Pular para o conteúdo principal

Dignidade menstrual: alunas e servidoras do Campus de Russas arrecadam absorventes descartáveis para distribuir entre mulheres do município

 Estudantes e servidoras docentes e técnico-administrativas do Campus da Universidade Federal do Ceará em Russas estão promovendo campanha pela dignidade menstrual das mulheres daquela cidade. A iniciativa está arrecadando absorventes descartáveis e doações financeiras, a serem posteriormente utilizadas para compra dos produtos, que beneficiarão mulheres em situação de extrema vulnerabilidade socioeconômica no município.

A Profª Camila Lima, coordenadora do projeto de extensão Filhas de Edwiges, do Campus de Russas, explica que, para além das doações, a campanha também visa "educar e conscientizar sobre pobreza menstrual e desmistificar tabus envolvendo a menstruação". A parte educativa da campanha será realizada nas redes sociais dos projetos de extensão Meninas Digitais do ValeMulheres de Aço e Filhas de Edwiges, da Assistência Estudantil e do Campus de Russas.

Imagem: foto de uma mulher negra sentada em um banco segurando uma sacola plástica azul e retirando dela um pacote de absorventes descartáveis
A iniciativa está arrecadando absorventes descartáveis e doações financeiras, a serem posteriormente utilizadas para compra dos produtos (Foto: UNICEF/BRZ/Elias Costa)

As caixas de arrecadação de absorventes estão espalhadas em pontos da cidade, entre eles os supermercados Rabelo, Granjeiro e Bibi; no bairro da Catumbela; na Secretaria do Trabalho e Assistência Social de Russas (SETAS); no Campus de Russas; e, em breve, na sede da ABRACE, casa de apoio a pacientes em tratamento de câncer. Em parceria, a Casa dos Amigos de Russas (CARUS) está recebendo doações em dinheiro que serão revertidas em absorventes (mais informações podem ser obtidas pelo e-mail casarussas@gmail.com). As beneficiárias serão indicadas pela SETAS, que também ficará responsável pela distribuição dos itens.

O projeto foi sugerido pela estudante Auciane Dyrllen da Silva, do Curso de Engenharia Civil do Campus de Russas e bolsista voluntária do projeto Filhas de Edwiges. Ela explica que a ideia surgiu a partir de conteúdos das redes sociais sobre pobreza menstrual que despertaram o desejo de "participar de algo que de alguma forma irá fazer diferença na realidade de mulheres".

Auciane explica que, apesar da satisfação em participar de uma "ação que contribui para melhorar a realidade de quem nos rodeia, além dos muros da Universidade", ainda se entristece, enquanto mulher, pela necessidade de articular ações "para garantir algo a que todas as mulheres deveriam ter acesso de forma gratuita e que deveria ser um direito".

POBREZA MENSTRUAL – A Profª Camila Lima destaca que é importante envolver a Universidade em ações como essa porque, "segundo relatório do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) sobre pobreza menstrual, uma a cada quatro meninas já faltou à aula por não ter absorventes. O tema da pobreza menstrual ainda não é amplamente discutido na sociedade e esse relatório da UNICEF trouxe dados bem alarmantes sobre essa situação aqui no Brasil". Ela acrescenta que está sendo realizado um levantamento no campus sobre a situação das estudantes quanto ao assunto.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ajudem a jornalista Marina Alves- TV Verdes Mares

 Oi, gente! Boa noite! Os últimos dias de tratamento foram bem difíceis, por isso fiquei mais ausente por aqui. Agora, começo a recuperar um pouco as forças com a ajuda de transfusões de hemácias e plaquetas. No sentido mais literal que existe, doações que estão salvando a minha vida. Por isso, gostaria de pedir a quem quiser/puder, que me ajude e, consequentemente, ajude outras pessoas com o simples gesto de doar. Pra isso, é só chegar no Fujsan e dizer que quer doar hemácias e plaquetas pra Marina Alves Bezerra. Me disseram que precisa só do nome mesmo, mas se perguntarem mais alguma coisa, lá vai: Nasc 11/04/1989 / CPF: 037.610.203-92 / Inertada no setor de oncologia do Hospital da Unimed. Soube que plaquetas só podem ser doadas por homens, com veias calibrosas. Mas hemácias é uma doação de sangue “normal”. Outra coisa. Soube hoje pelo médico que me acompanha, que além do tratamento de quimioterapia já iniciado, vou precisar de um transplante de medula. Como não tenho irmãos, as cha

Irmão do prefeito de Caucaia e candidato a reeleição, Naumi Amorim, teria sido preso suspeito de crime eleitoral com grande quantidade de dinheiro. Polícia Federal não confirma prisão

 A abordagem foi realizada pela Polícia Civil e por se tratar de possível ilícito eleitoral. Ele teria sido encaminhado para a Polícia Federal juntamente com três secretários da Prefeitura. Além do dinheiro, cerca de 1 milhão de reais, foram apreendidos “Livros-caixas” da contabilidade. Por enquanto não foi confirmada a prisão pela Polícia Federal. Segundo a assessoria de imprensa do órgão, se foi para a PF, tem todo um procedimento de formalidades, desde ouvir o conduzido, testemunhas, analise do que foi apreendido etc. A PF não informa nome de pessoas. O site Ceará é Notícia entrou em contato com a Assessoria de Imprensa do candidato a fim de saber se o mesmo vai se manifestar. 

Boletim de saúde sobre Normando Sóracles

 Boletim manhã 05/12 Normando Soracles segue internado na UTI do hospital São Camilo em Fortaleza onde deu entrada na noite do dia 01/12. Encontra-se sedado, se mantendo clinicamente estável após intubação orotraqueal realizada na manhã do dia 03/12. Apresentou melhora significativa do quadro respiratório e dos exames laboratoriais em comparação ao dia anterior. Mantendo-se sem febre e sem leucocitose. Vem respondendo satisfatoriamente a pronação (técnica que consiste em alternar a posição de deitada) mais conhecida como "posição do nadador". Novos exame serão realizados ao fim desta tarde.   Seguimos cada vez mais confiantes na sua plena recuperação. Tendo a convicção plena que Deus é conosco!