Pular para o conteúdo principal

“Economia verde pode ser um dos grandes vetores de inovação e oportunidade para sociedade brasileira”, afirma CEO do grupo Natura &Co para a América Latina no Roda Viva

 


 



João Paulo Ferreira, que também é presidente da Natura, reafirmou no programa compromisso com proteção ambiental e progresso social


 


O presidente da Natura e CEO do grupo Natura &Co para a América Latina, João Paulo Ferreira, reafirmou, na noite desta segunda-feira, durante sua participação no programa Roda Viva, da TV Cultura, que é possível conciliar a proteção ambiental com o progresso social e econômico.



 “A economia verde pode ser um dos grandes vetores de inovação e oportunidade para a sociedade brasileira. Não se separa o ser humano da natureza, assim como não podemos separar alguns dos nossos papéis na sociedade, como por exemplo o consumidor e o cidadão. Um ato de consumo pode ser um ato de cidadania", afirmou João Paulo. “A história da Natura comprova que é possível proteger a natureza e gerar prosperidade”, reforçou o CEO.


A Natura tem um compromisso histórico com a sustentabilidade, um de seus pilares de atuação. Em mais de 20 anos de presença na Amazônia, a empresa contribuiu para conservar 2 milhões de hectares de floresta em pé, ao lado de parceiros e por meio do relacionamento com 34 comunidades agroextrativistas da região, abrangendo mais de 7 mil famílias.


Em 2020, a causa da conservação da Amazônia passou também a integrar as metas do grupo Natura &Co, composto por Natura, Avon, The Body Shop e Aesop. No documento Compromisso com a Vida – Visão 2030, divulgado pelo grupo no ano passado, diversos objetivos de conservação foram traçados, entre eles combater as mudanças climáticas e proteger a floresta. Uma das metas é reunir esforços coletivos para garantir o desmatamento zero da Amazônia até 2025. Para alcançar esse compromisso público, a Natura aposta na articulação com outras empresas, organizações e governos.


 


Sabatinado pelos jornalistas Cristiane Barbieri (Agência Estado), Isis Vergilio (Elle Brasil), Joana Cunha (Folha de S. Paulo), Leo Branco (Exame) e Vanessa Adachi (Capital Reset), em programa moderado por Vera Magalhães, João Paulo reforçou a atuação das empresas do grupo Natura &Co com toda a sua rede durante a crise sanitária causada pela Covid-19.


 


“Tivemos uma grande preocupação em manter a economia circulando. Muitas de nossas representantes e consultoras perderam os seus empregos e não tinham outra alternativa, se não a Consultoria de Beleza, para prover para as suas famílias. Nossos recursos de digitalização, que trabalhávamos já há alguns anos, se tornaram então essenciais para a relação dessas consultoras com as suas redes de contato”, explica João. “Não acredito que o digital substituirá o presencial, são atividades complementares. A digitalização faz com que as consultoras e representantes possam alcançar clientes que jamais atenderiam, em outros Estados, por exemplo”, comenta.


 


Para reduzir os impactos negativos na renda das consultoras, o grupo Natura &Co acelerou o desenvolvimento e o aprimoramento de ferramentas digitais, estendeu os prazos para pagamento de boletos de consultoras Natura e representantes Avon, e lançou um fundo emergencial de apoio para aquelas em situação de vulnerabilidade social, incluindo a oferta de serviços de telemedicina e atendimento psicológico. Com o agravamento da crise em 2021, o grupo decidiu intensificar seu compromisso social no combate à pandemia com a doação de R$ 30 milhões para iniciativas no Brasil e na América Hispânica.


 


O valor inclui a destinação de R$ 4 milhões para o Conectar (Consórcio Nacional de Vacinas das Cidades Brasileiras),  criado pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP) e que já conta com a adesão de mais de 1,8 mil municípios para acelerar a imunização da população, em complemento aos contratos firmados pelo governo federal no âmbito do Plano Nacional de Imunização. O valor será destinado à compra de insumos hospitalares e vacinas contra a Covid-19, quando disponíveis.


 


Ainda no ano passado, com o aumento das denúncias de casos de violência de gênero em função da necessidade de medidas de distanciamento social, todos os negócios do grupo Natura &Co aderiram à campanha #IsoladasSimSozinhasNão, movimento de enfrentamento à violência doméstica. Protocolos locais de apoio às colaboradoras em situação de violência do grupo foram ampliados para todas as empresas de Natura &Co na América Latina.


 


Questionado sobre o cenário de diversidade nas empresas do grupo, João Paulo reforçou o compromisso global de aumentar o número de mulheres na liderança e no Conselho de Administração de 35% para 50% até 2023, bem como garantir paridade de gênero e remuneração igualitária entre toda a sua força de trabalho até 2023, contribuindo para promover a equidade de gênero na organização. Em 2020, Natura &Co América Latina alcançou 51% de mulheres em cargos de alta liderança na companhia.


 


Diversidade é uma crença fundamental para as empresas do grupo. “Nos últimos anos, estamos atuando para fazer frente à ainda baixa representatividade de colaboradores negros em nossos quadros de lideranças por meio do aprimoramento de processos internos de seleção e atração”.


 


Para promover a diversidade na companhia, o grupo se comprometeu a ter  30% dos cargos de gestão ocupados por grupos sub-representados (considerando aspectos como diversidade étnico-racial, de gênero e LGBTQIA+, desfavorecidos social e economicamente e pessoas com deficiência). Por meio de um quadro de colaboradores mais diverso, a empresa pretende contribuir para a pluralidade de ideias e perspectivas no ambiente de trabalho e estimular potenciais individuais e coletivos diferenciados, com um olhar atento a diversos cenários, dificuldades, realidades e pessoas.


 


Visando alcançar esse objetivo, a empresa vem implementando processos seletivos mais inclusivos, que incluem garantir que pelo menos 50% dos finalistas sejam mulheres e metas de contratação de pelo menos 50% de estagiários negros. A companhia também investe em ações de conscientização de colaboradores e sensibilização de lideranças com o intuito de perpetuar valores importantes defendidos pela empresa, como a inclusão.


 


Sobre Natura &Co


Natura &Co é um grupo global de cosméticos, multimarca e multicanal, que inclui Avon, Natura, The Body Shop e Aesop. Em 2020, o grupo registrou receita líquida de R$ 36,9 bilhões. Os quatro negócios que compõem o grupo estão empenhados em gerar impactos econômicos, sociais e ambientais positivos. Há 130 anos, a Avon é sinônimo de mulher: oferecendo produtos de beleza inovadores e de qualidade que são vendidos principalmente para mulheres, pelas mulheres. Fundada em 1969, a Natura é uma multinacional brasileira do segmento de cosméticos e higiene pessoal, líder em vendas diretas. Fundada em 1976 em Brighton, na Inglaterra, por Anita Roddick, The Body Shop é uma marca global de beleza que busca fazer  diferença positiva no mundo. A marca de beleza australiana Aesop foi fundada em 1987 com o objetivo de criar uma linha de produtos superlativos para a pele, o cabelo e o corpo.



Sobre a Natura


Fundada em 1969, a Natura é uma multinacional brasileira de higiene e cosmética. Conta com mais de 1.8 milhão de consultoras na América Latina, sendo líder no setor de venda direta no Brasil. Faz parte de Natura &Co, resultado da combinação entre as marcas Avon, Natura, The Body Shop e Aesop. A Natura foi a primeira companhia de capital aberto a receber a certificação de empresa B no mundo, em dezembro de 2014, o que reforça sua atuação transparente e sustentável nos aspectos social, ambiental e econômico. É também a primeira empresa brasileira a conquistar o selo "The Leaping Bunny", concedido pela organização de proteção animal Cruelty Free International, em 2018, que atesta o compromisso da empresa com a não realização de testes em animais de seus produtos ou ingredientes. Com operações na Argentina, Chile, Colômbia, Estados Unidos, França, México, Peru e Malásia, os produtos da marca Natura podem ser adquiridos com as Consultoras, por meio do e-commerce, app Natura, nas lojas próprias ou nas franquias "Aqui tem Natura". Para mais informações, visite www.natura.com.br  ou acesse os perfis da empresa nas redes sociais: LinkedIn, Facebook e Instagram.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ajudem a jornalista Marina Alves- TV Verdes Mares

 Oi, gente! Boa noite! Os últimos dias de tratamento foram bem difíceis, por isso fiquei mais ausente por aqui. Agora, começo a recuperar um pouco as forças com a ajuda de transfusões de hemácias e plaquetas. No sentido mais literal que existe, doações que estão salvando a minha vida. Por isso, gostaria de pedir a quem quiser/puder, que me ajude e, consequentemente, ajude outras pessoas com o simples gesto de doar. Pra isso, é só chegar no Fujsan e dizer que quer doar hemácias e plaquetas pra Marina Alves Bezerra. Me disseram que precisa só do nome mesmo, mas se perguntarem mais alguma coisa, lá vai: Nasc 11/04/1989 / CPF: 037.610.203-92 / Inertada no setor de oncologia do Hospital da Unimed. Soube que plaquetas só podem ser doadas por homens, com veias calibrosas. Mas hemácias é uma doação de sangue “normal”. Outra coisa. Soube hoje pelo médico que me acompanha, que além do tratamento de quimioterapia já iniciado, vou precisar de um transplante de medula. Como não tenho irmãos, as cha

Irmão do prefeito de Caucaia e candidato a reeleição, Naumi Amorim, teria sido preso suspeito de crime eleitoral com grande quantidade de dinheiro. Polícia Federal não confirma prisão

 A abordagem foi realizada pela Polícia Civil e por se tratar de possível ilícito eleitoral. Ele teria sido encaminhado para a Polícia Federal juntamente com três secretários da Prefeitura. Além do dinheiro, cerca de 1 milhão de reais, foram apreendidos “Livros-caixas” da contabilidade. Por enquanto não foi confirmada a prisão pela Polícia Federal. Segundo a assessoria de imprensa do órgão, se foi para a PF, tem todo um procedimento de formalidades, desde ouvir o conduzido, testemunhas, analise do que foi apreendido etc. A PF não informa nome de pessoas. O site Ceará é Notícia entrou em contato com a Assessoria de Imprensa do candidato a fim de saber se o mesmo vai se manifestar. 

Boletim de saúde sobre Normando Sóracles

 Boletim manhã 05/12 Normando Soracles segue internado na UTI do hospital São Camilo em Fortaleza onde deu entrada na noite do dia 01/12. Encontra-se sedado, se mantendo clinicamente estável após intubação orotraqueal realizada na manhã do dia 03/12. Apresentou melhora significativa do quadro respiratório e dos exames laboratoriais em comparação ao dia anterior. Mantendo-se sem febre e sem leucocitose. Vem respondendo satisfatoriamente a pronação (técnica que consiste em alternar a posição de deitada) mais conhecida como "posição do nadador". Novos exame serão realizados ao fim desta tarde.   Seguimos cada vez mais confiantes na sua plena recuperação. Tendo a convicção plena que Deus é conosco!