentes.

A Reitoria da UFC, a direção do Hospital, a Superintendência da EBSERH, a SMS e a Sesa têm prazo de cinco dias para enviar os dados requisitados e informar ao Ministério Público as providências adotadas. A recomendação é assinada pela procuradora de Justiça Isabel Pôrto; pelos promotores de Justiça Eneas Romero, coordenador do Centro de Apoio Operacional da Cidadania (Caocidadania), Ana Cláudia Uchoa, titular da 137ª Promotoria de Justiça de Fortaleza, e Lucy Antoneli, titular da 138ª Promotoria de Justiça de Fortaleza; todos membros do MPCE; bem como pelos procuradores da República Alessander Wilckson Cabral Sales, Ana Karízia Távora Teixeira Nogueira, Márcio Andrade Torres, Nilce Cunha Rodrigues e Ricardo Magalhães de Mendonça, estes membros do MPF.

Acesse a Recomendação.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pá eólica- Gravíssimo acidente na BR-020, em Parambu, deixa dois mortos ; uma das vítimas sócio do Floresta Bar

    Um gravíssimo acidente foi registrado no inicio da manhã deste domingo, 30, na BR-020, KM 45, à altura da localidade de Pau Preto, Parambu. Segundo as informações preliminares, um carro de passeio de luxo, Modelo Audi, ano 2019, cor cinza, placas PBU- 1521, inscrição de Brasilia, DF, colidiu com uma carreta que transportava peças de energia eólica e acabou sendo praticamento esmagado. Segundo ainda informações preliminares, no veículo duas pessoas vieram a óbito e ficaram presas as ferragens. O Corpo de Bombeiros de Tauá foi acionado para resgatar os corpos que posteriormente foram identificados como: Omar Falcão Soares, 67 anos, e Alexandre Barbosa Soares, pai e filho, residentes em Fortaleza. A BR-020 se encontra interditada. Com informações do Repórter Abraão Barros e fotos de internautas

Tiroteio e pânico no Restaurante Paladar na avenida 13 de maio em Fortaleza; um homem foi atingido a tiros

Tiroteio e pânico no Restaurante Paladar em frente ao MCDonald's da Avenida 13 de Maio em Fortaleza. Um homem foi atingido a tiros dentro do Paladar por homens que desceram de um veículo Corolla para executá-lo. Informação não oficial revela que a vítima é o dono do Restaurante. Depois do crime, os  homens  entraram  no carro e fugiram.  Em seguida, quem estava no MCDonald's correu para perto da vítima . A ambulância do SAMU já chegou e nada da polícia. O barulho dos tiros parecia de fogos de artifício. Muita violência para esse fim de noite de domingo.. Atualização.. O Paladar entrou em contato com a gente pelas redes sociais e informou que a vítima foi um cliente. O dono do Restaurante não foi atingido. 

Avião bimotor cai em São Benedito na Serra da Ibiapaba. Bombeiros de Sobral estão indo para o local. Não se tem notícias de vítimas ainda.

Uma das vítimas: Piloto e segunda vítima :