Pular para o conteúdo principal

Suspeito de envolvimento na morte de entregador de aplicativo em Caucaia é preso pela PCCE

  Em diligências ininterruptas, a Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) prendeu em flagrante, nesta segunda-feira (27), um homem, de 19 anos, suspeito de um crime de homicídio em que vitimou um entregador por aplicativo. O crime ocorreu no município de Caucaia (AIS 11) do Ceará. Já o suspeito foi capturado no bairro Barra do Ceará – Área Integrada de Segurança 8 (AIS 8) de Fortaleza. Uma arma de fogo artesanal e as roupas utilizadas na ação criminosa também foram apreendidas. As diligências iniciaram logo que os policiais civis lotados na Delegacia Metropolitana de Caucaia tomaram conhecimento do crime. Segundo informações policiais, o suspeito abordou a vítima, um homem de 19 anos, no momento em que realizava uma entrega, em Caucaia. Na ocasião, o suspeito atirou contra o entregador e fugiu na motocicleta dele. A vítima não resistiu aos ferimentos e foi a óbito. O crime foi registrado na noite desse domingo (26), no bairro Guajiru, em Caucaia. Após a captura, o suspeito, que já poss

Uece contratará profissionais especializados para fortalecer plano de acessibilidade

 acessibilidade.jpeg

Comprometida com a construção de uma sociedade mais justa e com oportunidades iguais para todos, a Universidade Estadual do Ceará (Uece) está preparando processo licitatório para contratação de empresa terceirizada que forneça profissionais especializados para fortalecer o plano institucional de inclusão das pessoas com deficiência (PcD). Ao todo, serão contratados 39 profissionais por meio de empresa terceirizada e sob a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). As vagas estão divididas entre as áreas de Audiodescrição (3), Interpretação e Libras (24) e Auxiliares Administrativos (12), estes últimos para a tarefa de acompanhante/mediador, cuja finalidade será atender os alunos dos cursos de graduação com deficiência que necessitem desse serviço. Serão contemplados todos os campi da Uece: Limoeiro do Norte, Quixadá, Iguatu, Crateús, Tauá, Mombaça, Itapipoca, Fortaleza/Itaperi e Fortaleza/Fátima.

“A UECE, que tem como um de seus pilares o compromisso com a cidadania, vem se empenhando em promover a acessibilidade e a inclusão das pessoas com deficiência como direito universal a todos os indivíduos, independentemente de suas características físicas, sensoriais e intelectuais, conforme postula nossa Constituição Federal, em seu artigo 208, sobre o dever do Estado com a educação”, destaca a assessora de Acessibilidade e Inclusão da Uece, professora Marisa Aderaldo.

De acordo a professora, a Uece tem recebido um número crescente de estudantes com os mais diversos tipos de deficiência, seja auditiva, seja visual, física ou intelectual, exigindo da Universidade estratégias de apoio e de acolhimento desses alunos para que eles consigam desenvolver suas aptidões em igualdade de condições com os demais. Atualmente, são 103 estudantes com baixa visão ou cegueira, 5 estudantes com deficiência intelectual, 1 com deficiências múltiplas e 18 com deficiência auditiva. Assim, a contratação de mão de obra especializada é necessária para garantir o acompanhamento específico de que muitos desses alunos necessitam.

"Na última década, o movimento pela inclusão socioeducacional de alunos com deficiência ganhou reforço ao alcançar a Educação Superior que, a exemplo do que vinha ocorrendo com a Educação Básica, viu-se diante de um cenário de urgentes mudanças. O ingresso desses estudantes com deficiência sempre existiu. Entretanto, a aprovação da Lei de Cotas, inicialmente em âmbito federal, seguida da Lei de Cotas para IES no Estado do Ceará (Lei n.º 16.197, de 17.01.2017) trouxe novas perspectivas e novos desafios, que vão da adequação arquitetônica à adequação acadêmica e pedagógica, cobrando preparo dos professores, dos servidores e de toda a comunidade unida em prol do bem comum", destaca a assessora de Acessibilidade e Inclusão da Uece, professora Marisa Aderaldo.

Permanência

A professora Marisa Aderaldo ressalta que, além de receber os estudantes com deficiência, a Universidade precisa estar atenta às necessidades desses estudantes e atuar para que eles consigam permanecer nos cursos e superar os desafios existentes, desde questões relativas à estrutura física dos locais de ensino, até a mudança de perspectiva das pessoas que formam o corpo da instituição. A permanência exitosa requer a eliminação de vários tipos de barreiras, sendo essencial promover, antes de tudo, a eliminação das barreiras atitudinais, que, por estarem, muitas vezes, fundadas em preconceitos ou em estereótipos, produzem a discriminação e a exclusão social, cultural e educacional dessas pessoas", diz.

Momento histórico

Para a professora Marisa Aderaldo, a contratação de um amplo quadro técnico para atender às demandas das pessoas com deficiência é um momento histórico a celebrar. “A tão esperada chegada desses profissionais reforça a convicção da atual gestão de que temos uma dívida histórica para com as pessoas com deficiência e de que a educação de qualidade passa pelo ensino para todos, sem nenhuma forma de exclusão. Muito mais do que um projeto institucional, a inclusão deve ser um princípio assumido entre todos os agentes do entorno escolar (docentes, servidores, colegas, comunidade)”, reforça.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Endereços dos cines pornôs gays no Centro de Fortaleza

 ENDEREÇO DOS CINES DE FORTALEZA (CE) ☆CINE ARENA RUA MAJOR FACUNDO 1181 ☆CINE AUTORAMA RUA MAJOR FACUNDO 1193 ☆CINE MAJESTICK RUA MAJOR FACUNDO 866 ☆CINE SECRET RUA METON DE ALENCAR 607 ☆CINE SEDUÇÃO  RUA FLORIANO PEIXOTO 1307 ☆CINE IRIS  RUA FLORIANO PEIXOTO 1206 CONTINUAÇÃO ☆CINE ENCONTRO RUA BARÃO DO RIO BRANCO 1697 ☆CINE HOUSE RUA MENTON DE ALENCAR 363 ☆CINE LOVE STAR RUA MAJOR FACUNDO 1322 ☆CINE VIP CLUBE RUA 24 DE MAIO 825 ☆CINE ECLIPSE RUA ASSUNÇÃO 387 ☆CINE ERÓTICO RUA ASSUNÇÃO 344 ☆CINE EROS RUA ASSUNÇÃO 340

CONVOCAÇÃO:

  A SOSERVI - Sociedade de Serviços Gerais Ltda, CNPJ 09.863.853/0010-12, Convoca o funcionário JONAS GADELHA FERNANDES , para comparecer à sede da empresa para resolver assunto de seu interesse. Prazo de 72hs. Endereço: Rua: Dr. Jose Lourenço  – 2530 – Joaquim  Távora

Nota de pesar

  A PRT-7 manifesta o mais profundo pesar pela morte dos servidores aposentados José Maciel da Silva e José Siqueira de Amorim. José Maciel da Silva faleceu em 22 de janeiro. Sua última lotação foi no Setor de Arquivo desta Procuradoria Regional do Trabalho. O servidor José Siqueira Amorim faleceu em 28 de fevereiro e encerrou a carreira na Secretaria da Coordenadoria de 2º Grau. Ao tempo em que se solidariza com os familiares e amigos, a PRT-7 reconhece a valorosa contribuição de ambos enquanto atuaram nesta instituição.