Pular para o conteúdo principal

MPCE, MPT e Defensoria Pública verificam estrutura de escolas municipais de Fortaleza para retorno das aulas presenciais

 

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), Ministério Público do Trabalho (MPT) e Defensoria Pública Estadual (DPCE) visitaram, na manhã desta segunda-feira (19/04), mais seis escolas da rede municipal de ensino de Fortaleza. As visitas têm como objetivo verificar a estrutura das unidades para o possível retorno das aulas presenciais. Até esta segunda, 13 instituições de ensino, sendo 11 administradas pelo Município de Fortaleza e duas escolas administradas pelo Governo do Estado já foram visitadas pelo MPCE, MPT e Defensoria Pública.

Participaram da visita, representando o MPCE: o coordenador do Centro de Apoio Operacional da Saúde (Caosaúde), promotor de Justiça Eneas Romero; o titular da 11ª Promotoria de Justiça de Fortaleza, promotor de Justiça Francisco Elnatan de Oliveira; e a pedagoga do Centro de Apoio Operacional da Educação (Caoeduc), Débora Caetano Lima. A DPCE esteve representada pelas defensoras públicas Mariana Lobo, supervisora do Núcleo de Direitos Humanos e Ações Coletivas (NDHAC), e Julliana Andrade, supervisora do Núcleo de Atendimento da Defensoria Pública da Infância e da Juventude (Nadij). Já pelo MPT-CE participaram a procuradora-chefe Mariana Férrer e a procuradora Georgia Aragão. A secretária de Educação do Município de Fortaleza, Dalila Saldanha, e o secretário adjunto da Pasta, Jefferson Maia, além da coordenadora colegiada do Centro de Defesa da Criança e do Adolescente (Cedeca-CE), Marina Araújo Braz – que representou o Conselho Estadual de Defesa dos Direitos Difusos (CEDDD) –, também acompanharam as visitas.

De um modo geral, segundo o coordenador do Caosaúde, as unidades visitadas nesta segunda-feira apresentaram condições adequadas para um retorno seguro às atividades presenciais, sendo que várias necessitem de pequenas adequações e uma no Cristo Redentor necessite de mais adaptações. Eneas Romero destaca que, à medida que as autoridades sanitárias autorizem, o retorno às atividades presenciais deve ser implementado. “Essa medida precisa ser feita para garantir o direito à Educação, bem como para impedir que a desigualdade social aumente, já que o ensino remoto está causando dificuldades pedagógicas, problemas sociais, além de problemas econômicos futuros, já que as crianças não estão sendo capacitadas adequadamente”, reforça o promotor de Justiça, lembrando que o ensino infantil e o 1º e o 2º ano do Ensino Fundamental I já estão com aulas presenciais permitidas, conforme autorizado em decreto estadual.

A procuradora-chefe do MPT-CE, Mariana Férrer, pontua que, nas visitas, MPCE, MPT e Defensoria Pública sugeriram medidas simples para aprimorar o ambiente escolar e proteger a saúde de alunos e profissionais. “Em relação a uma das escolas visitadas, no bairro Pirambu, considerou-se a necessidade de um investimento em melhorias, tais como iluminação das salas de aula e acessibilidade para pessoas com deficiência”, lembrou a representante do MPT-CE.

A defensora pública Mariana Lobo reafirma que o retorno gradual, com algumas ressalvas e readequações da rede, é possível. “Destaco que o mais importante destas inspeções tem sido o diálogo profícuo que o Sistema de Justiça tem tido com a comunidade escolar, professores, diretores e colaboradores das escolas, na perspectiva de propor avanços e melhorias possíveis para ancorar um retorno seguro e minimizar os efeitos da pandemia na vida das crianças e adolescentes”, complementa a supervisora do Núcleo de Direitos Humanos e Ações da Defensoria Pública Estadual.

Confira a lista das escolas visitadas:

Escolas da rede municipal de ensino de Fortaleza
• Escola Municipal (EM) Tais Maria Bezerra Nogueira (Jangurussu) – visitada em 14 de abril;
• Centro de Educação Infantil (CEI) Professor Lauro de Oliveira Lima (Jangurussu) – visitada em 14 de abril;
• EM César Cals (Conjunto Palmeiras) – visitada em 14 de abril;
• EM Madre Teresa de Calcutá (Fátima) – visitada em 14 de abril;
• EM José Dias Macedo (Meireles) – visitada em 14 de abril;
• EM Professora Lirêda Facó (Granja Lisboa) – visitada em 19 de abril;
• EM Escola Municipal João Mendes de Andrade (Granja Lisboa) – visitada em 19 de abril;
• Escola de Tempo Integral Expedito Parente (Siqueira) – visitada em 19 de abril;
• CEI Vila do Mar (Barra do Ceará) – visitada em 19 de abril;
• Escola de Ensino Fundamental Cristo Redentor (Pirambu) – visitada em 19 de abril;
• CEI Francisco Nogueira da Silva (Siqueira) – visitada em 19 de abril.

Escolas estaduais
• Escola de Ensino Médio em Tempo Integral (EEMTI) Jenny Gomes (Aeroporto) – visitada em 8 de abril;
• EEMTI João Nogueira Jucá (Sapiranga) – visitada em 8 de abril.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pá eólica- Gravíssimo acidente na BR-020, em Parambu, deixa dois mortos ; uma das vítimas sócio do Floresta Bar

    Um gravíssimo acidente foi registrado no inicio da manhã deste domingo, 30, na BR-020, KM 45, à altura da localidade de Pau Preto, Parambu. Segundo as informações preliminares, um carro de passeio de luxo, Modelo Audi, ano 2019, cor cinza, placas PBU- 1521, inscrição de Brasilia, DF, colidiu com uma carreta que transportava peças de energia eólica e acabou sendo praticamento esmagado. Segundo ainda informações preliminares, no veículo duas pessoas vieram a óbito e ficaram presas as ferragens. O Corpo de Bombeiros de Tauá foi acionado para resgatar os corpos que posteriormente foram identificados como: Omar Falcão Soares, 67 anos, e Alexandre Barbosa Soares, pai e filho, residentes em Fortaleza. A BR-020 se encontra interditada. Com informações do Repórter Abraão Barros e fotos de internautas

Tiroteio e pânico no Restaurante Paladar na avenida 13 de maio em Fortaleza; um homem foi atingido a tiros

Tiroteio e pânico no Restaurante Paladar em frente ao MCDonald's da Avenida 13 de Maio em Fortaleza. Um homem foi atingido a tiros dentro do Paladar por homens que desceram de um veículo Corolla para executá-lo. Informação não oficial revela que a vítima é o dono do Restaurante. Depois do crime, os  homens  entraram  no carro e fugiram.  Em seguida, quem estava no MCDonald's correu para perto da vítima . A ambulância do SAMU já chegou e nada da polícia. O barulho dos tiros parecia de fogos de artifício. Muita violência para esse fim de noite de domingo.. Atualização.. O Paladar entrou em contato com a gente pelas redes sociais e informou que a vítima foi um cliente. O dono do Restaurante não foi atingido. 

Irmão do prefeito de Caucaia e candidato a reeleição, Naumi Amorim, teria sido preso suspeito de crime eleitoral com grande quantidade de dinheiro. Polícia Federal não confirma prisão

 A abordagem foi realizada pela Polícia Civil e por se tratar de possível ilícito eleitoral. Ele teria sido encaminhado para a Polícia Federal juntamente com três secretários da Prefeitura. Além do dinheiro, cerca de 1 milhão de reais, foram apreendidos “Livros-caixas” da contabilidade. Por enquanto não foi confirmada a prisão pela Polícia Federal. Segundo a assessoria de imprensa do órgão, se foi para a PF, tem todo um procedimento de formalidades, desde ouvir o conduzido, testemunhas, analise do que foi apreendido etc. A PF não informa nome de pessoas. O site Ceará é Notícia entrou em contato com a Assessoria de Imprensa do candidato a fim de saber se o mesmo vai se manifestar.