Pular para o conteúdo principal

Uece contratará profissionais especializados para fortalecer plano de acessibilidade

 acessibilidade.jpeg

Comprometida com a construção de uma sociedade mais justa e com oportunidades iguais para todos, a Universidade Estadual do Ceará (Uece) está preparando processo licitatório para contratação de empresa terceirizada que forneça profissionais especializados para fortalecer o plano institucional de inclusão das pessoas com deficiência (PcD). Ao todo, serão contratados 39 profissionais por meio de empresa terceirizada e sob a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). As vagas estão divididas entre as áreas de Audiodescrição (3), Interpretação e Libras (24) e Auxiliares Administrativos (12), estes últimos para a tarefa de acompanhante/mediador, cuja finalidade será atender os alunos dos cursos de graduação com deficiência que necessitem desse serviço. Serão contemplados todos os campi da Uece: Limoeiro do Norte, Quixadá, Iguatu, Crateús, Tauá, Mombaça, Itapipoca, Fortaleza/Itaperi e Fortaleza/Fátima.

“A UECE, que tem como um de seus pilares o compromisso com a cidadania, vem se empenhando em promover a acessibilidade e a inclusão das pessoas com deficiência como direito universal a todos os indivíduos, independentemente de suas características físicas, sensoriais e intelectuais, conforme postula nossa Constituição Federal, em seu artigo 208, sobre o dever do Estado com a educação”, destaca a assessora de Acessibilidade e Inclusão da Uece, professora Marisa Aderaldo.

De acordo a professora, a Uece tem recebido um número crescente de estudantes com os mais diversos tipos de deficiência, seja auditiva, seja visual, física ou intelectual, exigindo da Universidade estratégias de apoio e de acolhimento desses alunos para que eles consigam desenvolver suas aptidões em igualdade de condições com os demais. Atualmente, são 103 estudantes com baixa visão ou cegueira, 5 estudantes com deficiência intelectual, 1 com deficiências múltiplas e 18 com deficiência auditiva. Assim, a contratação de mão de obra especializada é necessária para garantir o acompanhamento específico de que muitos desses alunos necessitam.

"Na última década, o movimento pela inclusão socioeducacional de alunos com deficiência ganhou reforço ao alcançar a Educação Superior que, a exemplo do que vinha ocorrendo com a Educação Básica, viu-se diante de um cenário de urgentes mudanças. O ingresso desses estudantes com deficiência sempre existiu. Entretanto, a aprovação da Lei de Cotas, inicialmente em âmbito federal, seguida da Lei de Cotas para IES no Estado do Ceará (Lei n.º 16.197, de 17.01.2017) trouxe novas perspectivas e novos desafios, que vão da adequação arquitetônica à adequação acadêmica e pedagógica, cobrando preparo dos professores, dos servidores e de toda a comunidade unida em prol do bem comum", destaca a assessora de Acessibilidade e Inclusão da Uece, professora Marisa Aderaldo.

Permanência

A professora Marisa Aderaldo ressalta que, além de receber os estudantes com deficiência, a Universidade precisa estar atenta às necessidades desses estudantes e atuar para que eles consigam permanecer nos cursos e superar os desafios existentes, desde questões relativas à estrutura física dos locais de ensino, até a mudança de perspectiva das pessoas que formam o corpo da instituição. A permanência exitosa requer a eliminação de vários tipos de barreiras, sendo essencial promover, antes de tudo, a eliminação das barreiras atitudinais, que, por estarem, muitas vezes, fundadas em preconceitos ou em estereótipos, produzem a discriminação e a exclusão social, cultural e educacional dessas pessoas", diz.

Momento histórico

Para a professora Marisa Aderaldo, a contratação de um amplo quadro técnico para atender às demandas das pessoas com deficiência é um momento histórico a celebrar. “A tão esperada chegada desses profissionais reforça a convicção da atual gestão de que temos uma dívida histórica para com as pessoas com deficiência e de que a educação de qualidade passa pelo ensino para todos, sem nenhuma forma de exclusão. Muito mais do que um projeto institucional, a inclusão deve ser um princípio assumido entre todos os agentes do entorno escolar (docentes, servidores, colegas, comunidade)”, reforça.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ajudem a jornalista Marina Alves- TV Verdes Mares

 Oi, gente! Boa noite! Os últimos dias de tratamento foram bem difíceis, por isso fiquei mais ausente por aqui. Agora, começo a recuperar um pouco as forças com a ajuda de transfusões de hemácias e plaquetas. No sentido mais literal que existe, doações que estão salvando a minha vida. Por isso, gostaria de pedir a quem quiser/puder, que me ajude e, consequentemente, ajude outras pessoas com o simples gesto de doar. Pra isso, é só chegar no Fujsan e dizer que quer doar hemácias e plaquetas pra Marina Alves Bezerra. Me disseram que precisa só do nome mesmo, mas se perguntarem mais alguma coisa, lá vai: Nasc 11/04/1989 / CPF: 037.610.203-92 / Inertada no setor de oncologia do Hospital da Unimed. Soube que plaquetas só podem ser doadas por homens, com veias calibrosas. Mas hemácias é uma doação de sangue “normal”. Outra coisa. Soube hoje pelo médico que me acompanha, que além do tratamento de quimioterapia já iniciado, vou precisar de um transplante de medula. Como não tenho irmãos, as cha

Irmão do prefeito de Caucaia e candidato a reeleição, Naumi Amorim, teria sido preso suspeito de crime eleitoral com grande quantidade de dinheiro. Polícia Federal não confirma prisão

 A abordagem foi realizada pela Polícia Civil e por se tratar de possível ilícito eleitoral. Ele teria sido encaminhado para a Polícia Federal juntamente com três secretários da Prefeitura. Além do dinheiro, cerca de 1 milhão de reais, foram apreendidos “Livros-caixas” da contabilidade. Por enquanto não foi confirmada a prisão pela Polícia Federal. Segundo a assessoria de imprensa do órgão, se foi para a PF, tem todo um procedimento de formalidades, desde ouvir o conduzido, testemunhas, analise do que foi apreendido etc. A PF não informa nome de pessoas. O site Ceará é Notícia entrou em contato com a Assessoria de Imprensa do candidato a fim de saber se o mesmo vai se manifestar. 

Boletim de saúde sobre Normando Sóracles

 Boletim manhã 05/12 Normando Soracles segue internado na UTI do hospital São Camilo em Fortaleza onde deu entrada na noite do dia 01/12. Encontra-se sedado, se mantendo clinicamente estável após intubação orotraqueal realizada na manhã do dia 03/12. Apresentou melhora significativa do quadro respiratório e dos exames laboratoriais em comparação ao dia anterior. Mantendo-se sem febre e sem leucocitose. Vem respondendo satisfatoriamente a pronação (técnica que consiste em alternar a posição de deitada) mais conhecida como "posição do nadador". Novos exame serão realizados ao fim desta tarde.   Seguimos cada vez mais confiantes na sua plena recuperação. Tendo a convicção plena que Deus é conosco!